domingo, 6 de fevereiro de 2022

Roteiro de um dia por Schwäbisch Hall (em Baden-Württemberg, no sul da Alemanha)

A pequena e calma Schwäbisch Hall (em Baden-Württemberg, sul da Alemanha) ainda conserva casas em estilo enxaimel, arquitetura medieval e pontes que cortam o rio Kocher desde a época que enriqueceu com a produção de sal. Eu conheci em algumas horas, fazendo um bate-volta de Stuttgart e adorei o passeio, mas achei suficiente. Vou mostrar no post de hoje o que vi em Schwäbisch Hall e o que ficou faltando também - tem mapinha lá no final do post com tudo marcado!

Schwäbisch Hall  foi fundada no século XII com a construção da Igreja de São Miguel, mas já existiam vestígios de salinas celtas na região datando do I aC (Hall significa "sal", confirmando suas origens celtas).


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)


Essa casa mais alta aí é a Neubau do século XVI, com telhado inclinado construído como galpão para grãos e arsenal e hoje um teatro. Dá para subir e ter vista da cidade, da ponte coberta Roter Steg e a Henckerbrücke.


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Essa é a principal igreja da cidade (Kirche St. Michel) na praça principal, com essa escadaria na frente. No dia que fui estavam montando essas cadeiras na praça para algum evento e não consegui entrar na igreja...







Apesar do nome indicar que a cidade seria parte da Suábia (Schwäbisch), na realidade ela está na região da Francônia. A produção de sal foi uma das principais atividades comerciais da cidade até o século XIX. Como na Idade Média, esta era uma atividade bastante rentável, a cidade recebeu o título de cidade imperial livre e alguns privilégios do imperador. Schwäbisch Hall ganhou importância com a cunhagem da moeda de prata utilizada em todo o Sacro Império Romano-Germânico, chamada heller. "Heller" é hoje uma maneira para se referir a dinheiro no sul da Alemanha.

Em 1944, foi considerada como uma cidade segura de ataques aéreos, pois além de pequena não possuía indústrias, e escolhida para receber a sede do banco de LeipzigEm 1934, começou a construção do aeroporto de Hessental, utilizado pelos americanos quando as tropas dos Estados Unidos instalaram-se na região. Eles permaneceram na cidade até 1993.


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Saindo da estação, atravessei o rio Kocher pela ponte Kocherbrücke, essa de madeira em estilo antigo para o centro histórico, mas na beira do rio e nas ilhas fluviais já estão algumas atrações e prédios mais legais da cidade.

Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Fiquei um tempão andando pelas margens do rio e na ilhazinha e tirando muitas fotos em um dia bem ensolarado e quente. Havia algumas pessoas fazendo picnic nos gramados.


Roteiro de um dia por Schwäbisch Hall (em Baden-Württemberg, no sul da Alemanha)



Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogReal Seguros - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!


Seguro viagem europa 336x280


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)

Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Essa ponte de pedra no alto da montagem é a Henkersbrücke

Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Caminhando pelas ruas que sobem para a praça principal (Markt), encontrei uma loja que vendia chocolates especiais e comprei um chocolate ruby, que não é típico da Alemanha, mas ainda era difícil de encontrar no Brasil.


Outras dicas de passeios de meio ou de um dia saindo de Stuttgart:
Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)


O mercado acontece na praça principal Markt toda 4a e sábado. A prefeitura é adornada por brasões e querubins. Outro destaque da praça é o Widmanhaus, casa cor de terracota que falo mais abaixo. A Fischbrunnen (1509 - foto abaixo no centro) tem um grande tubo de ferro usado para armazenar peixe antes de vender.

A prefeitura foi construída em estilo barroco após um incêndio em 1728  ter destruído a construção anterior (e boa parte da cidade) - é o prédio de cima à direita na montagem abaixo, oposta à igreja na praça.

Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Comprei pacotinhos de sal de Schwäbisch Hall (2 euros cada) para dar de presente na lojinha do centro de informações turísticas.


Eu cheguei em Stuttgart com o trem low cost Flixtrain vindo de Berlim, mas são poucas linhas até agora. Aqui dei diversas dicas para viajar de trem e ônibus pela Alemanha! E aqui contei sobre vários mini perrengues que passei no sul da Alemanha, inclusive o calor insuportável que peguei em Stuttgart!


Almocei no Cafe am Markt na praça simplesmente pela localização central. Pedi um prato típico da região - o Maultaschen, que já falei aqui. Com salada de entrada, a massa e um coca, gastei 14,35 euros. Valeu para descansar as pernas em um dia de muitas andanças e também dar uma refrescada sem o sol na minha cabeça, que estava demais naquele dia. A vitrine de doces era chamativa, mas acabei não comendo.


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)



Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)


Widmanhaus cor de terracota é a ruína de um monastério franciscano do século XIII e hoje é um teatro. As fotos acima e abaixo eram da parte de trás porque a posição do sol não me deixava tirar fotos da parte da frente...


Roteiro um dia por Schwäbisch Hall (Alemanha)
Não achei o nome ou explicação sobre essa escultura com as moedas perdida em um cruzamento no centrinho, mas acho que deve remeter à moeda do Sacro Império Romano-Germânico cunhada na cidade (que comentei no começo do post) e outras moedas que vieram depois, talvez?


Aqui estão os melhores passeios de um ou meio dia saindo de Stuttgart!





Com mais tempo na cidade, você também pode conhecer o Hällisch-Fränkisches Museum próximo ao rio, contando a História de Schwäbisch Hall com coleção de alvos de tiro, estátuas romanas e o interior de uma sinagoga pintada à mão de 1738. Para ver os porcos de mancha preta originários da região, vá ao Hohenloher Freilandmuseum, um museu agrícola ao ar livre a 6km da cidade (ônibus da rota 7).

Outra atração na cidade é o Monastério de Großcomburg (Kloster Großcomburg) da foto abaixo - para chegar use o ônibus 4 saindo da Bahnhof Schwäbisch Hall (em direção à estação Hessental) até a parada “Steinbach Comburg”.





Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!
* indicates required












Roteiro de um dia por Schwäbisch Hall (em Baden-Württemberg, no sul da Alemanha)


O que ver em Schwäbisch Hall (Alemanha) em um dia


A Bahnhof Schwäbisch Hall é a mais próxima do centro histórico, mas os trens são menos frequentes. A outra opção é a estação Hessental, cerca de 7km do centro (ligada pelo ônibus 1). Chegando pela primeira, não é necessário utilizar nenhum transporte para conhecer os principais pontos da cidade, só seus pés (foi o que eu preferi).

Marquei todas as atrações em Schwäbisch Hall citadas no texto em azul no mapa abaixo. As estações de trem estão em preto, o centro de informações turística em roxo e o restaurante onde comi em plena praça principal está em laranja. Marquei alguns museus e atrações que não visitei também, então é só mexer no mapa para descobrir mais lugares para conhecer.






Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações e tours no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

10 comentários:

  1. Adoro essas cidadezinhas européias, são todas lindas! Gostei de saber que dá pra fazer bate-volta de Stuttgart.
    Com certeza gostaria de incluir na minha visita o Monastério de Großcomburg, achei impressionante pela foto!

    Ótimo post, já bateu uma saudade da Europa aqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Stuttgart está bem localizada e tem muuuita coisa pra conhecer na região!

      Excluir
  2. Nossa que lugar incrível, com certeza vale a pena mesmo fazer diversos bate-volta para os vilarejos do sul da Alemanha. Adorei as dicas, abraços 💙

    ResponderExcluir
  3. Adoro vilarejos desconhecidos e pouco turísticos como Schwabisch-hall. A arquitetura de enxaimel dá um charme adicional a estes lugares, como provam as suas fotos. Lindo post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb adoro enxaimel! Por isso q sempre incluo alguma(s) cidade(s) assim qnd vou pra Alemanha!

      Excluir
  4. Preciso explorar mais a Alemanha, só conheço Berlim e Frankfurt por enquanto... que graça é Schwäbisch Hall!

    ResponderExcluir
  5. As cidades da Alemanha são demais. Conheço apenas Berlim e Hamburgo, mas tenho várias na lista que pretendo conhecer e acabei de acrescentar Schwäbisch Hall depois de ler esse post. Adorei.

    ResponderExcluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.