domingo, 23 de fevereiro de 2020

Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã

Como apaixonada por Berlim e por História, já conheci 4 museus sobre a história da capital alemã e uma das coisas que aprendi foi sobre a origem da cidade. Um ponto interessante é que Berlim teve na verdade três muros, mas só um deles é super conhecido - o último! Já são dezenas de posts aqui no blog contando sobre o famoso Muro de Berlim, que isolou a Berlim ocidental da Berlim e da Alemanha oriental na época da Guerra Fria, mas o post de hoje é sobre os outros dois muros - o muro medieval e o muro do século XVIII! Ainda é possível ver um pedacinho do muro medieval e logo ali ao lado fica o restaurante mais antigo de Berlim, que conheci e almocei na minha última vez na cidade!


Esse mapa não está no sentido que estamos acostumados a ver - a atual Alexanderplatz estaria para cima do rio um pouco para a esquerda e também o Nikolaiviertel está para cima do rio onde se pode ver algumas igrejas inclusive a Nikoikirche ainda existente e bem no centro da imagem, temos a atual Ilha dos Museus - foi nessa região que Berlim nasceu!






Os primeiros traços de humanos na região são de 9 mil anos antes de Cristo, e diversas tribos se assentaram temporariamente nas regiões de Spandau e Köpernick. No final do século XII, mercadores fundaram os primeiros assentamentos no centro da atual cidade - um chamado Berlim na região do Nikolaiviertel e outro chamado Cölln mais ou menos na atual Ilha dos Museus. Não se sabe qual era o mais antigo, mas Berlim foi chamada de cidade pela primeira vez em 1251 e Cölln em 1261. 1237 é considerado o ano de fundação de Berlim e os 2 povoamentos se fundiram oficialmente em uma cidade em 1432, com cerca de 8 mil habitantes em 1400. O Marquesado de Brandemburgo governava a região e a família Hohenzollern estabeleceu Berlim-Cölln como sua capital no século XV, permanecendo como capital do Reino da Prússia e da Alemanha.


Stadtmauer Berlin, o muro medieval de Berlim


Já nos séculos XII e XIII, existiam fossos e paliçadas para proteger as duas cidades, mas aproximadamente em 1250, começaram a construir um muro de pedras de aproximadamente 2m de altura cercando os povoados. Berlim e Cölln tinham acordos e não existia um muro entre as 2 localidades (mas o rio Spree estava entre elas). Logo em seguida, o muro foi sendo reforçado com tijolos, a altura aumentada para 5m e construídas torres etc.


mapa do Stadtmauer Berlin, o muro medieval de Berlim
Marcados nos mapas acima, estão os portões do Stadtmauer Berlin - na imagem da esquerda mostrando o mapa medieval da cidade e na direita, com o mapa atual. CC BY SA 2.5 - -webcyss (Wikipedia)


Muro medieval de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
Resquícios do muro medieval de Berlim encontrados em escavações nos anos 60 e 90 logo ao lado do restaurante Zur Letzten Instanz

Atrás da Parochialkirche. Olha a Torre de TV ali no fundo! Foto: Ulrichhobby - CC BY SA 4.0


Em 1650 começou-se a adaptar o muro em uma fortaleza, mas a cidade já crescia bastante para fora do recinto protegido. A fortaleza foi se deteriorando e em 1740 começou a ser demolida. As pedras e tijolos do muro foram utilizadas para outras construções e sumiram na paisagem de Berlim. Em escavações arqueológicas nos anos 1960, encontraram os primeiros pedaços do muro medieval, que foi restaurado nos anos 80. Nos anos 90, encontram mais um trecho do muro.


Roteiro para um dia em Berlim - as atrações básicas
Top 15 atrações e pontos turísticos de Berlim
Mais de 100 atrações e atividades grátis para curtir Berlim
Fotos históricas de Berlim


O segundo muro de Berlim, o Berliner Zoll-und Akzisemauer


No século XVIII, foi construído o segundo muro de Berlim, com fins alfandegários, abrangendo uma área muito maior do que Berlin-Cölln. Eram 18 portões de acesso, chamados de "Tor" (ou na grafia antiga "Thor"), como no mapa abaixo. Muitos desses "Tor" dão nome à importantes cruzamentos, praças, estações de trem e/ou metrô até hoje: Frankfurter Tor, Schlesisches Tor, Kotbusser Tor, Hallesches Tor, Anhalter Bahnhof, Potsdamer Plazt e Postdamer Bahnhof, Brandenburger Tor, Hamburger Bahnhof, Oranienburger Tor, Rosenthaler Platz e Prenzlauer Berg.

Eles ainda indicam em qual cidade você chegaria se saísse de Berlim por aquele portão. Brandenburger Tor vai para Brandenburg an der Havel, Potsdamer Tor iria para Potsdam, Oranienburger Tor para Oranienburg (onde fica Sachsenhausen, o campo de concentração mais perto de Berlim), Frankfurt Tor seria o caminho para Frankfurt an der Oder (outra cidade chamada Frankfurt no leste alemão e não a Frankfurt mais famosa). A estrada começando no Cottbusser Tor iria até Cottbus, Köpenicker Tor para o hoje bairro de Berlim, mas que já foi outra cidade chamada Köpenick e Hallesches Tor para Halle. Não existem vestígios do Hamburger Thor, no caminho para Hamburgo, mas não muito longe dali foi construída uma estação de trem chamada Hamburger Bahnhof, de onde saíam os trens para Hamburgo. Ela está desativa faz anos e se transformou em um museu de arte moderna. Vai dizer que não é super interessante andar pela cidade reconhecendo de onde vem os nomes todos?


Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
Em vermelho, o traçado do segundo muro de Berlim. É possível ver o fosso protegendo a antiga Berlim e Cölln - o que seria mais ou menos o traçado do muro medieval. Mapa Sansculotte - CC BY SA 2.5


Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
Frankfurter Tor em 2019, mas na realidade ele não está localizado no local exato do antigo portão da cidade

Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
Ruínas da Anhalter Bahnhof em 2019 depois de ter sido bombardeada na Segunda Guerra. Local onde seria o antigo portão Anhaltisches Thor.

antigos portões da cidade de Berlim
Do lado esquerdo: Rosenthaller Thor (1800), Oranienburger Thor (1867), Neues Thor (1866). Do lado direito: Hamburger Thor (1860) e Wasserthor (1865) - fotos domínio público

antigos portões da cidade de Berlim
Na esquerda, Hallesches Thor aproximadamente em 1800 e na direita o mesmo portão em 1900 - fotos domínio público

antigos portões da cidade de Berlim
1a foto - aproximadamente 1830, 2a foto antes de 1824, 3a foto Leipziger Platz com Potsdamer Tor em 1900, 4a foto sem data Willy Pragher CC BY 3.0, 5a foto em 1930 com o primeiro sinaleiro da Alemanha (Bundesarchiv, B 145 Bild-P014783 / Frankl, A. / CC-BY-SA 3.0)
antigos portões da cidade de Berlim
Potsdamer Platz: 1a foto 1945 com proteção anti-tanques (Bundesarchiv, Bild 183-R71639 / CC-BY-SA 3.0), 2a foto 1957 praça destruída após a guerra, mas com as ruínas do portão (Willy Pragher - CC BY 3.0). 3a foto em 2019 vista da janela de um shopping na região (Mall of Berlin), 4a foto praça iluminada em 2014


A cidade continuou a crescer para fora dos muros e o "muro da Alfândega" começou a ser destruído em 1867. Os que ainda estavam de pé até a Segunda Guerra, foram destruídos por conta dela ou na reconstrução da cidade, com exceção do mais imponente deles. A parte mais importante que restou é o Portão de Brandemburgo e as construções adjacentes. Com pedaços do muro, um pequeno trecho dele foi reconstruído na Stresemannstraße 62-64, entre a Anhalter Bahnhof e o Hallesches Tor, mas não consegui descobrir em que estado ele se encontra em 2020 (as fotos pela internet são até 2018).

Brandenburger Tor - Portão de Brandemburgo: 1a foto em 1764 - domínio público. 2a foto quadro de Napoleão passando pelo portão em 1806 - pintado por  Charles Meynier em 1810 - domínio público. 3a foto em 1930 domínio público, 4a foto destruído após a guerra em 1945 (Bundesarchiv, B 145 Bild-P054320 / Weinrother, Carl / CC-BY-SA 3.0), 5a foto muro de Berlim sendo derrubado em 1989 - domínio público, 6a foto - a primeira vez que eu vi o Portão de Brandembugo ao vivo!









O terceiro muro de Berlim


O terceiro muro de Berlim é o mais conhecido, construído durante a Guerra Fria nos anos 60, isolando Berlim ocidental da Alemanha e da Berlim oriental. São muitos posts aqui no blog abordando o muro em si e suas consequências, que vou linkar abaixo.




Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
East Side Gallery

Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
East Side Gallery

Os outros muros de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
faixa da morte no Memorial da Bernauer Strasse



O restaurante mais antigo de Berlim - Zur Letzten Instanz


Pertinho dos restos do primeiro muro de Berlim, fica o restaurante mais antigo da cidade - Zur Letzten Instanz, que serve comida típica alemã, mas muito além de currywurst ou qualquer salsicha em geral. Um restaurante mais arrumadinho, mas não exagerado ou fresco.

Em 1621, foi aberto um moinho no local, que depois se tornou restaurante, servido até mesmo Charles Chaplin e Napoleão! Apesar das guerras e da divisão de Berlim e da Alemanha, o restaurante continua em funcionamento até os dias de hoje, com a decoração mostrando toda essa tradição. A casinha não é enxaimel, mas é super bonitinha também. Adorei essa escada no meio do salão, mas como era um dia quente de verão e cheguei cedo, sentei no pátio externo em um dia de semana para almoçar. Vi 3 turistas asiáticos jovens e muitos berlinenses mesmo ou idosos comendo sozinhos ou em duplas ou trios em almoços de negócios.


O outro muro de Berlim e o restaurante mais antigo da capital alemã
Pedi um schorle de ruibarbo, que sempre quis saber que gosto tinha depois de ler sobre ele em trocentos livros, e peixe com molho super gostoso, batata e legumes cozidos. Não sou muito fã de carne, que eram as outras opções do menu do dia e queria algo mais leve do que as carnes do menu normal (que é pequeno).  Paguei cerca de 12 euros, preço mais em conta do que outros restaurantes arrumadinhos na cidade (e mesmo assim foi uma das minhas refeições mais caras na viagem! Vejam aqui as outras dicas gastronômicas dessa viagem.)


Foi um lugar calmo para comer tranquilamente, mesmo pertíssimo da Torre de TV e toda a confusão da Alexanderplatz. Nem parece que você está na mesmo em Berlim! É recomendável reservar mesa (clique no nome do restaurante acima para abrir o site) porque principalmente aos fins de semana pode lotar, mas não é possível reservar as mesas do pátio externo.


Vejam aqui 4 dicas de hotéis e hostels econômicos onde me hospedei na última viagem a Berlim, aqui dicas dos hotéis mais estilosos de Berlim, aqui dicas de hotéis com vistas incríveis da capital alemã e aqui mais uma seleção de hotéis econômicos, incluindo onde eu "morei" por 2 meses em 2014!


O que mais fazer na região do muro medieval de Berlim e do restaurante mais antigo da cidade


As ruínas do muro medieval de Berlim e o restaurante mais antigo, Zur Letzten Instanz, estão beeem próximos do bairro Nikolaiviertel, da Nikolaikirche, das ruínas da Franziskaner Klosterkirche, da Alexanderplatz, da Berliner Dom, da Ilha dos Museus, do DDR Museum e da exposição Nineties Berlin, facinho de combinar com muitas atrações e facilitar o seu roteiro. Não perca este post com dicas das melhores vistas panorâmicas de Berlim!


Marquei no mapa abaixo o restaurante mais antigo e os trechos do muro medieval em rosa e o que restou do segundo muro em marrom.





E aí, curtiram entender mais sobre os nomes que você vê toda hora pela cidade? Sabiam dos muros anteriores? Ficaram com vontade de conhecer um restaurante histórico? Comente aí embaixo!


Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

10 comentários:

  1. opa, o stadmauer eu conheci, dei uns roles alternativos em berlim quando morei. achei legal que reuniu os diferentes muros da cidade!

    ResponderExcluir
  2. Que post interessante. Quando pensamos em muro de Berlim, só pensamos no último, o infame. Mas os muros começaram por ter uma função defensiva. Hoje chegámos a uma época em que podemos dispensar defesas físicas, porque o perigo não se vê :(

    ResponderExcluir
  3. Cada vez me surpreendo mais lendo coisas sobre Berlim. Ainda não conheço a cidade, mas já coloquei na minha lista vários pontos e esses restaurantes.

    ResponderExcluir
  4. Oi, não sabia dos muros anteriores, legal conhecer mais da história de Berlim! Se eu soubesse da ruína teria ido visitar, sempre rende boas fotos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rende mesmo! Por isso que eu adoro pesquisar muuuito sobre todos os lugares que visito! Mas nem sempre dá pra saber de tudo ne?

      Excluir
  5. Nossa gente, não sabia sobre os outros muros de Berlim! Muito bom este post. E o restaurante mais antigo da cidade é uma graça, deve ter uma comida muito saborosa, afinal de contas são muitos anos de experiencia não é?!

    ResponderExcluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.