sábado, 24 de fevereiro de 2024

Turismo em Hamburgo (Alemanha) - dicas de tours guiados e excursões

Com 1.8 milhão de habitantes, Hamburgo é a 2a maior cidade alemã, perdendo apenas para Berlim. É uma das 3 cidades-estados alemãs (as outras 2 são Berlim e Bremem). Com origens no ano 808, está ligada ao Mar do Norte pelo rio Elba. Juntamente com diversas outras cidades da região, formava a Liga Hanseática, monopólio comercial no norte da Europa no fim da Idade Média. Segundo a Wikipedia, tem mais de 2500 pontes - que seria mais do que Amsterdã e Veneza somadas! Muitos descendentes alemães que vieram para o Brasil eram da região de Hamburgo. 

Estive em Hamburgo em 2 oportunidades, mas ela não está entre as minhas cidades preferidas na Alemanha (sou apaixonada por Berlim, mas em geral, prefiro as cidades menores). Acho que preciso voltar com mais calma, porque na 2 vezes foi tudo muito corrido e diversos blogueiros amigos meus gostam bastante da cidade então quero dar mais uma chance. Não consegui fazer nenhum walking tour na cidade e nem entrei em museus ou atrações pagas e acho que quando fizer tudo isso, tem grandes chances da minha percepção sobre a cidade melhorar.


Speicherstadt, Hamburgo
Passeando pela região do porto e Speicherstadt ("cidade dos armazéns") de Hamburgo



Rathaus de Hamburgo
O lindo prédio da prefeitura em Hamburgo - a Rathaus




Destaco no post de hoje alguns passeios para quem quiser conhecer Hamburgo mais a fundo, tanto opções "free" como opções pagas. Lembre-se que não é preciso pagar pelos famosos "free tours", mas é bastante recomendável dar gorjeta para os guias. Indico também alguns passeios de um dia para locais nas proximidades para. Eu costumo fazer essas day trips por conta própria e a logística de transporte na Alemanha é fácil demais para se virar! Além disso, apresento algumas opções de tickets para museus e principais pontos turísticos de Hamburgo, que você pode comprar online com antecedência.





quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024

Lugares para conhecer em um dia ou fim de semana saindo de várias capitais do Brasil

Às vezes a gente não pode tirar férias ou não tem dinheiro para uma viagem mais longa, mas a vontade de conhecer algum lugar diferente continua lá... Eu sempre gostei de além das viagens maiores, fazer viagens menores, mesmo perto de casa. Ano passado postei aqui sobre cidades perto de São Paulo para conhecer em um dia ou um fim de semana e também sobre os melhores passeios de um dia saindo de Campinas (onde moro) e pensando em viagens anteriores, expandi as dicas para outros estados, saindo das capitais.


Dicas para viagens de fim de semana em vários estados do Brasil - Goiás e Brasília
Pirenópolis - GO



Alguns lugares dá para conhecer em um dia, outros cabem melhor em um fim de semana. Alguns dessa lista dá para chegar de ônibus, mas tem também aqueles onde compensa ir de carro próprio ou alugar um carro, pois muitas vezes os passeios mais interessantes estão na zona rural/ fora do núcleo urbano. Deixei também sugestões de excursões de um dia saindo de várias dessas cidades (como eu fiz por exemplo saindo de Recife alguns anos atrás).

De acordo com a sua vontade e disposição para dirigir e enfrentar estrada, a lista poderia ser muito maior, mas coloquei aqui só opções bastante convenientes até para pessoas como eu que não gostam tanto assim de dirigir. Essa é uma seleção baseada nos lugares que eu conheço, então não coloquei todos os estados do Brasil, mas 10 capitais estão representadas aqui!





sexta-feira, 19 de janeiro de 2024

Cafeterias e docerias em Campinas (SP) - dicas 2023

Essa é a 3a parte das indicações de cafeterias e docerias em Campinas - ainda bem que o número desses estabelecimentos só cresce na cidade! Alguns são mais focados nos doces, outros servem café especial também... Também coloquei algumas opções de delivery. Aqui estão os posts com a parte 1 (de 2020) e a parte 2 (de 2022). Os estabelecimentos citados no post não estão em nenhuma ordem específica - para os horários de funcionamento, localização, cardápio etc, clique no nome do local para consultar os sites oficiais ou redes sociais (assim o post não fica desatualizado rapidamente e vocês terão acesso sempre à informação mais atual).




Cafeterias e docerias em Campinas - parte 3
Lateral da Prefeitura de Campinas e Biblioteca Municipal



Café Maritaka (Joaquim Egídio)


Provavelmente a cafeteria mais cercada de verde de Campinas! Na rua principal do distrito de Joaquim Egídio do lado direito depois do centrinho. Estacione pouco mais à frente a esquerda. Gastei R$ 33,00 no final de 2022 com um café gelado e a sobremesa mais famosa do local, a chocotaka - sorvete com brownie e calda.  São tantas árvores que não é difícil encontrar com algum macaquinho ou ave por ali (maritacas por exemplo). O ambiente é bem aberto então é melhor ir em um dia sem chuva.


Cafeterias e docerias em Campinas - Café Maritaka



 Leia aqui todas as dicas sobre Campinas no blog!


quarta-feira, 17 de janeiro de 2024

Bydgoszcz (Polônia) - dicas de turismo, onde ficar, onde comer e o que fazer

Bydgoszcz não é a cidade mais incrível da Polônia, é relativamente pequena comparando com as cidades que estou acostumada (moro em Campinas), mas não chega a ser desinteressante ou parada - é a 8a maior cidade do país e foi eleita "European Best Destination" em 2020. Dá para turistar em um ritmo mais lento, bom para desestressar após alguns dias em uma grande cidade. Além disso, eu tive uma bela surpresa no parque da cidade em uma noite aleatória, que conto no post de hoje!

A cidade foi fundada em 1346 pelo rei Casimiro III da Polônia e em 1812, foi incorporada ao Reino da Prússia (o nome alemão da cidade era Bromberg). Quando a Polônia ressurgiu como país em 1920, Bydgoszcz estava no território polonês. Ocupada pelos nazistas em 1939, foi liberada pelo Exército Soviético em 1945. Em 2021, contava com cerca de 340 mil habitantes. O nome "Bydgoszcz" vem de "Bydgost", um nome próprio.




Bydgoszcz (Polônia) - dicas de turismo, onde ficar, onde comer e o que fazer
No Park Jana Kochanowskiego w Bydgoszczy fica a estátua da arqueira (Łuczniczka em polonês) - na Ilha dos Museus em Berlim tem uma estátua igual a essa!


Bydgoszcz (Polônia) - dicas de turismo, onde ficar, onde comer e o que fazer
Prédio do correio na esquerda e antigos celeiros reformados na direita, nas margens do rio Brda


Onde fica e como chegar a Bydgoszcz


Bydgoszcz fica bem perto de Tórun, a cidade natal de Copérnico bastante turística, e praticamente no meio do caminho entre Varsóvia e Gdansk, a terceira cidade polonesa. É muito fácil incluir a cidade no seu roteiro de trem ou de ônibus pela Polônia, saindo de qualquer uma das 3 cidades citadas acima. Eu saí de Gdansk para lá e depois segui viagem para Torun e posteriormente, Varsóvia. Ela também fica no meio do caminho entre Poznan e Gdansk.

Escolhi viajar de ônibus pois o site da empresa de trem era bem ruim para comprar passagem com antecedência rs e o ônibus era baratíssimo. Nem a estação de trem e nem a rodoviária são centrais, então você vai precisar de algum transporte até a sua hospedagem - o recomendado é a região central da cidade, mas falo mais sobre isso abaixo.



Leia aqui todas as dicas sobre Bydgoszcz no blog e aqui tudo publicado sobre a Polônia!


sábado, 13 de janeiro de 2024

Turismo em Sousas e Joaquim Egídio (distritos de Campinas) - dicas do que ver, fazer, onde comer

Turismo rural, muitos bares e restaurantes, trilhas, clima de cidadezinha pequena de interior, belas paisagens, festas religiosas, feiras de artesanato, locais para eventos, antigas fazendas de café, História - tudo isso e muito mais você encontra em Sousas e Joaquim Egídio, dois distritos de Campinas (SP). Os 2 são muito próximos um do outro (dá até para ir andando entre eles!) e não ficam longe do centro da cidade. Dada a altíssima concentração de bons restaurantes e bares na região, são bastante frequentados por moradores da cidade aos finais de semana e feriados.



Turismo em Sousas e Joaquim Egídio (distritos de Campinas) - dicas do que ver, fazer, onde comer
Pracinha fofa em Sousas - mais detalhes abaixo



Turismo em Sousas e Joaquim Egídio (distritos de Campinas) - dicas do que ver, fazer, onde comer
A Capela de São Roque e São Joaquim foi construída em um terreno doado por Joaquim Egídio de Souza Aranha, da Fazenda Sertão em torno de 1870 no antigo bairro Laranjal. É  única igreja de Joaquim e foi tombada em 2003.



Os distritos de Sousas e Joaquim Egídio surgiram por conta das fazendas de café que se instalaram na região no século XIX. Joaquim Egídio leva o nome em homenagem a Joaquim Egídio de Sousa Aranha, o Marquês de Três Rios, antigo proprietário da Fazenda Sertão. Hoje são cerca de 2.200 habitantes.

Sousas era antigamente conhecida como povoado de "Ponte Alta", devido à primeira ponte do rio Atibaia construída ali.  Em 1833 foi construída a capela de São Sebastião pela família de Joaquim Ribeiro e assim originou-se o arraial. A família Sousas era dono de muitas terras na região e o povoado passou a se chamar "Sousas" por causa deles. Em 2010, tinha pouco mais de 17 mil habitantes.




Leia todas as dicas sobre Campinas aqui no blog! E também mais sobre o interior de São Paulo!


quinta-feira, 11 de janeiro de 2024

Onde beber cerveja artesanal em Campinas e região? 8 cervejarias para conhecer

Segundo o "Anuário da Cerveja 2022" (principal relatório oficial com dados do setor no Brasil -  divulgado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária),  haviam sido inauguradas 180 novas fábricas de cervejas artesanais no país naquele ano - um crescimento de 11,6% em comparação ao ano anterior. Mais de 700 municípios (13% do total) já contavam com suas próprias cervejarias. O registro de novos produtos também disparou: 7.090 novas cervejas. Cerca de 90% de todas as fábricas são de micro, pequeno e médio porte e elas correspondem a somente 3% do mercado. (Fonte: Mercado & Consumo - atualizo aqui com os dados de 2023 quando sair o relatório)


Onde beber cerveja artesanal em Campinas e região? 8 cervejarias para conhecer
Degustando várias cervejas da Tábuas Cervejarias, em Barão Geraldo (Campinas)


Onde beber cerveja artesanal em Campinas e região? 8 cervejarias para conhecer
"Como fazer cerveja" na parede da Holambier, em Holambra



Não é de se espantar que até mesmo quem não liga para cerveja como eu tenha percebido o aumento de variedade de cervejas disponível em qualquer evento e o aumento de pequenas cervejarias por toda a parte. Já fazia alguns anos que ouvia falar de algumas cervejarias artesanais de Campinas, mas nunca tinha ido a nenhuma porque nunca tenho a intenção de sair para beber. Recentemente participei de uma viagem para imprensa organizada pelo SEBRAE - SP para conhecer a cena cervejeira de Campinas e outras cidades vizinhas - Valinhos e Holambra. Foram 8 cervejarias, muitos copos e infinitas variedades de cerveja em 3 dias e conto tudo no post de hoje!


História da cerveja em Campinas (SP)



Em 2024, as pequenas cervejas artesanais estão a todo vapor em Campinas e região. Mas a bebida já era produzida na cidade ainda no século XIX, por um imigrante italiano. A Fábrica de Cerveja Guarani foi fundada em 1880 e produzia cerveja com insumos importados alemães, mas já não existe há décadas. Em 1903, foi a vez da Fábrica de Cerveja e Gelo Columbia, na Avenida Andrade Neves, cuja cervejas receberam medalhas em exposições internacionais. A cervejaria lançou marcas famosas, mas foi comprada pela Antarctica em 1957. Leia mais sobre essas antigas cervejarias de Campinas aqui.


O Polo Cervejeiro da RMC (Região Metropolitana de Campinas)


O Polo Cervejeiro da RMC foi criado em 2017 para fortalecer as cervejarias artesanais da Região Metropolitana de Campinas. Hoje são 34 cervejarias em 20 municípios e mais cervejarias querendo entrar no "consórcio". Eles participam e organizam diversos eventos gastronômicos nas proximidades e é só ficar de olho no instagram para saber quando acontecem. É praticamente impossível não ter pelo menos uma cervejaria artesanal em qualquer evento da prefeitura ou dos shoppings da região nos dias de hoje.



Veja aqui todas as dicas sobre Campinas no blog e mais sobre o interior de São Paulo!


quinta-feira, 21 de dezembro de 2023

Pinheiros e Vila Madalena (São Paulo): onde ficar, onde comer e o que ver e fazer

Arte de rua, bares, restaurantes, livrarias e sebos, lojas interessantes, Carnaval de rua, ruas charmosas, muitos prédios novos em construção, bastante escritórios... você encontra tudo isso e mais um pouco nos bairros Vila Madalena e Pinheiros em São Paulo. Dependendo do que você for fazer em São Paulo, pode ser uma região bastante conveniente para se hospedar e com muitas opções de alimentação. E principalmente pelo Beco do Batman, outras street arts nas proximidades e a vibe moderninha, é um dos passeios mais legais da cidade para moradores ou turistas, durante a semana ou fim de semana.


Pinheiros e Vila Madalena (São Paulo): onde ficar, onde comer e o que ver e fazer


O que ver e fazer na Vila Madalena/Pinheiros


Não lembro quando eu ouvi falar do Beco do Batman e arredores pela primeira vez, mas sei que demorei muitos anos para finalmente conhecer a parte mais colorida de São Paulo. Anos atrás, eu nem ligava tanto para arte de rua e coisas do tipo, então ia arrastando essa visita nas minhas diversas vezes em SP, seja para visitar a família, a trabalho, para resolver burocracias ou simplesmente a turismo. Só fui conhecer a área em janeiro/2017, quando passei uma semana em São Paulo para fazer um curso e resolvi fazer um walking tour pela Vila Madalena.

De lá para cá, já estive algumas vezes no Beco do Batman e algumas outras visitas a diferentes pedacinhos de Pinheiros também, inclusive 2 vezes agora em 2023 e resolvi fazer esse post! Como já é de costume por aqui, vai ter mapa com tudo que for citado ao longo do post lá no final com restaurantes, bares, pontos interessantes, onde ficar, lugares para visitar, lojas descoladas, praças, murais etc. Além das minhas dicas, incluí também dicas de uma prima que trabalhava nessa área da cidade e de alguns amigos que moram ou já moraram na região.


Pinheiros e Vila Madalena (São Paulo): onde ficar, onde comer e o que ver e fazer
Livraria da Tarde em Pinheiros - uma das muitos livrarias de rua e sebos da região (tem várias outras marcadas no mapa lá no final do post!)




Leia aqui todas as dicas sobre São Paulo no blog!