terça-feira, 13 de junho de 2017

Onde ficar em Veneza?

Veneza é uma cidade especial e única construída em cima de ilhas. Por isso mesmo, torna o trasporte mais difícil do que o que estamos acostumados em outras cidades. Para turistas com malas, carros alugados, etc, existem várias variáveis para considerar antes de decidir em que região é melhor se hospedar em Veneza. No post de hoje, conto sobre tudo o que considerei antes de bater o martelo onde ficaria e também sobre o hotel onde acabamos ficando - aprovadíssimo!

Aqui estão todas as opções de hospedagem em Veneza no Booking!


Onde ficar em Veneza? Praça de São Marcos


Leia aqui todos os posts sobre Veneza no blog!

Onde ficar em Veneza?




Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




Como escolher seu hotel em Veneza?


Antes de escolher o hotel que ficaria em Veneza, me fiz algumas perguntas e refaço as mesmas a seguir para te ajudar a escolher: por onde você vai chegar? Pelo aeroporto? Pela estação de trem? De carro alugado? Vai chegar e sair pelo mesmo lugar ou por lugares diferentes?

Você precisa muito economizar ou prefere gastar um pouco mais e se hospedar realmente em Veneza? Você vai conhecer as ilhas da região, como Murano e Burano? Você está com malas grandes, médias, pequenas ou só mochila? Tem crianças e carrinhos de bebê? Algum idoso com muleta, cadeiras de rodas ou simplesmente dificuldade de locomoção?

Você aceita compartilhar quarto? Compartilhar somente o banheiro? Ou tem que ser exclusivo? Quer alguma coisa mais especial/romântica (porque afinal estamos falando de Veneza)? Você quer sair para jantar a pé? Prefere ficar perto das atrações?

Falando em jantar, leia aqui dicas de onde comer e onde não comer em Veneza e também alguns pratos típicos!

No meu caso, eu estava viajando com meus pais (maiores de 60, mas em ótima forma física), ninguém com problema de locomoção, chegando de trem (vindos de Padova) e indo embora para o aeroporto Marco Polo pegar o voo para o Brasil, com 3 malas médias, 1 mala de mão de rodinha e 2 mochilas tamanho normal. Como chegaríamos pela Estação Santa Lucia e íamos embora pelo aeroporto, não era viável fazer o esquema que muito brasileiro faz quando vai para Veneza, que é deixar as malas maiores nos armários da estação de trem, ir para hotel somente com mochila/mala pequena e pegar as malas na estação somente na hora de ir embora. Sendo assim, teríamos que "arrastar as malas" por Veneza, o que é sempre complicado.

Depois de algumas pesquisas, descobri que m jeito tranquilissimo de ir para o aeroporto de Veneza é com os barcos da Alilaguna, então comecei a procurar hotéis perto das paradas desse barco. Na chegada, foi só pegar um vaporetto (espécie de ônibus aquático que é o principal transporte em Veenza) na estação Santa Lucia até o ponto mais próximo do hotel. Eliminamos alguns hotéis que gostamos, mas que ficavam um pouquinho mais longe dos píers para andar menos com as malas (a maior mala pesava 23kg, a menor 17kg e a do meio 20kg em uma viagem de 3 semanas - acreditem foi até um exagero de roupas!). Existem carregadores de mala que cobram alguns euros para levar as malas de um lugar a outro em Veneza em carrinhos de mão, mas eu acho que o ideal é sempre poder se virar sozinho e só apelar para coisas assim quando não tem jeito mesmo.

Onde ficar em Veneza? Praça de São Marcos

Quando viajamos, nossa prioridade número 1 é SEMPRE localização do hotel para podermos sair para jantar nas proximidades (de preferência a pé) e fazer os passeios turísticos durante o dia a pé também, por isso procuramos uma região com movimento a noite e próxima dos atrativos. Em Veneza, San Marco é sempre uma aposta certa para as 2 coisas. A região entre San Marco e a Ponte del Rialto é a mais cheia de gente a qualquer hora!

Veja aqui o post exclusivo sobre a Piazza San Marco e o que ver e fazer nas proximidades da praça!



Dividimos um quarto triplo, mas com banheiro somente nosso. Desde sempre, adiamos nossa ida para a Itália porque outros lugares da Europa são bens mais baratos, mas desta vez, queríamos realizar o sonho de conhecer a Itália e sem abrir mão do conforto de ficar em Veneza mesmo (que é mais cara do que Mestre - que muita gente escolhe) e ainda em uma região interessante, ao contrário da opção mais barata que seria ficar perto da estação Santa Lucia.

Diversos lugares para ver uma Veneza ainda mais linda - do alto!

As ilhas de Murano, Burano e Torcello eram certeza absoluta no nosso roteiro então foi uma mão na roda para esse passeio de um dia ficar hospedado praticamente na frente de um ponto de vaporetto. Conto mais sobre essas ilhas em breve!



Queríamos colocar Padova e Verona no roteiro e como as 2 estão perto de Veneza, a princípio parecia lógico fazer passeios de um dia saindo de Veneza, mas hotel nessas 2 cidades é BEM mais barato. Muita gente conhece Verona também saindo de Milão, que também é caríssima! Resolvemos essa equação dormindo 3 noites em Padova para conhecer Padova e Verona e economizando horrores porque diminuímos as diárias em Veneza (ou Milão), além de ter economizado tempo nos transportes entre essas cidades. Ficar em Verona também teria resolvido esse problema.

Quer um roteiro prontinho para 2 dias em Veneza? Veja esse super ebook com o básico da cidade + o roteiro!


 Compre agora o seu roteiro de 2 dias em Veneza!

Onde nós ficamos em Veneza - Hotel Paganelli


A fachada engana e você não dá nada para o hotel olhando de fora. O Hotel Paganelli não é o mais barato, mas a localização é super privilegiada! Oficialmente no bairro Castello, mas pertíssimo do Palazzo Ducale e da Ponte dos Suspiros! Tem uma varanda no último andar do hotel com vista para a Chiesa San Giorgio Maggiore (um dos melhores lugares para ver Veneza do alto!), mas que nem tivemos muito tempo para aproveitar. Fuja dos restaurantes que ficam ali na frente! Tem uma parada de vaporetto bem na frente! O recepcionista nos ajudou por exemplo indicando uma loja de vinhos ótima quando não encontramos nada no Google (Veneza era a última cidade do roteiro então deixamos para comprar vinhos lá para não ter que ficar arrastando garrafa pesada pela Itália inteira)!

Onde ficar em Veneza - Hotel Paganelli
Na esquerda, o Hotel Paganelli visto de San Giorgio Maggiore


Onde ficar em Veneza - Hotel Paganelli

O quarto é pequeno para 3 pessoas e 3 malas, mas bonitinho e o banheiro moderno também (e com bastante espaço). A reforma no andar de cima não incomodou. Mesmo tendo elevador, ainda é necessário subir alguns poucos degraus - esquisitices europeias de quando vão juntando vários prédios para aumentar o hotel. O único problema do quarto foi uma janela  que dava para os fundos do hotel e estava sem cortina. Apesar do vidro fosco, ainda entrava bastante luz logo cedo (as outras janelas para a lateral tinham cortinas). Colocamos casacos e toalhas para tampar a janela, mas acabamos nem pedino para a recepção resolver o problema.

Onde ficar em Veneza - Hotel Paganelli
O café da manha é ok, mas em outro prédio bem pertinho (onde também tem outros quartos do hotel).

Com certeza voltaria a me hospedar no Hotel Paganelli! Depois dessa viagem, já indicamos o hotel para amigos dos meus pais que viajam bastante e já passaram dos 60 anos e foi super aprovado!

Outras dicas de hotel em Veneza


Aqui está a lista de todos os hotéis de Veneza no Booking! Mas abaixo dou algumas dicas específicas de onde ficar em Veneza!

Na região de San Marco, selecionei o Hotel Lisbona, o Hotel Bel Sito & Berlino, o Hotel Zaguri, o Duodo Palace Hotel, o Hotel Ala, o Dimora Marciana e o Locanda Antico CasinPara quem quer luxo, sem dúvida nenhuma, a indicação é o famoso Hotel Danieli, entre San Marco e o hotel onde eu fiquei e que inclusive aparece no filme "O Turista".

Bem pertinho do hotel onde fiquei, tem o Hotel Campiello no mesmo estilo, a Pensione Wildner que precisa dar uma reformada nos quartos, o Hotel Commercio & Pellegrino um pouquinho mais simples, mas mais perto de San Marco e mais longe do canal, o Corte dei Greci e o Hotel Rio. Mais longe de San Marco, mas ainda em Castello, tem o bem pontuado Hotel Sant´Antonin

Entre San Marco e Rialto (a região mais movimentada), fica o mais simples Hotel Serenissima e o Hotel Montecarlo. O inconveniente de ficar próximo a San Marco é o excesso de turistas naquela região, mas nada como poder voltar para o hotel no meio do dia, voltar a pé depois do jantar e acordar mais tarde porque você chega nas atrações em 5 minutos!

Onde ficar em Veneza? Palazzo Ducale
O Palazzo Ducale fica na Piazza San Marco. Escolhendo um hotel bem localizado, você fica a poucos passos das atrações turísticas!

Bastante para cima da Piazza San Marco (olhando para o mapa), perto da Fondamenta 9 que é a parada de vaporetto mais perto para Murano, Burano e Torcello, está o We Crociferi, espécie de alojamento estudantil/hostel com instalações mais modernas e que pode ser uma boa opção em conta, inclusive com quartos duplos! Não andei pela região de noite, mas não me parece a mais interessante.

Para quem está de carro no meio da viagem, uma opção interessante é ficar no Lido, uma ilha que separa a laguna de Veneza do Mar Adriático. Tem praia por perto e fica a 15 minutos de vaporetto da parte principal/turística de Veneza. O Hotel Villa Pannonia é a dica do blog ItaliAna, especialista em Itália e que sempre volta para esse hotel!

Onde ficar em Veneza?
Veneza é linda! Do alto, mais ainda! Todas essas fotos foram tiradas do alto do Campanário de San Marco. Na primeira foto desta montagem, você pode ver o Lido a fundo!

Se você não pode gastar, sugiro que procure algo perto da Estação Santa Lucia, que já está em Veneza propriamente dita e não procure hotel em Mestre (no continente) como muita gente acaba fazendo. Isso já facilita um pouco a sua viagem - as idas e vindas, o cansaço, o tempo e o dinheiro com transporte. Selecionei o Hotel Amadeus, o Hotel Filù e o Hotel Alle Guglie, o primeiro e o terceiro com decoração mega antiga e segundo mais moderno (até chuveiro no "meio" do quarto - que só rola dividir para quem tem intimidade). Quem quer ficar perto da estação de trem, mas gastaria um pouquinho mais, sugiro o Ca´Nigra Lagoon Resort, que nem parece que está em uma ilha apertada, o mais arrumadinho Venice Times Hotel ou o Hotel Abbazia.

Do outro lado do Canal Grande e com bem menos turistas por perto, fica o Hotel Al Malcanton em Dorsoduro/San Polo, o Palazzo Stern em Dorsoduro. Quem prefere se hospedar em apartamentos, sugiro o Nice Venice Apartments in San Marco, o Appartamenti a San Marco ou o Appartamenti Ca´Rezzonico em Dorsoduro, para se sentir como um local. Lembrando que só seleciono para indicar no blog hotéis com notas 8,0 no Booking ou acima disso porque são esses os hotéis que eu fico nas minhas viagens! Mas claro, se você diminuir a nota, vai achar opções mais em conta.










Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

Nenhum comentário:

Postar um comentário