quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

Onde comer em Campinas? Casa Peruana, Macaxeira e L´Entrecôte de Paris

Já são muitos posts com dicas sobre Campinas aqui no blog, inclusive com indicações de dezenas de lugares para comer na cidade. Hoje falo sobre alguns dos últimos que conheci - um no bairro Cambuí, um perto do Castelo e um no Shopping Parque Dom Pedro.

Casa Peruana


A mais nova opção de comida peruana em Campinas! Abriu no final de 2018 e fica perto da torre do Castelo. A decoração é clean, mas o charme são os tecidos coloridos, que você encontra por todo lado na região de Cusco e do Valle Sagrado. Abaixo tem uma foto do cardápio e dessa vez, eu escolhi o Arroz Chaufa, que não tinha comido no Peru (leia no link anterior todos os posts aqui no blog sobre o país)!

Onde comer em Campinas? Casa Peruana

Onde comer em Campinas? Casa Peruana
Um ceviche de entrada, só porque é o prato mais famoso do país. O meu arroz chaufa era de frango, mas existem as opções de camarão ou carne também! Depois tenho que voltar porque fiquei com vontade de comer um monte de outras coisa! Para beber, pedi uma chicha morada, suco feito com um milho roxo peruano!






Atenção que o restaurante fecha de 2a feira e só abre para o jantar às 6as e sábados (nos outros dias, somente almoço). Os pratos são bem grandes, então dá tranquilamente para pedir uma entrada e dividir o principal ou então fazer como eu fiz e levar marmita para casa!




quinta-feira, 3 de janeiro de 2019

Saudades dos lugares que visitamos ou das pessoas que conhecemos nas viagens?

Você é daqueles que adora ir sempre para o mesmo lugar nas férias (tipo o pessoal que vai frequentemente para a Disney) ou daqueles que se recusa a repetir destino, já que a vida é curta e a lista dos sonhos é gigante? Tem ainda os que gostam tanto de um lugar que vão para outras cidades, mas dão um jeito de sempre incluir uma paradinha básica na sua preferida (tenho conhecidos que vão muito para a Europa e toda vez fazem questão de incluir Paris no roteiro, mas não deixam de conhecer outros lugares).

Saudades dos lugares que visitamos ou das pessoas que conhecemos nas viagens?
Foto: HenningE - Pixabay


Me peguei pensando sobre o assunto nas últimas semanas e não cheguei a nenhuma conclusão. Não sou nenhum extremo nem outro (mas mais inclinada a não repetir destino). Mesmo quando repito país, não costumo repetir as cidades - Alemanha e Espanha estão aí de prova - 4 vezes em cada país). Minha bucket list me deixa doida porque já sei que não vou conhecer todos os lugares antes de morrer.


Para ler ouvindo:




Impossível - Biquini Cavadão

"Tudo bem quando termina bem
E os seus olhos, e os seus olhos não estão rasos d'água

Mas eu sei que no coração ficaram muitas palavras
Um vocabulário inteiro de ilusão
Tudo que viceja, também pode agonizar

E perder seu brilho em poucas semanas
E não podemos evitar que a vida trabalhe com o seu relógio invisível
Tirando o tempo de tudo que é perecível
É impossível, é impossível esquecer você

É impossível esquecer o que vivi
É impossível esquecer, o que senti
Tudo que morre fica vivo na lembrança

Como é difícil viver carregando um cemitério na cabeça
Mas antes que eu me esqueça, antes que tudo se acabe
Eu preciso, eu preciso, dizer a verdade
É impossível, é impossível esquecer você

É impossível esquecer o que vivi
É impossível esquecer, o que senti
É impossível!
É impossível, é impossível esquecer você

É impossível esquecer o que vivi
É impossível esquecer, o que senti
Tudo que morre fica vivo na lembrança

Como é difícil viver carregando um cemitério na cabeça
Mas antes que eu me esqueça,
Antes que eu me esqueça, antes que tudo se acabe
Eu preciso, eu preciso, dizer a verdade
É impossível, é impossível esquecer você

É impossível esquecer o que vivi
É impossível esquecer, o que senti
É impossível!
É impossível, é impossível esquecer você

É impossível esquecer o que vivi
É impossível esquecer, o que senti
La, la, la, la!"