domingo, 20 de março de 2016

O que fazer em 1 dia em Leipzig (Alemanha)?

Leipzig foi transformada em cidade em 1165, mas sua universidade (pela qual a cidade é conhecida) foi fundada em 1409. É um centro alemão de comércio de livros e publicações. Durante as feiras de Leipzig ou Leipziger Messe (feiras comercias de outono e primavera), recebe grande número de visitantes. É sede do Thomanerchor, coro de meninos que existe desde 1254 e teve Johann Sebastian Bach como mestre-de-capela> pela cidade passaram vários outros nomes proeminentes da música clássica tanto que hoje existem pelo menos 3 rotas da música na cidade (site em inglês). Nos anos 80, foi palco de manifestações pela queda do Muro do Berlim e reunificação da Alemanha.

Seguro viagem europa 468x60

Vocês podem ver no mapa abaixo que tem uma atração mais afastada (que eu acabei não indo), mas a maioria é tudo bem pertinho.




Eu não tinha muitas opções de data para ir, mas aproveitei um crédito que tinha na Meinfernbus, peguei um ônibus cedinho para Leipzig e fui passar o dia lá! Acabei pegando um dia horroroso que começou com uma chuva chata, mas perto da hora do almoço fiquei hoooras em um museu que não parecia ter nem metade do tamanho e coisas interessantes que tinha e quando saí, o tempo tinha dado uma melhorada!

Leipzig, Alemanha
Caminhando da estação até o centro histórico - é pertinho!

Leipzig, Alemanha

Hauptbahnhof


É a maior estação ferroviária da Europa! A Hauptbahnhof Leipzig é um mini shopping hoje e eu dei sorte de pegar um domingo quando as lojas estavam todas abertas pré-natal. Na Europa, a maioria das lojas fecham de domingo!

Leipzig Hauptbahnhof

Leipzig, Alemanha
O dia estava bem feio quando cheguei e já era quase inverno então as árvores já estavam quase secas

Nikolaikirche


O prédio atual da Igreja de São Nicolau é do seculo XVI, mas as partes mais baixas da torre datam do século XII. É a maior igreja da cidade.

Nikolaikirche, Leipzig, Alemanha

Nikolaikirche, Leipzig, Alemanha
Do lado de fora - adorei essa coluna!

Nikolaikirche, Leipzig, Alemanha
E esse teto meio rosa então???

Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!

* indicates required










Alte Handelsbörse


É um prédio liiindo na praça Naschmarkt, em estilo barroco primitivo construído entre 1678 e 1687 e por 200 anos foi a bolsa de valores da cidade. Em 1886, a Câmara de Comércio construiu outro prédio para este fim e o prédio passou a ser usado para concertos, performances teatrais, congressos e outros eventos particulares. Foi quase todo refeito após a Segunda Guerra Mundial.


Alte Handelsbörse, Leipzig, Alemanha

Altes Rathaus


A prefeitura antiga for erguida em 1556 e desde 1909 abriga o museu municipal, bem maior e mais legal do que eu imaginava antes de entrar. O museu exibe mais de 1.100 artefatos originais que testemunharam a história da cidade. No subsolo ficam algumas celas da antiga prisão. O prédio fica na praça principal da cidade, chamada Markt, onde acontece o tradicional mercado de Natal. Como visitei Leipzig no meio de novembro/2014, as barracas da feira já estavam sendo montadas.

Markt, Leipzig, Alemanha

Markt e Altes Rathaus, Leipzig, Alemanha

Markt e Altes Rathaus, Leipzig, Alemanha

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha
Paguei só 4 euros para entrar e valeu muito a pena! (além de fugir da chuva) Compra-se o ticket em uma lojinha de souvenir no andar térreo da Altes Rathaus.

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha
Dá para aprender muito desde as origens da cidade até a época em que ela estava no lado oriental da Alemanha dividida

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha
Maquete da cidade no século XIX, com aproximadamente 25m2

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha
O salão de bailes tem 53 metros de comprimento

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha
Como era uma cozinha da Alemanha socialista

Museum Municipal, Leipzig, Alemanha

Quando eu saí do museu, o tempo tinha melhorado um pouco, ainda bem!

Centro Histórico


Existem outros locais interessantes na parte antiga da cidade, além dos citados acima. Por exemplo o Specks Hofe, a Alte Waage (antiga casa municipal de pesagem) e a Mädlerpassage, construída entre 1912 e 1914. Existem mais de 30 passagens no centro histórico de Leipzig, que interligam prédios diferentes e acabaram virando "mini shopping centers".

Centro Histórico de Leipzig, Alemanha

Centro Histórico de Leipzig, Alemanha
Mädlerpassage, Leipzig, Alemanha
Estátua de Mefisto e Fausto, na entrada de um restaurante tradicional da cidade

Mädlerpassage, Leipzig, Alemanha
Mädlerpassage - linda!

Centro Histórico de Leipzig, Alemanha
Escultura "Unzeitgemäße Zeitgenossen"

Augustusplatz, Leipzig, Alemanha
Augustusplatz

A Augustusplatz existe desde 1785 e merece ser visitada pela Ópera (acima - desde 1960), Gewandhaus Concert Hall, o Augusteum e Paulinum (abaixo), City High-Rise (City-Hochhaus) - um prédio bem alto onde fica um observatório - e a Mendebrunnen (fonte acima), de 1886.

Atual Augusteum e a Paulinium recosntruídos após a guerra - construção super moderna e impossível não chamar a atenção.

Esta foto e a foto debaixo são da wikipedia - um pedaço do City-Hochhaus à esquerda.

O Augusteum à esquerda abrigava a Universidade de Leipzig. Ao seu lado,  a Paulinenkirche.

Panorama Leipzig


O prédio mais alto da Augustusplatz é também o mais alto da cidade e abriga uma plataforma de observação lá no alto e alguns restaurantes. Uma bela vista da cidade! Acabei não subindo (mesmo porque em dias feios, esse tipo de passeio nunca é tão legal), mas você pode ver um pouco da cidade do alto no vídeo abaixo! Tem 120m de altura e custa 3,00 para subir.

Thomaskirche


Igreja em estilo gótico tardio, construída entre 1482-86 onde a partir de 1723 Bach foi mestre-de-capela, e onde ele está enterrado hoje. Dei sorte que cheguei ali bem quando o coral estava ensaiando, como vocês podem ver no vídeo abaixo. Existe um monumento a Bach ao lado da igreja. Tem um museu sobre ele também não longe dali. De abril a outubro, é possível subir na torre.

Thomaskirche, Leipzig. Alemanha

Thomaskirche, Leipzig. Alemanha
Thomaskirche e Bach

Thomaskirche, Leipzig. Alemanha

Thomaskirche, Leipzig. Alemanha
Aí está o túmulo de Bach (de ponta cabeça!)

Thomaskirche, Leipzig. Alemanha

Antes de visitar a igreja, parei para almoçar esse risoto da foto em um restaurante ali na praça atrás da igreja - Brauhaus an der Thomaskirche. Estava bem vazio, risoto ok - gastei 12,50 euros com refrigerante.




Neues Rathaus


Neues Rathaus, Leipzig, Alemanha
Foto da wikipedia


Acabei não visitando a prefeitura nova, um pouco mais para o sul do centro histórico. O prédio é lindo e é possível subir na torre (de 2a a 6a entre 11am e 2pm - 3,00 euros - 250 degraus) e ter uma vista legal da cidade. Esta torre foi construída na fundação do antigo castelo de Pleißenburg. É a torre mais alta entre todas as torres de prefeituras da Alemanha.


Völkerschlachtdenkmal


O monumento um pouco fora da cidade relembra a "Batalha das Nações", que ocorreu entre 16 e 19 de outubro de 1813, em Leipzig. Mais de 120 mil homens morreram ou ficaram feridos, mas o exército de Napoleão Bonaparte foi derrotado pelos exércitos da RússiaPrússiaÁustria e Suécia. Foi a maior batalha até então. Para chegar lá de transporte público, é preciso pegar o trem S4 em direção a Wurzen ou o S1 em direção a Stötteritz. Em pouco menos de meia hora, sendo metade do tempo no metrô e a outra metade, uma caminhada, chega-se ao monumento. Na base documento, está o Forum 1813, museu que conta mais detalhes da batalha com uniformes, armas, equipamentos e recordações dos soldados, incluindo um diorama com cerca de 3 mil figuras do campo de batalha no dia 18 de outubro de 1813.


Völkerschlachtdenkmal, Leipzig
A foto de cima e a de baixo são reproduções permitidas da Wikpedia

Völkerschlachtdenkmal, Leipzig

Vejam um pouquinho de Leipzig (e do monumento) no vídeo do pessoal do Canal Alemanizando!


Ônibus hop-on, hop-off


O centro histórico não precisa de um ônibus hop-on, hop-off, que aliás não pode entrar em algumas das ruas mais interessantes. Mas ele vai até o Völkerschlachtdenkmal e apesar de mais caro, é uma alternativa para quem não quer visitar o monumento em transporte público.


Leipzig Card


Assim como muitas cidades que visitei, Leipzig também tem o seu catão de descontos e transporte.Não utilizei porque tinha somente um dia e queria andar mais pelo centro, sem focar em atrações pagas. Mas confiram aqui os itens inclusos no cartão para saber se é útil no seu caso! Existem versões de 1 ou 3 dias, custando 11,50 ou 22,50 euros e também versões mais econômicas para grupos! Vejam os detalhes no site.

Eu fiz um bate-volta de ônibus de Berlim para Leipzig, mas caso queira dormir por lá, recomendo ficar no centro histórico. Reserve o seu hotel pelo Booking, não pague nada a mais por isso e ajude a manter o blog cada vez mais completo para ajudar nas suas viagens!



Booking.com



Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

18 comentários:

  1. caraaaa que coisa maravilhosa esse Augusteum!!!!! nossa eu não sabia que existia uma coisa assim lá! preciso conhecer Leipzig!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma cidade tranquila, mas cheia de estudantes!

      Excluir
  2. Que bom que melhorou o tempo! Tanta coisa pra fazer ali que daria pra ficar mais um dia.
    Cada cidade mais surpreendente do que a outra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem um monumento que fica mais afastado da cidade, que não deu tempo para conhecer... Certeza que visitaria se ficasse 1 dia a mais. Tem um prédio altão tb para ter uma vista aérea da cidade que tb não subi, então não faltam coisas para fazer!

      Excluir
  3. Fer, vc conhece cadaaaa cidadezinha linda da Alemanha!!! Uma mais fofa que a outra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo! E ainda tem TANTAS que quero conhecer... tenho que voltar mais umas 5 vezes pra dar conta, isso num ritmo intenso rs.

      Excluir
  4. Seus últimos posts estão me instigando muito a voltar à Alemanha! Só conheço Berlim e Potsdam e estou louca para explorar outros pontos do país ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe TEM que voltar mesmo!!!! #curiosa pra saber o seu destino surpresa do 2o semestre!

      Excluir
  5. Ah, já quero conhecer! E quanto tempo de ônibus de Berlim até Leipzig?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De ônibus dá 2h e de trem 1h15. Fui de bus só pq tinha crédito na empresa mesmo...

      Excluir
  6. Cada lugar lindo. Acho que vou é procurar passagens pra lá. kkkkk

    ResponderExcluir
  7. Dá pra fazer tudo em um só dia??? Incrível! Adorei as dicas, principalmente do interior da Igreja de São Nicolau. Que teto mais lindo e as colunas... maravilhosas. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não fui nesse monumento que falo no fim do post e que fica fora do centro, mas se tivesse ficado menos tempo no museu ou se voltasse um pouquinho mais tarde, daria tempo de fazer em 1 dia só!

      Excluir
  8. Em setembro irei para Leipzig é a primeira vez....anciosa demais

    ResponderExcluir
  9. Mais uma dica valiosa sobre um lulgar que visitarei estando na Alemanha.
    Estou adorando seu blog.
    Realmente muito bom.
    Ps. Sei que jã falei anteriormente, mas é muito bem explicado. Ano que vem estou aí.
    Abraços;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelos elogios Ilma! Volte sempre por aqui!

      Excluir