quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Onde comer em Santa Leopoldina e Santa Teresa - ES? Pocando no ES 4

Durante o encontro de blogueiros Pocando no ES do ano passado (4a edição), uma das coisas que mais fizemos foi comer rs! No post de hoje, falo mais sobre os locais e comidas que experimentamos em Santa Leopoldina e Santa Teresa, na região dos imigrantes.

Leiam aqui todos os posts sobre o Espírito Santo e aqui o roteiro de 4 dias em Vitória, Vila Velha, Santa Teresa e Santa Leopoldina!


Onde comer em Santa Leopoldina e Santa Teresa - ES? Pocando no ES 4
Essa foi minha pizza preferida em Santa Leopoldina - com filé mignon, gorgonzola e pimenta biquinho! Leiam mais sobre essa pizzaria e restaurante abaixo!


Veja aqui nossas dicas de hospedagem em Santa Leopoldina e Santa Teresa (ES)!





Onde comer em Santa Leopoldina - ES


Almoçamos em um dos dias no Restaurante Véu de Noiva no Parque Cachoeira Véu de Noiva e jantamos na pizzaria/restaurante L´Incontro. O primeiro é o restaurante por kilo com comida feita no fogão a lenha, bem estilo "comida de vó" (se você tiver uma avó mineira ou do interior paulista como eu rs), ideal para quem está comendo no meio de passeios (uma das cachoeiras mais famosas da cidade fica no Parque Véu da Noiva, então fica super prático já almoçar por lá). Já o L´Incontro fica no centro da cidadezinha e o chef Luca Lonardi já ganhou diversas premiações por suas criações - fizemos uma degustação de vários sabores de pizzas salgadas e doces e a minha preferida foi aquela lá de cima, bem diferentona.


Onde comer em Santa Leopoldina - ES?  Restaurante Véu de Noiva no Parque Cachoeira Véu de Noiva
Restaurante por kilo com comida no fogão à lenha

Onde comer em Santa Leopoldina - pizzaria/restaurante L´Incontro
Degustamos vários sabores de pizza, mas o destaque foi a pizza de filé mignon, gorgonzola e pimenta biquinho (que não é ardida não)


Veja aqui o que ver e fazer em Santa Leopoldina!



Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook






Onde comer em Santa Teresa - ES


Experimentamos as esfihas salgadas e doces da Santa Sfiha, que tinha sido recém-inaugurado. Para o jantar o grupo se dividiu e eu jantei na Taberna Lounge, que estava participando do Festival Gourmet de Santa Teresa. No almoço do dia seguinte, almocei no Fabrício Bar e Restaurante. Os 3 locais ficam no centro da cidade, sendo os 2 últimos na mesma rua, popularmente conhecida como Rua do Lazer, que é uma graça cheia de casinhas fofas!


Onde comer em Santa Teresa - Santa Sfiha
Eram várias opções de sabores tanto salgados como doces dos mais clássicos aos mais elaborados - carne, queijo, linguiça, goiaba, banana, etc.

Onde comer em Santa Teresa - Taberna Lounge
O meu nhoque da foto era o prato especial do festival. Gostei do ambiente decorado com motivos medievais, mas nada exagerado.

Onde comer em Santa Teresa - Fabrício Bar e Restaurante
Aprovei a decoração do Fabricio´s e mais ainda essa massa que pedi, que vinha em uma cestinha de parmesão! Todas as construções dessa rua são fofas assim como o restaurante - dá para ver a fachada dele na primeira foto da montagem.




Veja aqui as dicas do que ver e fazer em Santa Teresa! As refeições nos restaurantes citados neste post foram cortesias para os participantes do encontro, mas as opiniões são independentes.



Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!
* indicates required











Pocando no ES 4




Pocando no ES 4 - Apoiadores e Parceiros



Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.