domingo, 7 de janeiro de 2018

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro

Em outubro/2017 eu tinha um compromisso no interior do Rio de Janeiro (Petrópolis/Itaipava) e como já fazia séculos que não passeava pelo Rio de Janeiro, marquei a passagem de volta uns dias depois para curtir a Cidade Maravilhosa.

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro
Pão de Açúcar e praia de Botafogo vistos do Mirante Dona Marta

Todo mundo sabe que a questão da violência por lá está complicada, mas pouco tempo depois que marquei a passagem, tudo piorou e eu fiquei aflita acompanhando as notícias de lá. Comecei a acompanhar sempre as discussões no grupo Viajar Sozinha - Dicas & Experiências de Viagem do blog Viajante Solo porque sempre tem gente indo sozinha para o Rio e comentando ali (e claro, tem várias cariocas no grupo, que sobrevivem diariamente na cidade).

Cada coisa que eu lia me dava mais medo ou então me acalmava um pouco e fiquei nessa montanha russa por uns 3 meses antes de viajar. Claro que também conversei com várias blogueiras e amigas (não-blogueiras) cariocas sobre andar sozinha por lá

Leia aqui todos os posts sobre o Rio de Janeiro no blog! E aqui, todos os posts sobre viajar sozinha!




No final das contas, estava com medo sim, mas aproveitei meus 3 dias na cidade e não aconteceu nada comigo e não vi nada demais acontecendo na minha frente. Claro que tomei cuidado com várias coisas e vou contar no post de hoje!

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro
Theatro Municipal - fiz o tour dentro desse teatro histórico lindo!


Cuidados aos viajar sozinha para o Rio de Janeiro



Acho que o mais importante é escolher com cuidado sua hospedagem, em termos de localização. A hora que ficamos mais vulneráveis é a noite, então procurei por lugares onde pudesse jantar e voltar tranquila para o hotel. Tinha achado um hotel lindo na Lapa por exemplo, que acabei desistindo pela vizinhança e depois passeando de dia por ali, vi que eu tinha razão. O hotel onde fiquei em Botafogo era infinitamente mais tranquilo! E aquela região da Lapa foi a única que vi pessoas estranhas e pedintes abusados mesmo durante o dia (mais sobre isso abaixo). Copacabana tem muita oferta de hotel e consequentemente também tem muito turista e acho que acaba sendo mais visado pelos assaltantes (pelo menos a maior parte das notícias de assalto que eu leio aqui em Campinas é que o assalto foi em Copacabana).

Ainda não sabe onde se hospedar no Rio de Janeiro? Tenho uma super dica em Botafoto!

Não consulte mapas na rua, nem mapa físico e nem no celular! Sempre entre em alguma loja ou restaurante para fazer isso. Eu entrei em uma padaria no centro para consultar o Google Maps uma vez e entrei em um hotel perto do Arpoador para pedir um Cabify quando estava indo embora de lá. E também tem que andar com jeito que sabe onde está indo, mesmo que você não faça a menor ideia!



Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook






Tente não chamar atenção. Tem gente que fala para não levar bolsa, o que eu acho impossível, mas leve um modelo pequeno, só com o essencial mesmo e carregue SEMPRE na frente por mais ridículo que fique. Deixe suas bijuterias (e principalmente joias) em casa! Em Campinas, me sinto sem roupa se saio sem relógio, mas no Rio depois de muito tempo com relógio no pulso todo santo dia, saí sem nada no braço. Também não vale andar com roupa e tênis de marca. E saia com pouco dinheiro a cada dia, assim você sempre terá mais para os dias posteriores - vale esconder uns 50 reais em algum bolso mega escondido, na meia ou no sutiã para garantir a volta para o hotel.

Cuidado ao andar de metrô. Eu andei várias vezes para ir e voltar do centro da cidade (sim, eu fui sozinha para o centro e não fui assaltada). O pessoal fala para não usar celular no metrô que uns trombadinhas passam correndo e levam o aparelho, mas eu observava o pessoal a minha volta. Se tinha mais gente usando, eu até usava um pouco - se não tivesse ninguém usando, ele ficava guardadinho. Aqui vale também um truque que muita gente usa em São Paulo, Rio etc - carregar sempre um celular velho que não funcione mais para entregar para o bandido se for necessário. Eu não tenho nenhum sobrando aqui em casa então não adotei essa tática. Ah, o metrô do Rio não é nada diferente ou pior do que o de São Paulo que eu sempre pego quando estou por lá.

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro
Real Gabinete Português de Leitura, no centro do Rio de Janeiro

Abuse dos apps de transporte - Uber, Cabify, Lady Driver e Femitaxi. Eu usei e abusei do Cabify por lá. Santo códigos de desconto! Por indicação da Mari do Mariana Viaja (leia no link anterior sobre os 4 apps) que mora no Rio e encontrei por lá para jantar em um dos dias, baixei os 2 últimos apps que são exclusivos para mulheres, mas acabei não usando. Andaram acontecendo alguns problemas com Uber ultimamente, então acho Cabify uma opção melhor. Acabei usando para visitar o Mirante Dona Marta, o Forte de Copacabana, para voltar cansada do Jardim Botânico um dos dias, ir e voltar do jantar quando fui comer um pouco mais longe do hotel etc.

Para o Uber, utilize o código EDEY7DE8UE para ganhar desconto nas duas primeiras viagens (pode usar sem medo - é o meu código pessoal e se você utilizar, eu também ganho descontos. Todo mundo que utiliza o Uber ganha um código desses para compartilhar com os amigos e todo mundo sai ganhando no final das contas)!

Outra empresa concorrente do Uber, a Cabify, tem as vantagens dos carros mais novos e motoristas mais atenciosos. Baixe o app da Cabify e insira o cupom de desconto "FERNANDAS2002"! Você ganha R$15 para sua primeira corrida e eu também ganho créditos! Obrigada!


Viajando sozinha para o Rio de Janeiro


Fazer walking tours pelo centro é uma boa ideia, por exemplo. Você conhece a região com um guia, paga o que achar justo e como estará em grupo, vai se sentir mais segura para tirar fotos. Eu fiz isso no primeiro dia e adorei! Não teria coragem de tirar foto nenhuma pelo centro se não estivesse acompanhada (também sou medrosa assim no centro de São Paulo). Foi justamente durante o walking tour que encontrei 2 dos pedintes mais abusados que já vi e que reclamaram que o guia deu pouco dinheiro para eles. Além disso, tinha um grupo de pessoas beeem esquisito, encarando o nosso grupo até demais e tudo isso onde? Praticamente debaixo dos Arcos da Lapa! Mas essas foram as únicas coisas estranhas que aconteceram nos meus 3 dias no Rio de Janeiro (e por isso que achei bom não ter me hospedado naquela região). Mais detalhes sobre o Free Walking Tour pelo centro em outro post em breve. No segundo dia, ia fazer também, mas acabei indo para a região do Porto Maravilha com a minha amiga Gabi, que também é guia no Rio de Janeiro e conhece tudo da cidade!


Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!
* indicates required











Em geral, as pessoas curtem explorar lugares desconhecidos e saírem das rotas dos turistas, mas isso pode não ser uma boa no Rio de Janeiro. Nesses casos, eu prefiro lugares onde sei que encontrarei mais turistas - você se mistura e não chama a atenção.

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro
Do lado oposto da foto inicial deste post - Copacabana, Lagoa Rodrigo de Freitas e Cristo Redentor vistos do Mirante Dona Marta

Várias dicas de onde comer no Rio de Janeiro - centro, Botafogo e Largo do Machado!

Faça passeios guiados com agências - Para quem preferir passeios guiados com guia e transporte, o parceiro do blog TourOn vende diversos tours no Rio de Janeiro, podendo pagar em até 12x no cartão! Tem opção de tour noturno também e transfers de/para os aeroportos. Veja todas as opções aqui! Eles vendem ingressos para o Carnaval e passeios clássicos como Cristo Redentor, city tour, Pão de Açúcar etc.

Fique atento a noticias e redes sociais nos dias que estiver no Rio porque alguma coisa pode acontecer de uma hora pra outra - invasão de favela, troca de tiros com policial, arrastão na praia etc.

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro
Praça Mauá, Ponte Rio-Niterói e Museu do Amanhã vistos do terraço do MAR (Museu de Arte do Rio)

E uma dica que vale para todo mundo sempre, use protetor solar e repelente rs. Outros textos que acho relevantes para ler antes de ir para o Rio de Janeiro (sozinha ou acompanhada): Porque não vale a pena vir ao Rio de Janeiro hoje (blog E aí, férias!)A vida é muito curta para morar no Rio de Janeiro, blog 50 e mais e #maisfeliznorio - Projeto para reaprender a amar a Cidade Maravilhosa, do blog Mariana Viaja.

Ainda não comprou sua passagem? Confira as melhores opções no parceiro do blog Passagens Promo!


Seguros Promo




Vale a pena ir sozinha para o Rio de Janeiro?


Isso varia de pessoa para pessoa e só você mesma pode ter a resposta para essa pergunta. Sabe aquela frase "Vá e se der medo, vá com medo mesmo"? Nunca foi tão real para mim do que esses 3 dias no Rio de Janeiro (que são muito mais assustadores para mim do que 1 ano trabalhando nos Estados Unidos ou 3 meses estudando na Espanha ou 3 meses sozinha na Alemanha). Um fato que me tranquilizou um pouco é que conheço muita gente que mora no Rio e todo mundo lida com a violência na cidade constantemente, mas tem muita mulher andando sozinha para cima e para baixo o tempo todo (tipo, milhares de mulheres diariamente)! Coisas para conhecer e lugares lindos na cidade nunca vão faltar! Mas não posso (e ninguém pode) garantir que sua viagem sairia tão tranquila como a minha. Ah, e essas dicas acima infelizmente são válidas para praticamente qualquer lugar no Brasil porque hoje em dia não está nada fácil :(.

Viajando sozinha para o Rio de Janeiro


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

6 comentários:

  1. Linda e corajosa! Que orgulho!
    Meus primos estavam lá nesta semana e eu falei muito de vc para eles!
    Bjo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha obrigada!! Acredita q esse comentário foi pra spam e só vi hj?

      Excluir
  2. Menina por acaso achei seu blog. Estou a um mês para viajar sozinha pro RJ e depois para Juiz de Fora. Vou passar um dia no Rio e eu estava pensando em me hospedar em um hotel que encontrei perto dos Arcos da Lapa, depois de ler seu post fiquei com receio :( Estou pensando em visitar o Cristo e Copacabana. Me dá sugestão de onde ficar e de lugares que eu possa ir ��
    Bjsz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei MUITO de ficar em Botafogo (nesse hotel: http://www.taindopraonde.com.br/2017/10/onde-ficar-hospedar-rio-janeiro-zii-hotel-botafogo-hospedagem-dica.html), mas não dá pra negar que o lugar que os turistas em geral mais gostam de ficar é Copacabana! Se vc não conhece o Rio, Cristo é uma boa, se bem que gosto mais do Pão de Açúcar! E AMEI o Mirante Dona Marta, além dos prédios históricos do centro do rio e o porto revitalizado (nas proximidades do Museu do Amanhã).

      Excluir
  3. Como carioca sou a primeira a reconhecer que infelizmente a minha cidade é violenta. Só acho que o seu comentário que suas dicas valem para qualquer cidade brasileira deveria ser no início do seu texto e não no final... Há cidades com índice de homicídios e assaltos maiores que do Rio no Norte e Nordeste, por exemplo. Eu mesma só fui assaltada uma vez na vida, em Fortaleza!
    Botafogo sem dúvidas é um excelente bairro para turistas pela proximidade das atrações, oferta de transporte, segurança e custo mais baixo que Copacabana e Ipanema. Eu amo morar em Botafogo.
    Quanto à dica do celular em metrô... zero perigo! Ando diariamente e todos usam assistindo vídeo, jogando etc. O perigo de trombadinha é nos ônibus.
    Desculpa o textão rsrsrs Amo a minha cidade apesar de tudo e não é tão terrível morar aqui quanto aparece na mídia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe sem problema! Antes de ir sozinha para o Rio, eu conversei com várias cariocas, mas é sempre bom ter a opinião de uma em primeira mão por aqui. Vou copiar o comentário no começo do texto tb! ;)

      Excluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.