quarta-feira, 30 de setembro de 2020

Mirantes e vistas panorâmicas de Stuttgart

Até começar efetivamente a planejar uma viagem para Stuttgart, eu não fazia ideia da geografia particular na cidade alemã conhecida por ser berço dos automóveis. Descobri que a cidade se espalha em um vale entre algumas colinas (muitas delas ocupadas por vinhedos) - BernhartshöheBirkenkopf (ponto mais alto da cidade com 511m) e Württemberg entre outras, criando assim sem querer muitos lugares com vistas panorâmicas incríveis! Se você sair um pouquinho só centro da cidade, você já estará subindo alguma ladeira, fator importante para considerar na hora de chegar e sair do hotel onde for se hospedar. Foram tantas vistas bonitas que vi nos dias que passei em Stuttgart, que resolvi fazer um post específico para elas, já que praticamente não achei informação na internet sobre isso antes de ir (em português mais difícil ainda). Tem dica de praças com vistas bonitas ou construções. Alguns lugares tem que pagar para visitar e outros são grátis. Claro que essa não é uma lista de absolutamente todos os mirantes de Stuttgart - se tiver mais alguma dica, deixe nos comentários!


Mirantes e vistas panorâmicas de Stuttgart
Stuttgart e região vistas da Torre de TV




Para vocês verem como a cidade tem muitos morros por todo lado, essas escadas (Stäffele no plural, Staffel no singular) das fotos abaixo são super comuns pelas ruas! Ninguém sabe o número exato, mas estima-se que existam entre 400 e 600 escadarias do tipo.


segunda-feira, 28 de setembro de 2020

[Viajando na História] O mês de Setembro na História

Alguns meses atrás comecei a postar sobre algumas datas históricas e monumentos lá no Instagram e  mensalmente estou fazendo um resumo aqui no blog, que continuo com este post de hoje: acontecimentos e pontos turísticos relacionados ao mês de Setembro ao longo dos anos! História sempre foi a minha matéria preferida na escola e não é à toa que destinos históricos sempre estão entre os meus preferidos. Para qualquer lugar que eu vá, eu pesquiso sobre a História do local/país antes e durante a viagem. Acredito que não faz nenhum sentido você se deslocar até o outro lado do mundo para tirar uma selfie na frente de um monumento sem ter a mínima ideia do porquê aquele se tornou um monumento importante/famoso, por exemplo.



[Viajando na História] O mês de Setembro na História - Grande Incêndio de Londres
Grande Incêndio de Londres - autor desconhecido - domínio público



Fora que dá um outro sabor para as viagens quando você entende de onde vieram os nomes das ruas/praças/bairros/estações de metrô etc (por exemplo Avenida 9 de Julho em São Paulo ou estação de metrô Oranienburger Tor em Berlim). É muito mais gostoso ir embora de um lugar entendendo o que viu ao invés de simplesmente ter passado para cumprir tabela ou riscar da listinha de "obrigações".


[Viajando na História] O mês de Setembro na História - Nova Amsterdã passa dos holandeses para os ingleses e se torna Nova York
Mapa da antiga Nova Amsterdã, que passou a se chamar Nova York no final do século XVII. Ali na direita dá para ver bem a muralha, que deu o nome à rua Wall Street!



Pensando em explorar mais esse aspecto das viagens aqui no blog, inventei a #ViajandonaHistoria lá no Instagram no blog e desde abril/2020 estou postando sobre diversos momentos históricos e locais que se tornaram pontos turísticos. Mensalmente vou trazer essas informações para o blog, mas é claro que estes posts não tem a intenção de ser algo definitivo sobre o tema - são milhares de acontecimentos importantes todos os dias pelo mundo e vou focar naqueles que acho mais relevantes no geral e somente nos destinos que já são tratados aqui no blog. Em setembro, falamos de San MarinoLondres, Segunda Guerra Mundial na Polônia, Ouro Preto, Nova York e Berlim.


Aqui no blog já são dezenas de posts aprofundando sobre diversos aspectos históricos dos destinos por onde passei!


sábado, 26 de setembro de 2020

Varsóvia: Onde ficar, onde comer e tudo sobre transporte na capital polonesa

O centro antigo de Varsóvia (ou Stare Miasto) foi estabelecido no século XIII, mas só se tornou a capital do país na segunda metade do século XVI, quando o rei polonês Sigismundo III transferiu a capital de Cracóvia para lá. Foi ocupada pelos suecos e pelos russos e até por Napoleão Bonaparte nos séculos seguintes. A população em 1939 (antes da Segunda Guerra Mundial) era de aproximadamente 1.290.000 habitantes e a cidade era chamada até de "Paris do leste".


Varsóvia: Onde ficar, onde comer e tudo sobre transporte na capital polonesa
Praça do Mercado (Rynek) na Stare Miasto - cidade antiga de Varsóvia


Varsóvia já passou por várias transformações e nem sempre foi a capital da Polônia (aliás a Polônia também já teve diversas configurações diferentes do que o que conhecemos hoje). Mas a maior e mais significativa mudança foi a destruição e reconstrução no pós-Segunda Guerra Mundial. Ao final do conflito em 1945, calcula-se que cerca de 90% da cidade tinha sido destruído! Felizmente decidiu-se reconstruir o centro histórico igual ao que era antigamente, mas também tivemos o surgimento de um novo centro, com edifícios modernos, hotéis, sede de muitos escritórios, shoppings, restaurantes etc.


Passei 5 dias na capital polonesa no verão europeu de 2019 e no post de hoje vou dar dicas sobre onde ficar em Varsóvia, onde comer e sobre o transporte público na cidade que adorei e estou louca para voltar!


Varsóvia: Onde ficar, onde comer e tudo sobre transporte na capital polonesa




segunda-feira, 21 de setembro de 2020

Viajando de ônibus pela Polônia

Já fazia um tempo que eu sonhava em conhecer a Polônia, principalmente Cracóvia e Varsóvia, mas sabia que valeria a pena ir além das cidades mais famosas. Quando estava decidindo sobre minha longa viagem de 2019, decidi então incluir um mês no país do Papa João Paulo II! Cheguei por Cracóvia de ônibus vindo da República Tcheca (da cidadezinha de Olomouc), segui para Wroclaw (Breslávia/Breslau), depois Poznan, Gdansk, Bydgoszcz, Torun e então Varsóvia, quase completando um círculo dentro do país. Lá em janeiro, já tinha comprado minha passagem em promoção na ida São Paulo/Frankfurt e volta Varsóvia/São Paulo, simplesmente porque tinha que decidir a passagem antes de perder o preço bom.


Viajando de ônibus pela Polônia
Vale a pena demais explorar a Polônia além das cidades mais famosas! Essa é a praça principal de Wroclaw!


Falo mais abaixo sobre os bate-voltas que fiz e as cidades que gostaria de conhecer, mas eliminei do roteiro ao longo do planejamento. O roteiro interno foi definido pela lógica geográfica e comecei então a pesquisar como faria cada trajeto. Os preços e tempo de viagem eram praticamente iguais indo de ônibus ou de trem, mas acabei optando pelo ônibus em todos eles e conto abaixo o(s) motivo(s).


Viajando de ônibus pela Polônia




sábado, 19 de setembro de 2020

Livros, filmes e séries para viajar... no tempo!

Tem um tipo completamente diferente de viagem que eu curto muito, mas ainda impossível de fazer - viagem no tempo! rs Sei lá se isso vai continuar na ficção científica ou se vai virar realidade algum dia, mas eu super toparia experimentar! Adoro quase que qualquer livro, filme ou série que fale sobre viagem no tempo, por mais louca que as histórias fiquem com todas as situações malucas que acontecem como consequência e por isso resolver hoje fazer uma compilação de dicas para quem também curte viagem no tempo - livros, filmes e séries para você viajar no tempo enquanto isso é cientificamente impossível!


Livros, filmes e séries para viajar... no tempo!



A trilha sonora do post é a música alemão dos anos 80 "Ingendwie, Irgendwo, Irgendwann", que foi trilha sonora de "Dark" (título traduzido como "de qualquer jeito, em qualquer lugar, em qualquer momento" ou "de alguma maneira, em algum lugar, em algum momento") e também "The Power of Love", do filme icônico "De Volta para o Futuro"!










Aqui no blog já tem dezenas de posts com dicas de filmes e séries relacionados a viagens e também livros sobre o mesmo tema!


quinta-feira, 17 de setembro de 2020

100+ livros para pensar qual futuro queremos para o mundo

Não tem jeito. Os clichês são verdadeiros. O futuro do mundo está nas nossas mãos e se você não gosta do que vê hoje, a mudança tem que começar com você mesmo. Já são diversos posts aqui no blog dando dicas de livros relacionados a viagens. Uma pessoa que ama ler desde cedo como eu faz questão de indicar leituras porque conhece o poder de transformação que ela tem. Já faz muitos anos que eu tento educar e inspirar ações para um mundo mais justo e pacífico (seguindo os princípios dos Direitos Humanos, Diversidade, Desenvolvimento Sustentável e Resolução Pacífica de Conflitos) e nada melhor do que indicar leituras essenciais que já fiz e que considero fundamentais para aprender sobre o passado, entender o presente e pensar sobre um futuro melhor.



100+ livros para pensar qual futuro queremos para o mundo


Não é possível que algum ser em sã consciência em 2020 ache que está tudo certo e não temos que mudar. Temos que mudar sim, e muita coisa! Só uma pessoa muito alheia ao mundo teria coragem de achar que sabe sobre todos os assuntos e entende tudo. Estou nessa jornada faz tempo e já li mais de 60% da lista deste post (a maioria nos últimos dois anos, quando minha insatisfação com a política e com o mundo tomou proporções maiores). Mas indiquei também vários que estou querendo muuuito ler, mas ainda não tive tempo/não tenho o livro - alguns estão aqui na minha estante só esperando acabar um para começar o outro.



100+ livros para pensar qual futuro queremos para o mundo


São livros sobre feminismo, ecologia/meio ambiente, racismo, política e outros temas relevantes. Eu indico que você comece lendo de acordo com o que já tenha em casa ou a causa que mais te tocar no momento. Claro que tem muito livro bom por aí que não entrou na lista ou porque eu não conheço ainda ou porque eu tive que parar em algum momento ou não publicaria o post nunca. Mas me deixem as recomendações abaixo nos comentários porque posso fazer a parte 2 deste post no futuro ou simplesmente aumentar o post. Já indiquei a maioria deles lá nos stories do Instagram do blog - salvos nos destaques - se quiser acompanhar por lá, posto minhas leituras de viagem e além das viagens sempre.

E para aqueles que estão se perguntando o que esse tipo de livro tem a ver com um blog de viagem, como seria possível uma mulher viajar sozinha (um assunto que falo bastante por aqui) se ela não tiver liberdade para isso? Como seria possível qualquer turista viajar para uma cidade segura, se o destino não se importa com a segurança pública dos próprios cidadãos? Qual graça teria você conhecer um lugar superficialmente, sem entender os motivos de tudo ser como é porque ficou com preguiça de estudar a História do local? Como que alguém quer aproveitar destinos de ecoturismo e ao mesmo tempo não se importa com o meio ambiente? Poderia continuar fazendo esse tipo de pergunta eternamente, mas fica para depois (já tem outro post no rascunho sobre a relação de turismo com política).


100+ livros para pensar qual futuro queremos para o mundo


O vídeo abaixo é uma dica também para quem tiver preguiça de livros grandes:





Leiam todas as dicas de livros aqui no blog!


terça-feira, 15 de setembro de 2020

As estações de metrô mais bonitas e diferentes de Paris!

As estações de metrô de Paris não costumam aparecer tanto nas listas de "estações de metrô mais bonitas do mundo" como as de Moscou, de Estocolmo ou ainda de Pyongyang , mas tem várias estações sim que são bastante interessantes. Como são muitas estações em Paris (até hoje lembro impressionada da quantidade de estações ali - muito mais do que em outras cidades pelo mundo - eu tinha a impressão que tinha uma entrada de estação a cada quarteirão!), a grande maioria é somente uma estação sem graça, mas separei aqui mais de 10 para você prestar atenção quando estiver passeando pela Cidade Luz - na maioria dos casos, elas já estão próximas a pontos turísticos tradicionais e você já vai passar por ali de qualquer jeito! Elas estão em ordem alfabética e começo com a entrada mais icônica!

A primeira linha de metrô parisiense foi inaugurada em 1900! Em 1910 já eram 6 linhas e em 1935, 13. Depois disso, a 14a linha foi inaugurada em 1998. Hoje são 302 estações em 203 km de extensão e 4 linhas em construção (previsão para 2024).

Abbesses


A entrada famosa de metal verde, construída por Hector Guimard no estilo art noveau é um marco de Paris. Esta é uma das 2 edículas abertas que sobraram (a outra fica na Châtelet), mas antes todas (ou quase todas) as entradas de estações em Paris eram assim! Esta edícula ficava na entrada do metrô Hôtel de Ville e foi transferida para este local na década de 70. É uma das estações mais fundas do metrô de Paris (36m) e li na internet que aparece no filme da Amélia Poulain (mas nem lembro rs). Desça pelas escadas e aproveite a decoração das paredes! Leia mais sobre Hector Guimard e art noveau em Paris aqui e veja aqui outras entradas de Hector Guimard também em ferro fundido verde, mas mais simples.


As estações de metrô mais bonitas e diferentes de Paris - Abbesses
Foto: Steve Cadman - CC BY-SA 2.0





As estações de metrô mais bonitas e diferentes de Paris
A maioria das estações de metrô de Paris tem entradas assim. Foto: Jason Whitaker - CC BY-SA 3.0



Leia aqui todos os posts sobre Paris no blog!


sábado, 12 de setembro de 2020

Mais de 20 séries para aprender História de diversos países (e depois conhecer locações durante nossas viagens!)

Ficção história é "um sub-gênero de ficção que retrata muitas vezes figuras ou eventos históricos. Gênero histórico, mas ao mesmo tempo fictício, faz uma honesta tentativa de capturar o espírito, as condições sociais da pessoa ou da época, que representam a atenção ao pormenor e fidelidade. Ficção histórica é encontrada em livrosrevistasartetelevisãofilmesjogosteatro, e em outros meios de comunicação social". (wikipedia)


Mais de 20 séries para aprender História de diversos países


Como fã de filmes, seriados, História, Geografia e viagens, depois que descobri esse tipo de série, fiquei viciada! rs Alguns casos são mais fidedignos à realidade, outros são mais ficcionais, mas se você estudar os fatos históricos da sua série favorita além do que é mostrado na telinha, é uma ótima maneira de aprender ou relembrar sobre diversos períodos, pessoas ou regiões. Também é válido para você entender como um determinado país se formou, porquê ele é daquele jeito hoje, por exemplo (como já venho batendo nessa tecla lá na sessão "Viajando na História").

Mais de 20 séries para aprender História de diversos países

Mais de 20 séries para aprender História de diversos países


Separei no post de hoje mais de vinte de séries sobre Espanha, Inglaterra, França, Itália, Escócia, Rússia, Alemanha, Estados Unidos e outros países para entendermos mais sobre os destinos, monumentos e pontos turísticos que visitamos nas viagens! Importante lembrar que é preciso separar o que é real do que é ficção, mas confesso que quando envolve ficção do meio, você consegue dar uma cara para um personagem histórico e eu pelo menos, acabo me interessando muito mais pela pessoa real rs. Acho que nunca ninguém vai conseguir fazer uma lista completa porque parece que toda semana surge mais uma série do tipo rs, mas podem deixar nos comentários outras sugestões - estou sempre em busca de algo assim para assistir - obrigada!


Veja aqui todos os posts no blog sobre locações de séries e filmes que podemos visitar pelo mundo!

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Residenzschloss Ludwigsburg e Schloss Solitude - 2 palácios para conhecer perto de Stuttgart

Como louca por castelos e palácios que sou, assim que soube da existência do castelo em Ludwigsburg (nas proximidades de Stuttgart) e do Schloss Solitude, quis incluir no meu roteiro. Fiquei uma semana em  Stuttgart para conhecer bastante da cidade e dos arredores em diversos bate-voltas.


Schloss Ludwigsburg e Schloss Solitude - 2 palácios para conhecer perto de Stuttgart
Residenzschloss Ludwisburg na esquerda e Schloss Solitude na direita


Para horários, dias de funcionamento, preços, reformas etc, clique nos nomes dos palácios para abrir os sites oficiais e terem as informações mais atualizadas.


Schloss Ludwigsburg e Schloss Solitude - 2 palácios para conhecer perto de Stuttgart


Leia aqui todas as dicas sobre Stuttgart no blog! E aqui todos os posts sobre castelos, palácios e fortalezas!


terça-feira, 8 de setembro de 2020

Um final de semana de perrengues no sul da Alemanha no verão!

Geralmente eu planejo minhas viagens com tantos detalhes, que dificilmente sobra espaço para perrengues. Um trem dar uma atrasadinha aqui ou acontecer alguma cena engraçada por conta de um desentendimento leve por conta da língua eu nem considero que seja perrengue de verdade. Nunca perdi voo ou tive que lidar com fechamento de fronteiras por conta de vírus ou cancelamentos de voos por conta de vulcão em erupção - isso sim que seria perrengue! Mas na minha viagem pela Alemanha em 2019, tive uma sucessão de "perrengues" pequenos que se transformaram quase que em um final de semana dos infernos!

No final de junho/2019, eu estava em Stuttgart e combinei de conhecer o Blautopf com a Aline do Contando Destinos. Ela e o marido passaram para me buscar no hostel depois do meu check-out e após o passeio eles me deixariam na estação de trem mais próxima para então eu continuar a viagem em direção a Ulm, terra de Albert Einstein e também da igreja mais alta do mundo. O lago Blautopf é MARAVILHOSO e até chegar de trem em Ulm em um sábado na hora do almoço, estava tudo correndo bem.


Um final de semana de perrengues no sul da Alemanha
Malas em geral tem graaaande potencial para causar perrengues - veja aqui como evitar e como proceder em caso de extravio de mala! Foto Pixabay - com licença de uso

Perrengue 1 - calor absurdo


Passei muuuito calor tanto nos meus 10 dias em Berlim, como na semana que passei em Stuttgart, mas em Stuttgart, o 2o hostel onde fiquei era completamente inadequado para altas temperaturas e eu acordava suando todos os dias. Mudei para outro hostel, a situação melhorou um pouco, mas ainda sofria com os recordes de temperatura devido à uma forte onda de calor na Europa toda naqueles dias. Em Ulm, o calor continuou fortíssimo. Vejam abaixo notícias de junho de 2019:

Alemanha enfrenta onda de calor com noites tropicais puras
Onda de calor na Europa provoca temperaturas recordes em junho
Alemanha bate recorde de calor para mês de junho

Um final de semana de perrengues no sul da Alemanha
Para matar o calor naqueles dias, só bebendo muuito refrigerante, iced latte, iced coffee e afins!


Leia aqui sobre outro dia de perrengues na Alemanha em 2014, quando a empresa de trens entrou em greve, bagunçou minha viagem para Heidelberg e o chip que eu tinha comprado em Frankfurt parou de funcionar


domingo, 6 de setembro de 2020

Palácio de Herrenchiemsee - palácio inacabado do rei Ludwig II no meio do lago Chiemsee no sul da Alemanha

O maior lago da Baviera fica a cerca de 1 hora de Munique e é um passeio perfeito para um dia. Além de atividades aquáticas, o lago Chiemsee é famoso pelo palácio inacabado no rei Ludwig II, o Herrenchiemsee, que foi inspirado em Versalhes. Visitei o palácio na minha viagem pela Alemanha em 2019 e conto tudo no post de hoje!


Palácio de Herrenchiemsee - Chiemsee, Baviera, Alemanha
Palácio de Herrenchiemsee inspirado em Versalhes - combinando um passeio de barco pelo lago Chiemsee e uma visita ao palácio.
Palácio de Herrenchiemsee - palácio inacabado do rei Ludwig II no meio do lago Chiemsee no sul da Alemanha



Veja aqui todas as dicas sobre Munique no blog!


quinta-feira, 3 de setembro de 2020

[Viajando na História] O mês de Agosto na História

Alguns meses atrás comecei a postar sobre algumas datas históricas e monumentos lá no Instagram e  mensalmente estou fazendo um resumo aqui no blog, que continuo com este post de hoje: acontecimentos e pontos turísticos relacionados ao mês de Agosto ao longo dos anos! História sempre foi a minha matéria preferida na escola e não é à toa que destinos históricos sempre estão entre os meus preferidos. Para qualquer lugar que eu vá, eu pesquiso sobre a História do local/país antes e durante a viagem. Acredito que não faz nenhum sentido você se deslocar até o outro lado do mundo para tirar uma selfie na frente de um monumento sem ter a mínima ideia do porquê aquele se tornou um monumento importante/famoso, por exemplo.



[Viajando na História]  O mês de Agosto na História - Fundação de João Pessoa
 Igreja/Centro Cultural São Francisco em João Pessoa


Fora que dá um outro sabor para as viagens quando você entende de onde vieram os nomes das ruas/praças/bairros/estações de metrô etc (por exemplo Avenida 9 de Julho em São Paulo ou estação de metrô Oranienburger Tor em Berlim). É muito mais gostoso ir embora de um lugar entendendo o que viu ao invés de simplesmente ter passado para cumprir tabela ou riscar da listinha de "obrigações".


[Viajando na História]  O mês de Agosto na História - Levante de Varsóvia
Monumento ao Levante de Varsóvia (Polônia)



Pensando em explorar mais esse aspecto das viagens aqui no blog, inventei a #ViajandonaHistoria lá no Instagram no blog e desde abril/2020 estou postando sobre diversos momentos históricos e locais que se tornaram pontos turísticos. Mensalmente vou trazer essas informações para o blog, mas é claro que estes posts não tem a intenção de ser algo definitivo sobre o tema - são milhares de acontecimentos importantes todos os dias pelo mundo e vou focar naqueles que acho mais relevantes no geral e somente nos destinos que já são tratados aqui no blog. Em agosto, falamos de  Paris, João Pessoa, Rio de Janeiro, Salvador, Varsóvia e Berlim!