quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Onde ficar em Verona? Vale a pena comprar o Verona Card?

Depois do post com as 2 atrações principais de Verona e um roteiro para um ou dois dias na cidade, o post de hoje tem mais dicas práticas, por exemplo onde se hospedar na cidade do Romeu e da Julieta (caso você não faça somente um bate-volta) e se o Verona Card vale mesmo a pena ou não!

Veja aqui todos os posts de Verona no blog!


Piazza delle Erbe, Verona
A Piazza delle Erbe (foto acima e abaixo) juntamente com a Piazza Brà são os pontos mais movimentados da cidade.

Piazza delle Erbe, Verona

Como já contei no post sobre hospedagem em Padova, estava com uma dúvida cruel se ficaria em Verona e faria bate-volta para Padova ou ficaria em Padova e faria bate-volta para Verona. Naquele ponto do roteiro, teria 3 dias para as 2 cidades e qualquer uma delas, seria corrido conhecer em somente um dia. Pesquisei horrores no Booking, mas não fiquei 100% feliz com nenhuma das opções em Verona e esse foi um grande motivo para escolher Padova no fim das contas. A estação de trem é longe do centro histórico e a ida no 1o dia e volta no último dia com malas seria complicada, considerando que todo centro histórico europeu tem restrições com carros. Ficar perto da estação poderia facilitar essa questão, além do dia do bate-volta, mas geralmente o charme em ficar nessas cidades é estar no meio de onde tudo acontece - e onde as lojas, restaurantes e movimento estão - justamente no centro histórico!


Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!





Onde se hospedar em Verona?


Vou deixar aqui algumas sugestões que eu tinha selecionado e estava de olho nos preços para a época que eu queria (basicamente pelas notas no Booking, localização e preço médio). Como Verona é mais turística do que Padova, os preços subiram muito e isso me ajudou a escolher Padova.

Bem pertinho da estação tem o Novo Hotel Rossi com fachada simples, mas nota boa e o Art Verona Rooms, com a melhor nota de todos. No meio do caminho entre a estação e a Piazza Brà (que é a "entrada" para o centro histórico) separei algumas opções. O Hotel Verona tem a vantagem de estar em uma grande avenida, a Corso Porta Nuova e portanto com mais movimento nas proximidades, além da decoração atualizada. Um pouco para a esquerda do mapa, ainda entre a estação e a Piazza Brà, escolhi o mais simples B&B Easy Dreams (com decoração mais divertida), o B&B Vicolo 22, o Hotel Gibert (os últimos dois com aparência de mais conservados) ou o mais simples Hotel Siena. Pertíssimo da suposta tumba da Julieta e mais para a direita no mapa, mas ainda "longe" do centro histórico, está o interessante Best Western Hotel de Capuleti. A Aline do blog A Li Descobrindo a Alemanha encontrou outra opção interessante em Verona: Il Giardino dei Segreti B&B, perto da Piazza Brà, mas um pouco para a direita no mapa!

Para quem preferir ficar mais perto do centro histórico, entre a Arena e a Piazza delle Erbe ficam o Hotel Giulietta e RomeoHotel Accademia, o Relais La Torre e o Hotel Aurora (com possibilidade de vista para a Piazza delle Erbe), o apartamento Corte Realdi Verona e o B&B Like Juliet. O Palazzo Maffei Halldis Apartment e o Pallazzo Maffei Verona ficam literalmente na praça movimentada e um pouco para a direita do mapa da Casa da Julieta fica o Hotel Antica Porta Leona e SPA. Subindo da Piazza delle Erbe aé o Rio Adige, as opções mais interessantes são o Albergo Mazzanti e Arche B&B. Mais perto do rio ficam o Due Torri Hotel, o apartamento Corte Regia Verona e o Vecchia Verona.











Vale a pena comprar o Verona Card?


Em geral, se você for fã do Romeu e da Julieta e quiser conhecer uma das arenas romanas mais bem preservadas, sim! Se você for só caminhar pela cidade e não entrar em lugar nenhum, não! Mas vou contar mais sobre esse cartão para você se decidir melhor. O cartão não é tão barato, mas em geral vale muito a pena porque todo mundo quer entrar nas 2 atrações principais de Verona (e uma delas é cara!!).


Vale a pena comprar o Verona Card?

Casa da Julieta, Verona

Arena de Verona, Piazza Brà

Vejam na tabela abaixo o quanto eu gastaria sem e com o cartão se seguisse meu planejamento inicial.





* Na Torre dei Lamberti, quem tiver o Verona Card precisa pagar um suplemento para subir de elevador, mas é barato - cerca de 1 euro.
** Existe um passe para as 4 principais igrejas de Verona (incluindo as 2 da tabela) por 6,00 euros.

Acabei não fazendo tudo isso por conta da chuva que nos prendeu por tempo demais em um restaurante, mas foram essas as atrações que usei para decidir comprar o Verona Card para as pessoas que estavam comigo (eu ganhei o meu do Turismo de Verona (48h), mas meus acompanhantes compraram normalmente o de 24h). Como todo cartão de descontos de atrações, a versão mais longa é mais vantajosa ainda!

Uma vantagem que nem coloquei na tabela é que o transporte público está incluído no cartão e como o centro histórico não é pertinho da estação de trem, voltamos da Piazza Brà para a estação ao final do dia de ônibus - e aí o passe foi uma mão na roda e uma economia a mais. Na ida, fomos a pé e eu achei um pouco longe e cansativo para logo de manhã, considerando que você já vai andar o dia inteiro.

É possível comprar o Verona Card em algumas atrações turísticas, no escritório de turismo na Piazza Brà, e, alguns hotéis e algumas tabacarias pela cidade.

Se eu soubesse que tem elevador pra subir a Torre dei Lamberti, teria grandes chances de ter subido, mas ainda estava meio traumatizada de subir a torre de Bolonha. Mas a previsão de que a chuva ia voltar e o céu ficando preto também não ajudou. A chuva que cairia a qualquer instante também nos fez desistir de visitar a tumba de Julieta no caminho de volta para a estação e no fim das contas, o gasto real com atrações + ônibus naquele dia acabou ficando o preço do cartão.

Torre dei Lamberti,Verona

Igreja San Zeno Maggiore, Verona
Essa é a San Zeno Maggiore. Entramos também no Complexo da Catedral. Juntamente com outras 2 igrejas (San Fermo e Sant Anastacia), elas vendem um passe único por 6,00 euros.

Este post contém links para programa de afiliado. O blog "Tá indo pra onde?" recebeu um Verona Card  do Turismo de Verona para teste, mas as opiniões contidas neste post são independentes.


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

8 comentários:

  1. Adorei as dicas! Como eu sou meio fissurada por museus/atrações turísticas, acredito que seja uma boa ideia comprar o Verona Card, pois posso ter uma economia de mais ou menos 50%.

    ResponderExcluir
  2. A economia é mesmo substancial com o Verona Card. Vou compartilhar o post na FB do meu blog para ajudar os meus leitores. Beijos, Lu

    ResponderExcluir
  3. Ah a Itália.....ando morrendo de saudades de lá.
    Nunca fui para Verona, mas geralmente compro esses passes, pois quase sempre vale muito a pena.
    Boa sugestão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah então já se programe pra na próxima vez conhecer Verona!!!

      Excluir
  4. tsc tsc tsc abusando da estátua. Adorei as dicas Fe! Eu adoro visitar museus e outras atrações mais "comuns" nos lugares que visito. Então super valeria a pena o Verona Card. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Sim, esses passes sempre valem a pena pra quem gosta de entrar nas atrações que nem eu. Já que vou pro outro lado do mundo passear, qual seria a graça de não entrar em nada? Nunca se sabe quando terá outra oportunidade igual!

      Excluir