domingo, 30 de julho de 2017

Dicas práticas sobre viajar sozinha e inspirações

Depois do último post aqui no blog que contei como comecei a viajar sozinha e gosto tanto disso que se dependesse de mim, viajaria sozinha muito mais frequentemente do que acompanhada, agora é a vez de dar algumas dicas práticas, indicar mais mulheres que viajam solas e também dar algumas inspirações para quem quer se aventurar pela primeira vez nesse tipo de viagem!

Dicas práticas e inspirações sobre viajar sozinha

Dicas práticas para viajar sozinha


Eu sou daquelas que acredita que planejamento é tudo em qualquer viagem (e por isso que amo tanto os blogs de viagem!), então viagem solo não ia ser diferente - procure os passeios que mais combinam com você, mas também dê uma chance para experimentar o novo. Pesquise as vizinhanças mais seguras do seu destino, quanto dinheiro levar, como se locomover pela cidade etc. Só depois de fazer todas essas pesquisas, decida onde vai se hospedar.


Uma dica legal para quem quer começar a viajar sozinha, mas ainda não quer ficar totalmente sozinha, é começar com intercâmbios! Já contei aqui no blog sobre meus 5 intercâmbios - em países diferentes, desde a adolescência até o último, quando eu já tinha passado dos 30 anos e não consigo nem contar quantos amigos conheci nessas ocasiões.


sexta-feira, 28 de julho de 2017

Descobri que a melhor companhia para viajar sou eu mesma! Pensamentos sobre viajar sozinha e inspirações

Já me perguntaram qual foi minha primeira viagem sozinha e eu nem sei responder porque já foram muitas viagens desse tipo, sendo ou viagens completamente sozinha ou viagens acompanha em parte do tempo e sozinha na outra parte.

Já escrevi aqui no blog sobre alguns dias que passei sozinha na Cidade do Cabo, sobre o meu intercâmbio de um ano na Carolina do Sul (Estados Unidos), meu intercâmbio de quase 3 meses na Andaluzia (sul da Espanha) com viagem sozinha todo fim de semana, uma semana que passei sozinha em Madri, as 3 viagens que fiz para a Alemanha sozinha, sendo que a última delas durou quase 3 meses e incluiu um intercâmbio também, um fim de semana sola em Luxemburgo e minha última viagem desse tipo - 2 semanas entre Barcelona e Valência. Hoje resolvi escrever alguns pensamentos sobre esse tipo de viagem - que eu acho FANTÁSTICO e penso que todo mundo deveria tentar pelo menos uma vez!


Sobre viajar sozinha


Nos últimos tempos, tem aparecido cada vez mais notícias sobre mulheres viajando sozinhas na mídia brasileira: Uma em cada sete brasileiras vai viajar sozinha nos próximos meses (nov/2016), Intenção de viajar sozinha cresce 22% no último ano (03/2016), Quem é a viajante brasileira (03/2017) e muitos outros textos - então dicas e inspirações é o que não falta, mas vou dar mais algumas neste post! Todas as quotes são de viajantes solas frequente então podem clicar nos links para ler mais experiências do tipo.


Leia aqui todos os posts sobre viajar sozinha no blog!


quinta-feira, 20 de julho de 2017

Poble Espanyol em Barcelona

Tem uma atração bastante famosa em Barcelona, que é também bastante odiada, o Poble Espanyol. Fiquei muito em dúvida se incluiria ou não no meu roteiro. Acabei pulando a atração porque estava muito cansada no dia que andei por Montjuïc (a região onde está localizado o Poble Espanyol), mas depois por conta de imprevistos, acabei tendo tempo de sobra em plena 2a feira (quando muitas atrações fecham) e me rendi - fui conhecer o tal do Poble Espanyol!

Poble Espanyol, Barcelona



Como o nome já diz, o local é um "povoado espanhol" - na verdade uma reprodução de vários prédios (117 para ser mais exata) de diversas cidades espanholas em uma área de 49 mil metros quadrados!


Bienvenidos al Poble Espanyol from Poble Espanyol on Vimeo.


Leia aqui todos os posts sobre Barcelona no blog!


terça-feira, 11 de julho de 2017

Onde ficar em Campos do Jordão?

Nas 4 ou 5 vezes que fui para Campos do Jordão, sempre fiquei hospedada em colônias de férias então não posso fazer uma review de alguma hospedagem aqui no blog. Mas depois dessa última visita quando fiquei 5 dias por lá, tenho várias dicas baseadas nas localizações e também em comentários de amigos e notas de cada hotel e pousada nos sites Booking e TripAdvisor.

Onde ficar em Campos do Jordão? Capivari é a melhor região
Capivari é a melhor região

Onde ficar em Campos do Jordão?

Onde ficar em Campos do Jordão?
Do Morro do Elefante, tem-se a melhor vista da cidade


domingo, 9 de julho de 2017

Mirantes em Campos do Jordão

Em maio passado, fiquei 5 dias em Campos do Jordão e depois de pegar um pouco de chuva nos primeiros dias, o tempo abriu e consegui visitar vários mirantes para ver a cidade e a região do alto!

Mirantes em Campos do Jordão

É super necessário estar de carro na cidade, para que todas essas visitas sejam viáveis. Infelizmente, a cidade não é das mais amistosas para turistas independentes que curtem se locomover em transporte público. Marquei todos os lugares no mapinha abaixo  e falo mais sobre cada um deles a seguir! Acompanhe para ter as melhores vistas de Campos do Jordão!




Leia aqui todos os post sobre Campos do Jordão no blog!


quinta-feira, 6 de julho de 2017

O que ver e fazer em Gênova

Quando se pensa em Gênova, os brasileiros automaticamente pensam no importante porto italiano e também em Cristóvão Colombo, mas a cidade tem muitos palácios lindos também. Achei uma mistura de prédios lindos com áreas decadentes e até hoje (1 ano depois da visita) ainda me sinto confusa com o que vi e senti por lá. Sabe aquela coisa de gostei e não gostei? Sentir uma peninha de ter só passado o dia e ao mesmo tempo dar graças a Deus que não dormimos por lá?

O que ver e fazer em Gênova, Itália
Essa com certeza é a parte linda da cidade!

Gênova (Genoa) é uma cidade grande (mais de 600 mil habitantes) e um dos principais portos do Mar Mediterrâneo (o maior porto italiano). A cidade provavelmente foi fundada pelos gregos pelo menos 4 séculos antes de Cristo e destruída pelos cartaginenses em 209 aC. Posteriormente foi reconstruída pelos romanos e a partir do século XI, tornou-se uma república governada pelos cônsules. Os mercadores genoveses enriqueceram com o transporte e comércio de mercadores do Oriente Médio e rivalizava com a República de Veneza. Após conflitos no século XIII e XIV, Gênova perdeu territórios e iniciou seu declínio, tendo passado pelos domínios da França, Piemonte, República da Ligúria e reino da Sardenha até a unificação italiana em 1861.

Fiz o mapa abaixo marcando as principais atrações em verde, as que eu não dei muita prioridade em amarelo, a estação de trem, algumas dicas de onde comer na cidade, as ruas principais e centros de informação turística.




Leia aqui todos os posts sobre Gênova no blog!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Patrimonio Mundial (ou da Humanidade) pela UNESCO

Depois de postar sobre os patrimônios da UNESCO na Alemanha, resolvi postar mais sobre esse assunto e o post de hoje é uma introdução para quem sempre se confunde (que nem eu) com os termos patrimônio da humanidade, patrimônio imaterial, patrimônio da UNESCO, etc. Afinal, qual é o certo?

A melhor definição que encontrei foi da Revista Galileu: "Um patrimônio da humanidade é um local considerado valioso para todo o mundo, independentemente de onde está localizado. Quem credita o título é a Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). O patrimônio é classificado em cultural, natural ou misto. O cultural é composto por monumentos e grupos de edifícios ou sítios que tenham valor histórico, estético, arqueológico, científico, etnológico ou antropológico. Até mesmo músicas podem ser consideradas patrimônio. Natural vale para formações físicas, biológicas e geológicas excepcionais, habitats de espécies animais e vegetais ameaçadas e áreas que tenham valor científico, de conservação ou estético."



Segundo o IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), "os países signatários da Convenção do Patrimônio Mundial Cultural e Natural devem indicar bens culturais e naturais a serem inscritos na Lista do Patrimônio Mundial. As informações sobre cada candidatura são avaliadas pelos órgãos assessores da Convenção (Icomos e IUCN) e sua aprovação final é feita anualmente pelo Comitê do Patrimônio Mundial, composto por representantes de 21 países. O Brasil ratificou a Convenção em 1978".


domingo, 2 de julho de 2017

Onde ficar em Barcelona? Equity Point Centric (novo nome Safestay Passeig de Gràcia)

Mais uma dica sobre onde ficar em Barcelona! Já escrevi aqui no blog um post sobre o primeiro lugar que fiquei na capital catalã e hoje conto sobre o local onde fiquei depois de voltar de Valência.




Dica de hostel em Barcelona - Equity Point Centric
Prédio lindo, não é? Fotos do site do hostel.


O hostel Equity Point Centric (novo nome Safestay Passeig de Gràcia)



As áreas comuns do hostel Equity Point Centric (novo nome Safestay Passeig de Gràcia) são bem legais. O refeitório é grande (e o hostel também) e tem outras salas para integração dos hóspedes no último andar, com direito até a visão panorâmica da região lá no alto (foto mais abaixo)! O café da manhã é pago a parte, se não me engano, 3,00 euros, mas acabei não experimentando. O preço é legal e fica bem difícil comer em outro lugar por menos do que isso, mas eu acabei comprando algumas bobeiras em um supermercado e por isso não comia o café no hostel, apesar do preço em conta. Você pode pagar na hora caso queira tomar café ali.

Dica de hostel em Barcelona - Equity Point Centric