terça-feira, 1 de outubro de 2019

Viajar com grupo de amigos sendo introvertida

Eu cansei. Eu quase surtei. Eu preferi ficar quieta e me afastar para não estragar amizades. Foi isso que aconteceu comigo em Praga depois de cerca de 20 dias pela República Tcheca com mais de 20 amigos e conhecidos entre 15 e 50 anos de países diferentes.

Eu sou uma pessoa introvertida e ter contato constante com muita gente por muito tempo suga as minhas energias de um jeito absurdo. Esse é um dos motivos que não costumo viajar em grupo/com amigos e gosto MUITO de viajar sozinha.


Viajar com grupo de amigos sendo introvertida
Foto: Minanfotos/Pixabay - foto com licença de reprodução


Leia aqui todos os textos mais reflexivos e sem dicas práticas de viagem no blog!





Poder fazer o que quero, do jeito que quero, quando eu quero sem me preocupar em agradar a todos. Mas naquela ocasião por circunstâncias diversas, passei 3 dias em Praga, mais 2 semanas no interior do país e ainda passaria mais 3 noites em Praga novamente com esse monte de gente. Praticamente 3 semanas dividindo quarto e banheiro, sem um segundo de privacidade. Por um momento, acho que pela primeira vez na vida, eu quis voltar para casa no meio de uma viagem.

Viajar com grupo de amigos sendo introvertida
Foto: Rawpixel.com/Pexels - foto com licença de reprodução

Não aguentei os últimos 2 dias. No meu penúltimo dia inteiro na capital tcheca, fugi do grupo e fiz minha programação sozinha. Além de ficar em silêncio, visitei  o ótimo Museu do Comunismo que tinham me recomendado, eu queria muito conhecer, mas ninguém mais do grupo estava na vibe de visitar museu. À noite, socializei com uma parte do pessoal no hostel e acabamos não saindo. Já no último dia, ainda cansada de tudo, aproveitei que acordei com cólica e usei como desculpa para dormir até mais tarde e não colocar os pés para fora do hostel até às 7 da noite. Saí para jantar e me despedir de 2 amigas e enquanto outros amigos estavam no hostel se arrumando para a balada, me despedi deles. Eu iria embora no dia seguinte cedo e não quis sair. OK, em uma viagem longa é comum ficar esgotado e precisar de uma folga da viagem mesmo. Mas mais do que descansar o corpo de tantos quilômetros caminhados, eu precisava descansar de tanto contato social. Engraçado que passei o dia inteiro nas redes sociais falando com amigos no Brasil ou brasileiros que moram no exterior, mas estou acostumada a conversa sempre e foi aí que percebi o que estava acontecendo comigo - saudades forte do meu espaço, de ter privacidade e do silêncio!

Curioso para saber em qual hostel eu passei um dia inteirinho descansando?

Desculpa aos amigos que não entenderam, mas no dia posterior recomecei a viagem - essa terceira parte novamente sozinha - com as baterias recarregadas seguindo para Olomouc (ainda na República Tcheca) e posteriormente Polônia. Essa folga dos amigos era o que eu precisava e escrevi este post para você que não curte viajar em grupo ou que até curte, mas precisa de um momento solo durante a viagem perceber que não está sozinho! Sinta-se abraçado!


Viajar com grupo de amigos sendo introvertida
Foto: Pexels - foto com licença de reprodução


Para quem quiser dicas de como viajar sendo introvertido, leia este post da Luísa do Janelas Abertas e veja o vídeo abaixo que também tem tudo a ver com o assunto (eu me identifico demais). E aí, já aconteceu algo parecido com alguém aqui em alguma viagem? Vamos conversar nos comentários, pelas redes sociais, etc.





Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.