domingo, 14 de novembro de 2021

[Viajando na História] O mês de Abril na História

Alguns meses atrás comecei a postar sobre algumas datas históricas e monumentos lá no Instagram e  mensalmente estou fazendo um resumo aqui no blog, que continuo com este post de hoje: acontecimentos e pontos turísticos relacionados ao mês de Abril ao longo dos anos! História sempre foi a minha matéria preferida na escola e não é à toa que destinos históricos sempre estão entre os meus preferidos. Para qualquer lugar que eu vá, eu pesquiso sobre a História do local/país antes e durante a viagem. Acredito que não faz nenhum sentido você se deslocar até o outro lado do mundo para tirar uma selfie na frente de um monumento sem ter a mínima ideia do porquê aquele se tornou um monumento importante/famoso, por exemplo.


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília
Mapa da Brasília original - Foto: Tetraklys - CC SA 3.0


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília
Construção da Esplanada dos Ministérios em Brasília - Foto: Arquivo Público do Distrito Federal- CC SA 3.0



Fora que dá um outro sabor para as viagens quando você entende de onde vieram os nomes das ruas/praças/bairros/estações de metrô etc (por exemplo Avenida 9 de Julho em São Paulo ou estação de metrô Oranienburger Tor em Berlim). É muito mais gostoso ir embora de um lugar entendendo o que viu ao invés de simplesmente ter passado para cumprir tabela ou riscar da listinha de "obrigações".


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Incêndio na Notre Dame de Paris
Incêndio na Catedral Notre-Dame de Paris. Foto: Le Laisser Passer A38 - CC SA 4.0


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Incêndio na Notre Dame de Paris
Incêndio na Catedral Notre-Dame de Paris. Foto: Wandrille de Préville - CC SA 4.0


Pensando em explorar mais esse aspecto das viagens aqui no blog, inventei a #ViajandonaHistoria lá no Instagram no blog e desde abril/2020 estou postando sobre diversos momentos históricos e locais que se tornaram pontos turísticos. Mensalmente vou trazer essas informações para o blog, mas é claro que estes posts não tem a intenção de ser algo definitivo sobre o tema - são milhares de acontecimentos importantes todos os dias pelo mundo e vou focar naqueles que acho mais relevantes no geral e somente nos destinos que já são tratados aqui no blog. Em abril, falamos de Paris, Ilha de Páscoa, Brasília e mais!


Ilha de Páscoa e povo Rapanui descobertos pelos europeus


No domingo de Páscoa de 1722, (5 de abril) o navegador holandês Jacob Roggeveen encontrou uma pequena ilha no meio do Pacífico Sul, com gigantescas estátuas de pedra. Nos 150 anos anos seguintes, foram mais 53 expedições europeias que chegaram ao local. Em meados do século 18, o povo rapanui, que habitava a Ilha de Páscoa, já estava em decadência. Acredita-se que as estátuas, chamadas de moais, serviram de proteção espiritual dos antepassados e a maioria foi derrubada em guerras tribais. A ilha e os moais ainda são cercados por diversos mistérios, hipóteses e teorias - é uma viagem surpreendente no meio do Pacífico, o local habitado mais isolado do mundo!




[Viajando na História] O mês de Abril na História


[Viajando na História] O mês de Abril na História








Incêndio na Notre Dame de Paris


A catedral em estilo gótico famosa por seus vitrais e rosáceas levou 170 anos para ser terminada - a pedra fundamental tinha sido lançada em 1163. Sofreu danos em diversas guerras e outras situações, mas sempre foi linda de todos os lados! Em 1831 foi publicado o romance "Notre Dame de Paris" ("O Corcunda de Notre Dame") de Victor Hugo e o escritor aproveitou para fazer uma campanha para restaurar a igreja, que estava então em estado crítico. A restauração entre 1841 e 1864 pelo arquiteto Viollet-le-Duc deixou a Notre Dame com a cara que víamos até 2019. Subir na torre da Notre Dame (69 metros - 387 degraus) era um passeio legal em Paris porque proporcionava uma vista panorâmica incrível da cidade, já que ela fica em uma posição central - na Ilê de la Cité. Dali da praça em frente à igreja é que são medida as distâncias entre Paris e outras cidades francesas. Imediatamente após o incêndio de 2019, já começaram as arrecadações de fundos e trabalhos de reconstrução. Estima-se que a Notre Dame ficará pronta e reabrirá para visitação antes das Olimpíadas de 2024, que estão programadas para acontecer em Paris.


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Incêndio na Notre Dame de Paris
Catedral Notre-Dame de Paris - Foto: Eddie Crimmins - CC SA 4.0



Ver essa foto no Instagram


Uma publicação compartilhada por Blog Tá Indo Pra Onde? (@taindopraonde) em






Inauguração de Brasília


No dia 21 de abril de 1960 - 60 anos atrás - foi inaugurada a cidade de Brasília pelo então presidente Juscelino Kubitscheck (JK) no planalto central brasileiro, até então uma área praticamente desabitada. Milhares de pessoas migraram para trabalhar nesta construção, principalmente do Nordeste, e ficaram conhecidos como "candangos". Eles se estabeleceram nas proximidades de Brasília, surgindo/fazendo crescer as cidades satélites. Lúcio Costa e Oscar Niemeyer foram os principais responsáveis pelo planejamento urbano (Plano Piloto - a área central da cidade em formato de avião) e muitos dos prédios públicos e governamentais. Até um imenso lago artificial foi criado - o Lago Paranoá, que junto com as diversas áreas verdes, são muito utilizados pela população atual para esportes e lazer. Não se sabe quanto de dinheiro foi gasto nisso tudo, mas existem estimativas de algo entre 45 e 83 bilhões de dólares. O estilo moderno da arquitetura e o planejamento urbanístico foi reconhecido como patrimônio pela UNESCO em 1987 (a cidade mais nova até então na lista) e a cidade é sonho de viagem de muito arquiteto pelo mundo e sempre foi meu também - até 2016 quando fui para lá pela primeira vez, mas até 2020, voltei outras 3 vezes. O Memorial JK é o melhor lugar para aprender sobre a construção de Brasília! Eu adorei, mas só conheci na 4a viagem rs.

A ideia de construir a capital brasileira no centro do território do país é muito mais antiga. Lá no século XIX, José Bonifácio de Andrada e Silva (Patrono da Independência) já tinha sugerido transferir a capital do Rio de Janeiro para o interior do Brasil por motivos de defesa contra ataques de forças estrangeiras e inclusive sugeriu o nome "Brasília". A constituição de 1891 já reservava uma área para a construção da nova cidade. Ainda antes de 1900, o presidente Floriano Peixoto enviou uma missão para estudar a área e em 1922 o presidente Epitácio Pessoa lançou a pedra fundamental em Planaltina. A construção de Brasília constava na constituição de 1946 novamente, mas somente JK fez esforços para tirá-la do papel nos anos 1950. 




Muitos acreditam que a construção de Brasília foi inclusive uma das profecias de um santo italiano, o São João Bosco lá em 1883. Não à toa, a primeira obra de alvenaria foi a Ermida Dom Bosco, que depois se tornou um dos padroeiros da cidade. Apesar de Brasília ter sido inaugurada em 1960, muitos prédios seguiram em construção até a década de 70 e diversos órgãos públicos continuaram funcionando no Rio de Janeiro por mais algum tempo para só então se transferirem de vez para a nova capital.

Adoro Brasília (quem já viu os ipês ou o pôr do sol da cidade vai me entender), mas a cidade hoje tem um trânsito complicado (e eu AINDA não entendi as tesourinhas e muito menos o esquema das quadras kkkk) e apesar de plana, não é nada recomendada para pedestres - no Eixo Monumental/Praça dos Três Poderes tem um excesso de concreto e quase nada de árvores... 




[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília
Acima e abaixo, Memorial JK e fotos de Brasília durante a construção

[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília








Bombardeio de Guernica


Dia 26 de abril foi o "aniversário" do Bombardeio de Guernica (perto de Bilbao, País Basco/Espanha) - entre aspas porque não é algo que se comemore. O ataque aéreo durante a Guerra Civil Espanhola em 1937 deixou a pequena cidade em ruínas e inspirou um dos quadros mais famosos do pintor espanhol Pablo Picasso.

A obra está exposta no Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia, que é um dos mais importantes museus de arte moderna espanhóis. O Reina Sofia foi inaugurado oficialmente em 10 de Setembro de 1992 e o seu nome presta homenagem à Rainha Sofia, então rainha consorte da Espanha. É possível conferir online áudios e vídeos de diversas obras do museu no site do mesmo. Ali estão expostas também muitas obras de Dalí e Miró e junto com o Museu do Prado e o Museu Thyssen-Bornemisza, forma o trio de museus mais famosos e espetaculares de Madri. Visitei o Reina Sofía e o do Prado em 2001 com meus pais e depois que voltei sozinha pra Madri em 2005, voltei ao Museu do Prado e conheci o meu preferido dos 3 (e um dos meus museus preferidos do mundo), o Thyssen-Bornemisza. Fotos: domínio público/com licença de reprodução


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Bombardeio de Guernica, Espanha











Fontes: posts do blog, wikipedia, site On This Day, instagram Um dia na História.



Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações e tours no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.