quinta-feira, 26 de maio de 2016

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha

Já existem dezenas de posts (muitos bons) em vários blogs por aí ensinando como comprar passagem ou utilizar os trens (ou ônibus) na Alemanha (ou na Itália, na França, etc) então vou focar o post em diquinhas básicas que aprendi durante meus 2 meses e pouco na Alemanha no final de 2014, fazendo muito passeios saindo de Frankfurt ou de Berlim. E claro, vou linkar aqui os textos relacionados que encontrar em outros blogs, explicando as coisas mais básicas e passo-a-passos.

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - Berlin Hauptbahnhof
Berlim Hauptbahnhof

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - Frankfurt Hauptbahnhof
Frankfurt Hauptbahnhof

Como comprar passagem de trem e ônibus - trajetos entre cidades diferentes



Para comprar pelo site da Deutsche Bahn, recomendo os posts do Viaje na Viagem e o do Agenda Berlim, os 2 com imagem tela a tela e dicas complementares. Sobre viajar de trem pela Europa, leia esse post do Viajoteca. Neste outro post do Viajoteca, tem o vocabulário para viajar de trem na Alemanha. Comprando seu ticket online, não se esqueça de levar o cartão de crédito, porque é pedido sim dentro do trem!!! O preço varia muito conforme a antecedência, então planejar é a melhor solução para o seu bolso! Recomendo demais baixar o app da DB também - utilizei bastante na Alemanha. Para quem quer parar em alguma cidade no meio do caminho e seguir viagem no mesmo dia, o Sundaycooks dá o exemplo neste post de como fazer um pit-stop em Dresden, entre Berlim e Praga.

Para pesquisar sobre ônibus intermunicipais na Alemanha, recomendo este post do Viajoteca, que inclusive me salvou quando a Deutsche Bahn entrou em greve e eu queria passar o fim de semana em Heidelberg.

A seguir, os tipos de trens e passes, bagagem nos trens, reservar assento ou não, trem x ônibus para outras cidades, qual a melhor estação em Berlim e dicas para se encontrar nas estações!


Quais os tipos de trens?


Vejam todos os tipos de trem (que vão influenciar no item abaixo) neste post do blog Manha de Alemanha.


Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
Vários tipos de trem que peguei! Trem local e regional em Frankfurt, trem ICE Frankfurt/Colônia e trem regional de Magdeburg a Berlim


Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
A Deutsche Bahn é a empresa principal, mas existem outras, como essa que peguei para a região do Harz


Existem passes para economizar?


Sim, vários. São tantos que não vou repetir o ótimo trabalho do pessoal do blog Viajoteca. Quando estive em Munique, quase um década atrás, utilizei o Bayern Ticket, que está explicadinho no blog Sundaycooks.

Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!

* indicates required











Bagagem nos trens


Eu passei mais de 2 meses no outono/inverno na Alemanha com 1 mala média de 17 kg (na ida, volta com 29kg por conta de livros e chocolates que comprei rs) e foi mais do que suficiente! Nos trens tem espaço sim para as malas, mas longe do seu assento, a não ser que você reserve perto dos locais apropriados e dê sorte do local não estar cheio de mala quando entrar - andei muito de trem e TODAS as vezes que entrei, sempre estavam cheios já. Na hora de reservar lugar no trem (pelo site da Deutsche Bahn) dá pra ver onde ficam os lugares para mala.

Eu não conseguia levantar a minha mala para por no bagageiro acima do assento (mas o pessoal que estava por perto sempre me ajudava) - com mala grande seria mais difícil. Às vezes era possível deixar no corredor/algum cantinho qualquer que encontrava.
Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
Dá para ver nas fotos a marcação nos assentos, local para carregar celular e para guardar malas e painel do lado de fora do trem indicando trajeto e vagão.

Veja mais dicas sobre bagagem em trens na Europa.

Reservar assento ou não reservar?


Depende. Em alguns lugares e alguns trajetos é obrigatório. Mas na maioria dos trens que peguei na Alemanha, não era! Você poderia sentar em qualquer lugar vago, mas caso queira reservar, custa 4,50 euros para cada trajeto e se for horário/trajeto concorrido é melhor do que ter que ficar trocando de assento a cada parada que entrar gente que reservou bem o que você sentou. Para trajetos curtos eu não reservava mas para longos/concorridos ou muito cedo sim.

Se não reservar, olhe acima do assento que tem uma telinha indicando se alguém reservou aquele assento ou não e em qual trajeto - pode ser só um pedacinho da viagem. Se não mostrar nada é porque está livre o caminho todo. Não reserve aquele compartimento fechado - se der sorte e sobrar assento seria melhor, mas se estiver cheio é bem mais apertado (em alemão é Abteil - a parte "aberta" do vagão seria Großraum)! Isso sem contar que no compartimento fechado o espaço para malas é menor!

Ah, existe uma área onde é obrigatório fazer silêncio (Ruhebereich), então se estiver em grupo que queria conversar ou com crianças que não param quietas, não sente/reserve ali! Vão ver muuuitas caras feias - com razão - e como os alemães não tem vergonha dessas coisas, com certeza vão levar bronca de desconhecido também!


Na estação


Estando na estação já na plataforma certa (plataforma = Gleis, nos tickets está escrito "Gl"), procure umas placas com o "mapa" do trem, que aí você espera o trem na parte certa da plataforma e não tem correria na hora de entrar e nem confusão nos corredores depois. Vagão em alemão é Wagen (abreviado nos tickets como "Wg"). O assento do trem caso você tenha reservado é "Platz", abreviado como "Pl".


Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
As folhas amarelas estão em todas as plataformas com o roteiro de todos os trens que param ali. A foto do meio mostra o "mapa" do trem que citei acima - aí está pequeno mas na verdade dá para saber exatamente em que ponto da platarfoma cada vagão do trem ficará. E a foto da direita, guarda-volumes (que falarei abaixo) da estação de Magdeburg.

Na grande maioria das estações tem armários/lockers/guarda-volume para guardar as malas sim, mas no site da Deutsche Bahn também tem como confirmar a informação para cidades pequenas. Paguei um mico em Magdeburg! Deixei minha mala grande lá e só levei a mochila para passar o fim de semana no hotel. Na volta, o armário não abria de jeito nenhum e meu trem estava quase para sair! Fui correndo até o balcão da empresa de trem reclamar que a porta estava com problema e quando a funcionária foi olhar, eu tinha colocado dinheiro a menos e por isso a porta não abria! hehehe Na verdade eu coloquei o valor para um dia, mas como passou de 24h, o locker estava me cobrando outro valor a mais e eu não percebi!


Em Berlim qual é a melhor estação?


Depende! A estação principal (Berlin Hauptbahnhof) concentra os trens de longa distância, mas muitos também param em algumas das estações principais, dependendo da rota - Alexanderplatz, Friedrichstraße, Zoologischer Garten ou Ostbahnhof, por exemplo. Isso é reflexo da época da Guerra Fria, quando a cidade e o sistema de transporte foram divididos em 2. A solução é fazer simulações no site da Deutsche Bahn.

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - Berlin Hauptbahnhof
Árvore de Natal enorme montada dentro da Berlin Hauptbahnhof em 2014. Aparece pouco na foto, mas essa estação é quase como um shopping center do Brasil


Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - Bahnhof Alexanderplatz
estação da Alexanderplatz e a torre de TV ao fundo

É melhor ir de ônibus ou trem para as cidades próximas?


Os ônibus intermunicipais na Alemanha costumam custar uma pechincha e mais ainda se for comprado com antecedência! Mas em Berlim, a rodoviária/estação de ônibus (ZOB) é MUITO longe. ZOB é a abreviação de "Zentraler Omnibusbahnhof" (clique no link anterior para o site da estação). Se você estiver na região de Alexanderplatz, fica do outro lado da cidade! Logo de manhã cedo, o transporte urbano não é tão frequente assim e pode complicar para você chegar até o seu ônibus.

Você pode chegar lá pela estação do U2 Kaiserdamm ou pelas linhas S41, S42, S46 - estação Messe Nord/ICC, que foi o meu caso - mas na 2a opção você ainda tem que andar em um pedaço meio esquisito de rua/túnel. Muitos ônibus também partem de outros pontos da cidade, como por exemplo da Alexanderplarz, então é tudo questão de procurar.

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - ZOB Berlin
Funkturm (que dá para ver no trajeto da estação de SBahn até a ZOB e a ZOB mais simples do que muita rodoviária no Brasil!

Em várias cidades, esses ônibus urbanos param atrás/ao lado/na frente da estação de trem e aí fica fácil, por exemplo em Frankfurt, Heidelberg, Trier, Leipzig e Dresden. Mas sempre confirme os pontos de partida e chegada porque alguma empresa de ônibus pode ter um esquema diferente!

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
Na esquerda, estação de Hamburgo e na direita, estação de Mainz

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha - estação de Leipzig
Estação de Leipzig, que é uma das maiores do país e também tem bastante lojas!

Dicas práticas para viajar de trem e ônibus na Alemanha
Ônibus Heidelberg-Frankfurt parado em frente à estação, que estava bem atrás de mim quando tirei essa foto.
Vejam mais dicas no video abaixo, do Viaje na Viagem e neste post super atual do mesmo blog.


Ufa, espero que esse post ajude vocês! Quando a gente faz uma coisa nova pela primeira vez sempre dá um medinho, mas se tem alguma coisa que funciona bem na Alemanha é o transporte! Então podem ir tranquilos!


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

12 comentários:

  1. Post bem completo! Tô pensando ainda no meu roteiro de Eurotrip, e essas dicas serão super úteis!

    ResponderExcluir
  2. Esse post é de utilidade pública! Adorei, super completo e muito útil!

    ResponderExcluir
  3. Post suuuuuper completo, Fer!
    Cara, ano passado passei um perrengue com ônibus na estação rodoviária em Munique. Havia comprado um bus para Zurique para viajar à noite e ele simplesmente não apareceu. Fiquei mais de uma hora batendo cabeça na rodoviária inteira procurando um guichê ou algum funcionário que pudesse me dar qualquer informação e não havia ninguém! Estava tu-do fechado.
    Era mais de meia noite já, estava fazendo muitoooo frio, e minha solução foi entrar num ônibus que apareceu que ia para Zagreb (onde eu estava morando na época). Resumo: não consegui ir pra Zurique e ainda perdi a grana do busão.
    Fiquei bastante decepcionada, achei a rodoviária de Munique muitoooo desorganizada. Vc tb teve essa impressão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vixe Carla que chato! Não cheguei a conhecer a rodoviária de Munique pq essas linhas de ônibus foram autorizadas recentemente e a última vez que estive em Munique foi em 2006 rs. A "rodoviária" de Berlim é no padrão de rodoviária de cidade pequena no Brasil e na maioria das cidades, nem existe uma rodoviária, os ônibus param na rua mesmo! Ou seja, para viajar em horários mais alternativos, trem é sempre a opção mais segura/fácil.

      Excluir
  4. Ótimas dicas. Post bem detalhado para quando sair a trip para a Alemanha!!!

    ResponderExcluir
  5. Os trens na Alemanha são super caros? Porque os da Suíça enfiam a faca até não caber mais rss
    Então, gostaria de viajar pelo interior da Alemanha. Trem seria a opção mais confortável, mas ônibus mais barato. Estou certa?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os regionais, mais devagar são baratos sempre. Já os trens que ligam cidades mais longe/de estados diferentes/trens mais rápidos, são mais caros. Mas o detalhe é que se vc comprar com antecedência consegue preços na faixa de 20 euros, se deixar para comprar em cima da hora, só achará passagens caríssimas (para esses trens mais rápidos). Õnibus são mais baratos mesmo, mas são bem menos linhas, horários etc e aí dependendo do roteiro, pode complicar (ou não rs).

      Excluir
  6. Realmente não dá para se perder. Ótimas dicas!

    ResponderExcluir