terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Tudo sobre Ulm (Alemanha): dicas sobre a terra natal de Einstein e da igreja mais alta do mundo!

No estado de Baden-Württenberg no sul da Alemanha tem uma cidade com nome que eu considero engraçado que sempre me instigou. Ulm é a cidade-natal de Albert Einstein e ali fica a igreja mais alta do mundo! Isso já seria motivo para visitá-la, mas descobri uma biblioteca MARAVILHOSA nos arredores (no distrito de Wiblingen) e ainda a localização da cidade era bastante conveniente entre Stuttgart, Lago de Constança e Munique, 3 lugares que queria passar na minha última ida para a Alemanha. Ulm está interligada com sua cidade-irmã, Neu-Ulm, já no estado da Baviera. As duas cidades são separadas pelo rio Danúbio (sim, aquele famoso mesmo), mas funcionam em conjunto (por exemplo o transporte público). Como sempre, tem um mapinha lá no final do post com tudo isso que falo e recomendo!


Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha) - Ulm Münster
Vários ângulos da principal atração de Ulm - a Ulmer Münster


Sobre Ulm (Alemanha)


Fundada em 850 (mas com vestígios de ter sido habitada desde 5.000AC), Ulm conta com pouco mais de 126 mil habitantes em 2019. Localizada na confluência dos rios Blau e Iller com o Danúbio, foi declarada "cidade imperial livre" pelo Sacro Império Romano-Germânico no século XII. A construção de sua enorme igreja começou em 1377, financiada pelos cidadãos de Ulm e não pela Igreja Católica. Na época, era uma importante cidade de comércio e manufatureira, mas seu declínio começou com a Guerra dos Trinta Anos e a descoberta do Novo Mundo. A construção da igreja foi interrompida no século XVI por problemas financeiros, retomada em 1844 e terminada em 1891. Na segunda metade do século XIX, Ulm se tornou um importante pólo de indústrias no sul da Alemanha e na Segunda Guerra Mundial, 80% da cidade foi destruído por bombardeios.


Desde os anos 80, aconteceu a transição de uma cidade industrial clássica para uma a industrialização high-tech com o estabelecimento de diversos centros de pesquisa de grandes empresas alemãs. Ela já foi até considerada a cidade mais saudável da Alemanha! Hoje existe uma grande reforma na estação de trem (Ulm Hauptbahnhof) e seu entorno devido ao gigantesco e polêmico projeto DB Stuttgart-Ulm ou "Stuttgart 21" (link em inglês), que vai remodelar todo o transporte férreo no sul da Alemanha (e futuramente de Paris até Bratislava e Budapeste).


Leia aqui todos os posts sobre Ulm no blog!





O que ver e fazer em Ulm (Alemanha)



Eu fiz um walking tour oferecido pelo escritório de turismo de Ulm, mas infelizmente ele acontece somente em alemão e em poucos dias da semana. Foi bom para conhecer o geral sobre a cidade, mas a maioria dos brasileiros não vai entender nada. Eu estudei alemão, mas tive bastante dificuldade naquele dia de sol escaldante. Mas existe também um tour em inglês disponível por aplicativo (itour city guide)!


Escritório de Turismo de Ulm - a melhor vista da Ulm Münster


Na praça principal (Münsterplatz) acontecem eventos (por exemplo, o mercado de Natal), mas em qualquer época do ano é bastante agitada com a igreja que tem a torre mais alta do mundo e a Stadthaus, esse prédio moderno abaixo que é um prédios administrativo, centro cultural e de eventos. Ali tem uma lojinha de souvenirs, um café e o escritório de turismo da cidade e você deve subir alguns andares (escada ou elevador) para ter a melhor vista da igreja! Eu não curti o estilo arquitetônico dele não pra ser sincera, mas é obra o renomado arquiteto Richard Meier.


Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha) - Ulm Münster
A Ulmer Münster é tãããão alta que é quase impossível tirar uma foto em que ela apareça inteira! Só mesmo abaixando - quase deitando no chão da praça - no ponto mais afastado da igreja possível. E olha que a praça Münsterplatz é beeeem grande - uma das maiores que já vi na vida!


Nas fotos abaixo do Instagram, podemos ver toda a grandeza da praça e da igreja, que muitas vezes é chamada de catedral, mas não é efetivamente uma catedral (taí um assunto que não entendo).




Uma publicação compartilhada por VISITULM (@visitulm) em





Uma publicação compartilhada por VISITULM (@visitulm) em


Ulm Münster


São 768 degraus para subir na torre da Ulm Münster e com o calor que estava fazendo naqueles dias de verão, foi olhar para a torre e desistir imediatamente. Já não tenho preparo físico para mais de 700 degraus em nenhuma condição, mas naquele final de semana específico estava ainda mais impossível. A torre da Ulm Münster chega a 161,53 metros de altura e até a Sagrada Família ficar pronta em Barcelona, a igreja em estilo gótico em Ulm é considerada a mais alta do mundo. Ela levou 513 anos para ser terminada e nos dias claros, é possível enxergar os Alpes e o Zugspitze lá de cima - não recomendado para pessoas claustrofóbicas porque o espaço na torre é apertado no último trecho.


Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha) - Ulm Münster
Nas fotos de cima dá para ver que a torre estava em reforma em junho/2018. Bem difícil viajar para a Europa sem pegar monumentos antigos sendo reformados.

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha) - Ulm Münster
Por dentro, a igreja é bem clara e ainda se vê alguns danos da Segunda Guerra, apesar de já ter sido restaurada - muitos vitrais tiveram que ser substituídos por exemplo. Do lado de fora, temos uma curiosidade de Ulm - uma estátua de um pardal, o animal símbolo da cidade (Ulmer Spatz - entenda a lenda aqui - são inúmeras estátuas de pardal e outras referências ao pássaro pela cidade).


Ali perto tem um memorial para os irmãos Scholl, que moravam em uma casa nas proximidades, destruída durante a Segunda Guerra. Os irmãos Sophie e Hans Scholl foram membros principais do grupo "Rosa Branca" de resistência ao nazismo - clique no link para ler sobre o eles e sobre outros grupos de resistência e seus memoriais em Munique e Berlim.

Fischerviertel



O "bairro dos pescadores" fica em uma região bem bonitinha com canais do rio Blau (que nasce ali perto no Blautopf que também visitei), ruazinhas fofas, casas em estilo enxaimel, restaurantes, lojinhas, rodas d´água, pontes, etc. Clima bem agradável para sentar na beira de um canal e curtir uma cervejinha na tarde de um sábado por exemplo.

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)
Nesta casa super torta está um hotel interessante - Hotel Schiefes Haus - não tem cadastrado no Booking. Pensei em ficar ali, mas era caro para uma pessoa só. O hotel está no Guinness Book como o "hotel mais torto do mundo" e apesar do chão não ser reto, dizem que as camas são construídas especialmente para as pessoas dormirem retas.

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)


Quer viajar usando o mesmo chip que eu usei na Alemanha?



Viaje Conectado



Rathaus (prefeitura) e centro histórico


Eu adoro uma prefeitura alemã (Rathaus em alemão) e não sei como que até o dia que visitei Ulm, nunca tinha visto nenhum foto da prefeitura da cidade (na primeira montagem de fotos abaixo)! O edifício gótico foi construído em 1370, o relógio astronômico foi instalado por volta de 1520 e as pinturas são do século XVI.


Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)
Vários ângulos da prefeitura - Rathaus e uma estátua de pardal, como expliquei acima

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)
Esse prédio envidraçado que parece meio que uma pirâmide é a Biblioteca Pública de Ulm, do arquiteto Gottfried Böhm e o prédio mais quadradão acima é a galeria de arte Weishaupt Art Gallery. Como a cidade foi 80% destruída na guerra, abriu-se espaço para muitas construções modernas.

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)
Tem uns pardais bonitinhos, mas esse eu achei feio

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)
Fonte na Marktplatz, torre medieval Metzgerturm do século XIV com 36 metros e a Schwörhaus (edifício do século XVII antigo palácio dos reis), que hoje abriga um museu sobre a história local - Haus der Stadtgeschichte

Muralhas de Ulm



As muralhas de Ulm foram construídas por volta de 1482, margeando o rio Danúbio. Ali ao lado tinha uma pracinha onde estava acontecendo um evento gastronômico no fim de semana que visitei a cidade.


Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)

Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)

Ulm Museum


A guia do walking tour recomendou demais este museu e eu queria ir, mas no final das contas o sol de matar daqueles dias tirou todo o meu ânimo para qualquer coisa. Além de arte européia e americana pós 1945, o museu abriga uma das esculturas mais antigas de um "homem-leão" em marfim com 30 mil anos (Löwenmensch figurine).


Depois do tour, ainda tentei achar uma fonte em homenagem ao Einstein (Einsteimbrunnen), mas me indicaram o local errado. Olhando no Google depois, fica bem longe de onde eu estava (considerando o calor maldito). O segundo local que me indicaram estava em reforma e impossível de enxergar qualquer coisa por conta de tapumes - um memorial na Bahnhofstrasse no local onde Einstein nasceu e que foi destruído na guerra. Infelizmente os vestígios de Einstein na cidade foram praticamente apagados.

Turismo em Ulm - Ulm Card


Recebi o Ulm Card do Turismo de Ulm/Neu-Ulm, mas aquele fim de semana foi bem complicado para mim. Já fazia uma semana que eu estava passando mal de calor (estava na Alemanha bem durante a onda de calor de junho/2019). Estava morrendo de dor de cabeça e cólica e ainda rolou uma confusão enooorme com o hotel, que me desanimou mais ainda (e me fez perder muito tempo do pouco tempo que eu tinha - conto mais em outro post). Definitivamente não aproveitei Ulm como poderia, mas o Ulm Card foi útil para poder utilizar o transporte até Wiblingen (detalhes em outros post), entrada na abadia, tour guiado pelo centro e teria sido utilizado para entrar no Museum Ulm e no Brotkultur Museum (sobre a cultura do pão - estava fechado quando estive na cidade). O cartão inclui a subida na torre da igreja, uma lembrancinha da cidade (eu ganhei um pato de borracha imitando o Einstein) e alguns presentinhos ou descontos em diversos estabelecimentos.


Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogReal Seguros - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!



Seguro viagem europa 336x280


Onde ficar em Ulm (Alemanha)


Como ia ficar somente um noite em Ulm, queria me hospedar em algum lugar próximo à estação de trem. Mas com toda a reforma acontecendo ali (que eu não tinha ideia da extensão e consequências até chegar na cidade), definitivamente não foi uma boa ideia. Tinha descartado o Intercity Hotel Ulm por conta de reclamações de barulho e aproveitei para conhecer a rede B&B (B&B Hotel Ulm), uma possível concorrente para o Ibis que está se espalhando pela Europa e até pelo Brasil. Nesse caso, acabou sendo uma furada total (quem sabe eu conto mais detalhes em outro post)! Mas 2 meses depois fiquei em outro hotel da rede na Polônia e foi ótimo - acho que depende muito da gerência e funcionários. 


Onde ficar em Ulm (Alemanha)
B&B Hotel Ulm - onde (não) ficar em Ulm - a estrutura do hotel em si é ótima apesar de básica, mas o serviço... lamentável a sequência de erros que aconteceu comigo!


Tem o hotel gracinha inclinado Hotel Schiefes Haus, mas caro. Além disso tinha gostado do Riku Hotel Ulm (também caro)Hotel Goldenes RadHotel Schmales HausHotel Neuthor ou do Hotel Ulmer Spatz, mas para não andar com a mala, acabei preferindo o B&B Hotel Ulm. Teria sido muito melhor deixar a mala grande no locker da estação e ir a pé para algum hotel mais perto da praça principal! Aqui estão todas as opções de hospedagem em Ulm!




Booking.com




Onde comer em Ulm (Alemanha)


Infelizmente não tenho boas recomendações porque por motivos diversos, acabei tendo vários imprevistos e não sentei em nenhum lugar para comer. Sobrevivi aqueles dois dias comendo lanches de padarias e supermercados com pressa ou no quarto de hotel ou dentro dos trens/ônibus, etc. Contei sobre a sequência inacreditável de mini perrengues naquele fim de semana inclusive envolvendo o hotel em Ulm neste post.


Outros passeios na região de Ulm (Alemanha)


No distrito de Wiblingen está a Abadia de Wiblingen com uma das bibliotecas mais lindas do mundo, que vai ter post em breve aqui no blog. Ali pertinho também fica a cidade de Blaubeuren, onde está a nascente do rio Blau, formando um laguinho de um tom de azul MARAVILHOSO conhecido como Blautopf, que também terá outro post aqui no blog. Recomendo demais as duas visitas. Eu conheci o primeiro lugar de transporte público estando em Ulm e o segundo de carro com amigos antes de chegar na cidade.

Para quem for alugar um carro na viagem, recomendo fazer a cotação pelo comparador de locadoras Rentcars!





Como incluir Ulm na sua viagem pela Alemanha


Como já disse acima, Ulm fica entre Stuttgart, o Lago de Constança e Munique, ou seja, é extremamente fácil fazer um roteiro por todos estes destinos, seja de carro alugado, trens alemães ou ônibus baratos (Flixbus). É possível conhecer Ulm como um bate-volta saindo de Stuttgart ou saindo de Munique, mas como estava no "meio" do meu caminho, optei por dormir ali ao invés de ir e voltar. Acabei fazendo Stuttgart - Blaubeuren/Blautopf - Ulm - Lindau (Lago de Constança) - Munique, alguns trechos de carro, mas a maioria de trem. A grande vantagem de ter dormido em Ulm foi ter mais tempo para conhecer também o Blautopf e a biblioteca na Abadia de Wiblingen e não somente a cidade de Ulm.






Todas as dicas sobre turismo em Ulm (Alemanha)



Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

15 comentários:

  1. Tive o imenso prazer em conhecer este lugar maravilhoso e recomendo...pude apreciar vários pontos turísticos e fiz curso em uma renomada escola técnica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Eu adoro descobrir esses cantinhos menos conhecidos na Alemanha!

      Excluir
  2. Adorei o post! Estou morando perto de Ulm, adoro essa cidade. Subi os 768 degraus da igreja, mas não subiria de novo. A vista lá de cima é linda, mas subir todos aqueles degraus é bem difícil ��
    Ótimo post sobre essa cidade linda!

    ResponderExcluir
  3. Adoro estas pequenas cidades da Alemanha! A cada tempo descubro uma nova! Ulm parece bem ao meu gosto! Já estive no país 3x e olha que não conheço ainda nem metade de sua beleza! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh, eu entendo perfeitamente o seu drama pq é o mesmo drama por aqui - 5x já e looonge de conhecer tudo que quero...

      Excluir
  4. Nossa, Ulm parece uma delícia de cidade! Toda bonitinha e ameeeeei a biblioteca!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Nunca tinha ouvido falar de Ulm na Alemanha, mas dizer que é sobre a terra natal de Einstein e da igreja mais alta do mundo já me chamou atenção rs... muito legal suas dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha a cidade é beeeem desconhecida mesmo aqui no Brasil!

      Excluir
  7. nao tive oportunidade de conhecer Ulm, apesar de ter morado pertinho no meu primeiro intercambio. essa região tem muita historia e natureza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É lugar lindo demais mesmo para conhecer na Alemanha! Vai ter q voltar hehehe!

      Excluir
  8. Que cidade linda e interessante! Nunca tinha ouvido falar de Ulm, mas fiquei morrendo de vontade de conhecer essa igraja imeeensa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente sempre fica querendo conhecer esses "records" né? O mais alto, o mais antigo, o mais fundo, o maior e etc

      Excluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.