sexta-feira, 22 de abril de 2016

Oranienburger Straße e Scheunenviertel em Berlim

Quando fui estudar em Berlim no fim de 2014, andei demais pela região da Oranienburger Straße, pois a escola de alemão (clique no link para ler tudo sobre o intercâmbio) ficava ali pertinho. Acabei descobrindo várias opções para comer barato na região (por menos de 10 euros) e saí bastante por lá com os amigos do curso de alemão. Segundo a Wikipedia, um pouco mais para a direita/acima dessa rua fica o antigo bairro judeu, o Scheunenviertel ou "bairro dos celeiros".



Marquei no mapa acima a rua em roxo, alguns restaurantes que recomendo (garfo e faca), alguns bares (copo de coquetel), estações de metrô ("M"), hostels/hotéis recomendados (cama), pontos turísticos (pin verde) e outros pontos de interesse na região.

No "bairro dos celeiros", moravam e trabalham centenas de judeus antes da Segunda Guerra Mundial e portanto a região foi bastante afetada na época do nazismo. Hoje temos ali diversos museus e memoriais a esses judeus, a maioria deportada para campos de concentração (veja como foi a visita a Sachsenhausen).

Stolpersteine em Berlim
Algumas "Stolpersteine" que encontrei pela região ou "pedras do tropeço" - também um tipo de memorial aos judeus que moravam ou trabalhavam naquele local. Leia sobre as "pedras do tropeço" em Roma no blog Roma para você.

Leia mais sobre o bairro dos judeus no Agenda Berlim.



Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




O que ver/fazer na Oranienbuger Straße


Os 3 prédios mais significativos da avenida é o Postfuhramt (foto abaixo), a Tacheles e a Nova Sinagoga, sendo que os 2 últimos merecem mais atenção.

Postfuhramt em Berlim
Postfuhramt (fachada estava em reforma quando fui então só tinha andaime na minha foto!) - Foto: Jason Vanderhill (CC BY-SA 3.0)

Tacheles



Tacheles, Berlim

Tacheles, Berlim
Tacheles, nas 2 fotos de cima

As ruínas de um centro de compras antigos foram transformadas em um centro de arte alternativo - Tacheles, entre 1990 e 2012. Aqui existiam galerias, um cinema e cafés, mas hoje o prédio encontra-se fechado, sendo possível somente admirá-lo por fora. Não perca a instalação na lateral do prédio "How long is now".

Nova Sinagoga/Neue Synagoge


Na abertura em 1866 era a maior sinagoga em Berlim. Foi salva da destruição na Noite dos Cristais em 1938, mas não escapou de bombardeios em 1943. As ruínas foram demolidas nos anos 50, mas foi parcialmente reconstruída mais tarde como um centro da cultura judaica. Clique no nome acima para o site oficial, com horários e preços atualizados. É possível visitar a cúpula entre abril e setembro (eu fui em novembro). Leia mais sobre a Noite dos Cristais no Agenda Berlim.

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim
Foto de Andreas Praefcke (CC BY-SA 3.0)

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim

Nova Sinagoga/Neue Synagoge, Berlim

O que ver/fazer nos arredores


Hackerscher Höfe e Hackerscher Markt, Berlim
As fotos de cima são da estação Hackerscher Markt e as de baixo, do Hackerscher Höfe

O Hackerscher Markt é uma praça na estação de mesmo nome. Existem dezenas de lojas, cafés e restaurantes (mas todos meio carinhos) nas redondezas então sempre é uma boa opção para passear. Na praça acontecem 2 feiras às 5as e sábados. Já o Hackerscher Höfe ali pertinho (entre as ruas Rosenthalerstraße e Sophienstraße), é um complexo de vários prédios e pátios interligados e ali encontram-se lojas, restaurantes, cafés, galerias, escritórios, apartamentos, etc. Projetado em estilo art noveau, é da virada do século XX.

Hackerscher Höfe, Berlim

Hackerscher Höfe, Berlim

A região é cheia de galerias de arte e no blog Viajo, logo existo tem um post sobre isso. Também é uma região muito boa para observar street art, como já falei no post sobre isso aqui no blog.

Ali perto fica também a famosa Ilha dos Museus. Clique no link para ler sobre a ilha, o Pergamonmuseum, o Altes Museum, o Neued Museum, o Bode Museum e a Alte Nationalgalerie.

Ilha dos Museus, Berlim

Neues Museum, Ilha dos Museus, Berlim

Ao norte da área, dentro da estação de SBahn Nordbahnhof existe uma pequena exposição grátis sobre as estações fantasmas durante a época em que Berlim ficou dividida em oriental e ocidental. O Museum für Naturkunde também é uma atração interessante (vejam o vídeo abaixo do Canal Alemanizando).



Não me interessei muito pelo museu sobre a família Kennedy até ler o post do Viajoteca sobre museus curiosos em Berlim. Outro local na região que queria muito ir, mas acabou não dando tempo era o Anne Frank Zentrum. Leia mais no Viajes Altamira.

Não muito longe dali, ficam o Tränenpalast, os teatros da Friedrichstraße (onde aliás, vi o maravilhoso Let it be!) e também a Berliner Dom e o DDR Museum.

Onde comer e beber na Oranienbuerger Straße


No mapa acima e no post sobre onde comer barato Berlim tem diversas opções na região, mas destaco as 2 abaixo: RisOtto (várias opções por menos de 10 euros) e Due Fratelli (massas e pizzas entre 5 e 7 euros!).

Onde comer gastando pouco em Berlim - RisOtto

Onde comer gastando pouco em Berlim - Due Fratelli

Não tenho fotos, mas o pessoal da did Berlim costumava sair ali na região e os restaurantes/bares que mais frequentávamos eram o Mirchi (teoricamente com comida típica de Singapura) e o Amrit (asiático, mas mais indiano), pois nos 2 lugares os drinks eram bons e baratos - 4,90/5,90 euros cada!


Onde ficar em Berlim - região da Oranienbuger Straße


No post com dicas de hospedagem econômica em Berlim, já tinha dado diversas dicas de hospedagem nessa região, porque realmente acredito que é uma ÓTIMA região para hospedagem! Quando voltar a Berlim, vou fazer de tudo para me hospedar nessa região, de preferência ao redor da estação Rosenthaler Platz, que como podem ver no mapa, está cheia de boas opções.

Há tempos já estou de olho nos econômicos Easyhotel Hackescher Markt, no Ibis Styles Mitte, no The Circus Hostel ou The Circus Hotel. Além deles, no Gorki ApartmentsGenerator Berlin Mitte, no Meininger Berlin Mitte e nos menos econômicos Hotel ManiARCOTEL Velvet ou Hotel 38.

Mais próximo do Hackerscher Markt e um pouco mais caros, gostei do Frederics Serviced Apartments Style (apartamento), Monbijou HotelHotel ZoeHotel Hackescher MarktCALMA Berlin Mitte ou dos apartamentos Adina Apartment Berlin e Appartement Hackescher Markt. Todas as indicações acima têm notas muito boas no Booking e no Tripadvisor. Este post contém links para programas de afiliados.









Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

Nenhum comentário:

Postar um comentário