domingo, 10 de dezembro de 2017

Como chegar em Gramado e Canela? Como se locomover pela região?

Uma das dúvidas mais comuns de quem vai para Gramado e Canela é como se virar no destino. Muita gente aluga um carro, mas existem outras possibilidades e é sobre isso que vou falar no post de hoje, além de uma dica super confortável para ir e voltar do aeroporto mais próximo - o de Porto Alegre.

Transporte em Gramado e Canela - como chegar e como se locomover
Portal de Gramado de chocolate em miniatura no Mundo de Chocolate em Gramado

Como chegar em Gramado e Canela?


Existem um ônibus executivo da Citral que vai do aeroporto de Porto Alegre para Gramado e Canela, mas uma alternativa legal é contratar o transfer com a Brocker Turismo. O transfer compartilhado tem as vantagens de te buscar e levar diretamente até o seu hotel em Gramado ou Canela, além de maior flexibilidade nos horários. 

Transporte em Gramado e Canela - como chegar e como se locomover


A Brocker Turismo era uma das empresas patrocinando o #blogueirosemGramado e por isso ofereceu o transfer de/para o aeroporto como cortesia para os blogueiros. Como eu estava hospedada no Hotel Master Premium Gramado, no centro da cidade, mas perto da saída para Porto Alegre, fui a primeira a ser entregue no hotel na ida e fui a última a ser pega na volta para o aeroporto. O transfer de volta é marcado com bastante antecedência porque o trânsito nesse trecho é intenso!

Veja aqui o nosso roteiro de 4 dias em Gramado e Canela!


quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Snowland, Gramado - matando saudades (ou conhecendo) da neve no calor brasileiro!

Na programação dos meus 4 dias em Gramado (e Canela) em outubro/2017 estava o famoso Snowland, primeiro parque de neve indoor das Américas e uma das atrações mais concorridas de Gramado. Primeiramente achei que fosse algo muito voltado para crianças e como já conheço neve, pensei que não fosse achar nada demais.

A expectativa não estava muito alta, mas no fim das contas o Snowland me surpreendeu porque também é muito legal para adultos! O parque é dividido em 3 partes que vou detalhar mais abaixo, mas o destaque com certeza é a Montanha de Neve!

O que fazer em Gramado - Snowland
Montanha de Neve

O que fazer em Gramado - Snowland
Detalhe para a roupa linda (#sqn) que eles dão para você entrar na parte da Montanha de Neve


Leia aqui todos os posts sobre Gramado no blog!


domingo, 3 de dezembro de 2017

O que fazer em Padova (Pádua) além do Santo Antônio

Padova é o nome em italiano da cidade de Pádua, mas eu prefiro usar aqui no blog o nome italiano mesmo. Como muitos brasileiros são católicos e adoram viajar para a Itália em peregrinações ou excursões religiosas, acredito que a maioria dos brasileiros que visitam Padova tem o objetivo de conhecer a Basilica de Santo Antonio de Padova (que já mostrei nesse post aqui). Afinal o Santo Antônio é um dos santos mais queridinhos pelos brasileiros. Mas a cidade tem muito mais coisa para oferecer, tanto para quem tem mais tempo depois de conhecer a Basílica como para quem não se importa com o santo e quer simplesmente conhecer coisas lindas e históricas na Itália! Eu já contei aqui no blog o motivo que me fez colocar Padova no meu roteiro - e não tem nada a ver com o santo!

O que fazer em Padova (além do Santo Antônio)
A Basílica de Santo Antônio é linda e grandiosa? Com certeza! Mas Padova vai muito além disso!

Mapa - O que fazer em Padova


Marquei no mapa abaixo as atrações de Padova mostradas abaixo, a estação de trem e ponto de informações turísticas, algumas dicas de restaurantes, o hotel onde ficamos e alguns pontos para fotos. O que está em verde era mais essencial no meu roteiro e em amarelo, as coisas para ver se tivesse mais tempo. Clique no ícone porque em alguns casos, tem links com mais detalhes!




10 coisas para fazer em Padova (Pádua) além do Santo Antônio


Leia aqui todos os posts sobre Padova no blog!

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

São Paulo vista do alto e almoço no Terraço Itália

Quem acompanha o blog, já deve ter percebido que adoro uma vista panorâmica! Já são dezenas de posts aqui no blog sobre diversos lugares para ver as cidades do alto! Já conheci 2 lugares para ver São Paulo do alto (mas nenhum deles está no blog ainda) e em abril/2016 tive a oportunidade de conhecer mais um - o Edifício Itália. A palestra de encerramento (com o pai dos blog de viagem Riq Freire) e almoço do último dia do Seminário ABBV aconteceu no tradicional restaurante Terraço Itália nos últimos andares do prédio e foi um sucesso!

São Paulo vista do alto (e almoço no Terraço Itália)!


São Paulo vista do alto (e almoço no Terraço Itália)!
Edifício Itália visto do Copan. Foto: André Deak - CC BY 2.0

O Edifício Itália (nome oficial Circolo Italiano, pois foi construído pelos imigrantes italianos e seus descendentes), inaugurado em 1965, é um dos prédios mais altos de São Paulo e conta com o famoso restaurante Terraço Itália no topo. O restaurante já virou clássico para os casais paulistanos que buscam um local romântico para comemorar datas especiais. A região da Praça da República não é das mais atrativas nos dias de hoje, mas já foi o must na época de construção e inauguração do prédio. Além do restaurante, o prédio abriga diversos escritórios. São 19 elevadores, 46 pavimentos e uma vista de matar!


Leia aqui todos os posts sobre São Paulo no blog!


terça-feira, 28 de novembro de 2017

Vantagens, desvantagens e como superar o medo de viajar sozinha

Mais um post sobre mulheres viajando sozinhas! No primeiro da série, eu contei sobre como comecei a viajar sozinha e dei várias inspirações. O segundo post foi recheado de dicas práticas e mais inspirações de outras viajantes. Já no terceiro post, contei sobre a Solo Travel Week (uma semana de vídeos grátis sobre o assunto que já acabou, mas logo mais tem outra). Agora é a vez de falar sobre o que eu considero as maiores vantagens e desvantagens desse tipo de viagem e também sobre o medo de viajar sozinha que afeta muita gente.

Vantagens, desvantagens e como superar o medo de viajar sozinha

Vantagens de viajar sozinha


Liberdade - Poder escolher datas e destinos, roteiros, acordar e dormir na hora que quiser, descansar também no meio do dia se quiser. Fazer somente o que te interessa: não ter que passar hoooras em um museu que não te interessa ou entrando em lojas que você não quer. Mudar de plano de última hora e não levar uma eternidade para decidir o que fazer ou onde comer.



Planejamento mais fácil - Não ter dificuldade para acertas as datas!! Não ter problemas com estilo de viagem diferente (um gosta de trilhas e o outro quer viajar para fazer compras por exemplo) e sem brigas em relação a dinheiro (cada um gasta o que quer e o que pode). A viagem já começa no planejamento!


domingo, 26 de novembro de 2017

Seguro Viagem para intercâmbio

Vocês já devem estar cansados de saber que eu considero imprescindível viajar com seguro viagem depois de um monte de posts aqui no blog sobre esse assunto. Considerando um intercâmbio que geralmente é mais longo do que uma viagem "normal", é mais importante ainda porque são mais dias viajando e chances maiores de um acidente ou doença, fora que você não vai voltar logo para casa depois de algum incidente. Isso porque nem entrei no mérito ainda que seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar nos países do Tratado de Schengen (a maioria dos países turísticos europeus). Além disso, ter um seguro pode facilitar muito a sua vida em casa de extravio de bagagem (aqui no blog tem um post super legal sobre esse assunto).


Seguro Viagem com desconto para intercâmbio
Imaginem que legal fazer um curso de inglês em Londres? #sonho!



sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Onde comer em Campinas: restaurantes peruano, libanês e o melhor francês (em uma cidade vizinha)!

Continuando com as dicas de onde comer em Campinas, hoje falo de mais 2 restaurantes na cidade com culinária típica de outros países e também de um restaurante fantástico em uma cidade aqui pertinho.

Lima Restobar


Já falei um pouquinho do Lima Restobar no post sobre a Peru Week (que infelizmente já acabou, mas aposto que ano que vem tem mais - fiquem de olho nas notícias!). Demorei para conhecer esse restaurante de comida peruana, mas foi muito bom matar as saudades do Peru! Aliás, recomendo demais que todo mundo conheça a típica culinária peruana que faz sucesso no mundo inteiro - o Peru é o destino mais gastronômico atualmente!

Onde comer em Campinas - Lima Restobar
Em cima: de entrada "Yuquitas" - bolinho de mandioca recheado com gorgonzola maravilhoso - o que era esse molhinho? Acompanhado de cebola e camarão. No meio, ceviche de entrada da Restaurante Week (mas são várias opções no menu regular) e bebida típica com aquele milho roxo peruano - chicha morada (é tipo um suco). Na direita, peixe com batatas e tempurá de abobrinha. Embaixo: risoto de quinoa (com camarão, queijo Grana Padano e cogumelo), Ají de Gallina (muito típico e super fácil de achar no Peru) - frango desfiado com molho de ají, arroz, batatas e ovo de codorna e de sobremesa, crepe (feito com o milho roxo peruano) com sorvete.