domingo, 14 de novembro de 2021

[Viajando na História] O mês de Abril na História

Alguns meses atrás comecei a postar sobre algumas datas históricas e monumentos lá no Instagram e  mensalmente estou fazendo um resumo aqui no blog, que continuo com este post de hoje: acontecimentos e pontos turísticos relacionados ao mês de Abril ao longo dos anos! História sempre foi a minha matéria preferida na escola e não é à toa que destinos históricos sempre estão entre os meus preferidos. Para qualquer lugar que eu vá, eu pesquiso sobre a História do local/país antes e durante a viagem. Acredito que não faz nenhum sentido você se deslocar até o outro lado do mundo para tirar uma selfie na frente de um monumento sem ter a mínima ideia do porquê aquele se tornou um monumento importante/famoso, por exemplo.


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília
Mapa da Brasília original - Foto: Tetraklys - CC SA 3.0


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Inauguração de Brasília
Construção da Esplanada dos Ministérios em Brasília - Foto: Arquivo Público do Distrito Federal- CC SA 3.0



Fora que dá um outro sabor para as viagens quando você entende de onde vieram os nomes das ruas/praças/bairros/estações de metrô etc (por exemplo Avenida 9 de Julho em São Paulo ou estação de metrô Oranienburger Tor em Berlim). É muito mais gostoso ir embora de um lugar entendendo o que viu ao invés de simplesmente ter passado para cumprir tabela ou riscar da listinha de "obrigações".


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Incêndio na Notre Dame de Paris
Incêndio na Catedral Notre-Dame de Paris. Foto: Le Laisser Passer A38 - CC SA 4.0


[Viajando na História] O mês de Abril na História - Incêndio na Notre Dame de Paris
Incêndio na Catedral Notre-Dame de Paris. Foto: Wandrille de Préville - CC SA 4.0


Pensando em explorar mais esse aspecto das viagens aqui no blog, inventei a #ViajandonaHistoria lá no Instagram no blog e desde abril/2020 estou postando sobre diversos momentos históricos e locais que se tornaram pontos turísticos. Mensalmente vou trazer essas informações para o blog, mas é claro que estes posts não tem a intenção de ser algo definitivo sobre o tema - são milhares de acontecimentos importantes todos os dias pelo mundo e vou focar naqueles que acho mais relevantes no geral e somente nos destinos que já são tratados aqui no blog. Em abril, falamos de Paris, Ilha de Páscoa, Brasília e mais!

sexta-feira, 12 de novembro de 2021

[Viajando na História] O mês de Março na História

Alguns meses atrás comecei a postar sobre algumas datas históricas e monumentos lá no Instagram e  mensalmente estou fazendo um resumo aqui no blog, que continuo com este post de hoje: acontecimentos e pontos turísticos relacionados ao mês de Março ao longo dos anos! História sempre foi a minha matéria preferida na escola e não é à toa que destinos históricos sempre estão entre os meus preferidos. Para qualquer lugar que eu vá, eu pesquiso sobre a História do local/país antes e durante a viagem. Acredito que não faz nenhum sentido você se deslocar até o outro lado do mundo para tirar uma selfie na frente de um monumento sem ter a mínima ideia do porquê aquele se tornou um monumento importante/famoso, por exemplo.



[Viajando na História] O mês de Março na História - Inauguração da Torre Eiffel em Paris
Torre Eiffel sendo construída - foto domínio público



Fora que dá um outro sabor para as viagens quando você entende de onde vieram os nomes das ruas/praças/bairros/estações de metrô etc (por exemplo Avenida 9 de Julho em São Paulo ou estação de metrô Oranienburger Tor em Berlim). É muito mais gostoso ir embora de um lugar entendendo o que viu ao invés de simplesmente ter passado para cumprir tabela ou riscar da listinha de "obrigações".


[Viajando na História] O mês de Março na História - Unificação da Itália - Risorgimento
Península itálica em 1843 dividida em 8 Estados - Gigillo83 - Foto CC SA 3.0




Pensando em explorar mais esse aspecto das viagens aqui no blog, inventei a #ViajandonaHistoria lá no Instagram no blog e desde abril/2020 estou postando sobre diversos momentos históricos e locais que se tornaram pontos turísticos. Mensalmente vou trazer essas informações para o blog, mas é claro que estes posts não tem a intenção de ser algo definitivo sobre o tema - são milhares de acontecimentos importantes todos os dias pelo mundo e vou focar naqueles que acho mais relevantes no geral e somente nos destinos que já são tratados aqui no blog. Em março, falamos de Michelangelo, Veneza, Torre Eiffel. Itália e mais!

terça-feira, 9 de novembro de 2021

Berlim: o que ver e fazer hoje no antigo trajeto do muro de Berlim?

Depois de uma temporada estudando em Berlim e outra viagem para matar as saudades da cidade, já são cerca de 100 posts sobre a capital alemã aqui no blog. Obviamente muitos deles falam sobre o muro de Berlim - acho que já visitei mais de uma dúzia de museus e memoriais ligados à essa parte da História. Com o aniversário da queda do muro HOJE (9/nov), pensei em escrever então sobre o que encontramos hoje em dia no antigo trajeto por onde passava o mais famoso muro da História mais atual.


Berlim: o que ver e fazer hoje no antigo trajeto do muro de Berlim? Portão de Brandemburgo
Portão de Brandemburgo em 1988 quando ninguém podia nem chegar perto e em 1989, depois que o muro caiu - tirei essa foto em um dos museus sobre a História de Berlim.


Berlim início da década de 60: a cidade estava dividida entre dois países - a Alemanha Oriental (DDR, aliada aos soviéticos na Guerra Fria) e a Alemanha Ocidental (dominada pelos vencedores da Segunda Guerra Mundial - Estados Unidos, França e Inglaterra), mas não existia uma separação clara entre as duas partes da cidade. Com a fuga de cidadãos do lado oriental para o ocidental aumentando, um muro começa a ser erguido pela DDR na noite de 12 para 13 de agosto de 1961 e só vai "cair" na noite de 9 de novembro de 1989. Ao longo dos anos, a estrutura física do muro foi se alterando e ficando mais sofisticada para evitar fugas - o muro cresceu de altura e depois foi construído outro muro paralelo ao primeiro, formando a "faixa da morte" entre os dois. O "cair" ali em cima está entre aspas porque ele não foi literalmente derrubado da de um dia para o outro, mas nos meses seguintes, houve todo um trabalho para unificar as duas Alemanha e a cidade de Berlim, onde até o sistema de transporte estava dividido. À medida que os dois muros e outras estruturas de controle, como as torres de observação, foram sendo destruídos, outros usos foram dados para aquele espaço, mas até hoje são muitos os espaços vazios na antiga faixa da morte. Alguns trechos originais do muro resistem até hoje, mas todo mundo pode passar de um lado a outro sem problemas.


Berlim: o que ver e fazer hoje no antigo trajeto do muro de Berlim?
Berlim dividida entre os 4 países vencedores da Segunda Guerra - dá para ver bem que o muro - em vermelho acima - não dividia Berlim em 2, mas cercava a Berlim ocidental, para separar da Berlim oriental e da Alemanha Oriental. Cartaz em um museu sobre a história da cidade (existe mais de um)


São muitas também as atrações em Berlim nessa mesma faixa e o post de hoje é sobre isso - o que podemos ver de interessante turisticamente falando no antigo trajeto do muro de Berlim! Uma vantagem é que a grande maioria dos pontos citados neste post são gratuitos - algumas são diretamente ligadas ao muro, mas tem muita coisa que não é também.




sábado, 6 de novembro de 2021

Ile d´Orleans - passeio gastronômico bucólico em Quebec, Canadá

No nosso roteiro de 18 dias pelo Canadá, deixamos bastante tempo para cada cidade porque não queríamos correria. Estávamos viajando de trem e sem vontade de alugar carro. Pesquisando sobre Quebec - a cidade mais charmosa do país, descobrimos um passeio pela área rural que parecia interessante - tour gastronômico de meio dia pela Ile d´Orleans. O nosso roteiro foi pensado nas principais cidades do leste canadense e essa era a oportunidade perfeita de conhecer um pouquinho de algo diferente!


Ile d´Orleans - passeio gastronômico bucólico em Quebec, Canadá

Ile d´Orleans - passeio gastronômico bucólico em Quebec, Canadá


Em 2018, ainda era preciso telefonar para reservar a sua vaga (!!!), mas hoje é possível fazer toda a transação online (clique neste link para comprar o tour). O passeio de meio dia de micro-ônibus (foto acima), passa por 4 ou 5 pequenos produtores de coisas típicas da região em uma ilha ao norte de Quebec (mas bem pertinho) e tem degustação em todos eles! Eu tinha pesquisado online e cheguei à conclusão que era um passeio que não dava para fazer de transporte público.





terça-feira, 2 de novembro de 2021

Sonhos de viagem ou Viagens dos sonhos

Você lembra quais eram seus maiores sonhos de vigem na infância? Eu lembro bem do top 3 e de dois que entraram para completar o top 5 depois. Dos 3 maiores sonhos originais, já conheci Machu Picchu (em 2015) e Ilha de Páscoa (em 2013) e dos que chegaram depois, conheci e me apaixonei por Berlim (2014 e 2019)! Mas ainda faltam outros 2 lugares, um no exterior e um no Brasil (descubram abaixo quais são!)


Sonhos de viagem ou Viagens dos sonhos
Três dos meus maiores desejos de viagem na montagem acima: Ilha de Páscoa e Berlim na esquerda e Machu Picchu na direita




Pela seleção de destinos, já deu para perceber que sempre fui fascinada por arqueologia, História e coisas antigas rs. Esse é um motivo que sempre temos muitos destinos históricos por aqui e que criei a tag Viajando na História para movimentar o instagram do blog ano passado durante a pandemia sem viagens.


domingo, 31 de outubro de 2021

Uma das melhores praias do mundo fica em Fernando de Noronha!

Fernando de Noronha é um arquipélago com 21 ilhas, ilhotas e rochedos de origem vulcânica no Oceano Atlântico a 524 km de Recife e pertence à Pernambuco, apesar de estar mais próximo a Natal. A ilha principal tem 17m2 e o maior núcleo urbano é a Vila dos Remédios. Noronha é administrada pelo ICMBio. Foi avistada pela primeira vez entre 1500 e 1502 (provavelmente por Fernão de Loronha) e foi descrita pela primeira vez por Américo Vespúcio em outra expedição entre 1503 e 1504. O arquipélago sofreu  invasões de inglesesfranceses e holandeses entre os séculos XVI e XVIII.


Uma das melhores praias do mundo fica em Fernando de Noronha!!
Morro do Mirante Dois Irmãos - Foto: Bruno Lima/MTur - domínio público


Uma das melhores praias do mundo fica em Fernando de Noronha!
Morro do Pico - Foto: Bruno Lima/MTur - domínio público


Desde 1988, é um Parque Nacional (ingresso para 10 dias por R$ 126,00 para brasileiros - outubro/2021). com mais de 11 mil hectares com tem diversas espécies endêmicas. É ponto de concentração de golfinhos rotadores e Patrimônio Natural da Humanidade pela UNESCO desde 2001.





sexta-feira, 29 de outubro de 2021

Ilhas da Laguna de Veneza: Burano

Conhecida por suas casas coloridas à beira dos canais, Burano também é marcada pela torre inclinada de sua igreja. É formada por um conjunto de ilhotas (conectadas por pontes) na Laguna de Veneza e não é tão visitada pelos turistas como sua vizinha mais famosa, Murano,  mas eu gostei muito mais dessa aqui. São cerca de 3 mil habitantes hoje em dia na localidade.


Ilhas da Laguna de Veneza: Burano

Ilhas da Laguna de Veneza: Burano


Os primeiro habitantes de Burano foram provavelmente os romanos, mas só no século VI que Burano recebe o seu nome atual - era então habitada por pessoas originárias de Altino (no continente), que teriam dado o nome de uma das portas da cidade. Existe outra versão para a origem do nome - ele viria do sobrenome da primeira família que ali se estabeleceu (Buriana) ou ainda teria sido dado por residentes vindo de outra ilha próxima, Buranello.

Claro que tem um mapinha completo no final no post, com tudo marcadinho, inclusive onde pegar os vaporettos/barcos para esse passeio!