sexta-feira, 28 de outubro de 2016

8 cidades alemãs que já foram capitais

Essa semana compartilhei na fanpage do blog (aliás, você já está seguindo né?) um artigo em inglês sobre 7 cidades alemãs que já foram capitais (sendo que já conheci 4 delas e já escrevi aqui no blog), mas depois parei para pensar e lembrei de mais uma que ficou faltando na lista! Então resolvi fazer esse post sobre 8 cidades alemãs que já foram capitais! Berlim não consta na lista porque é a capital hoje, mas já são dezenas de posts aqui no blog sobre a atual capital alemã!

Porta Nigra, Catedral de Mainz, Grünes Zitadelle e Catedral de Colônia - Alemanha
4 das cidades que falo neste post - só por essas construções marcantes já dá para adivinhar algumas delas?






Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!



Aachen


Apesar de não ser muito conhecida hoje em dia, Aachen (horrivelmente traduzida para português como "Aquisgrana") foi escolhida por Carlos Magno como capital de seu império (que posteriormente deu origem ao Sacro Império Romano-Germânico) no século IX. Entre 595 e 936, a Catedral de Aachen foi local da coroação dos reis alemães. Leia mais sobre a cidade e sua história riquíssima na Wikipedia. O blog de viagem com mais informação sobre Aachen é de longe o da Aline, A Li Descobrindo a Alemanha, que mora na cidade. Destaco também esse post da Paula, no blog No Mundo da Paula e esse post sobre a tríplice fronteira 

Magdeburg


Magdeburg (Magdeburgo) é hoje capital do estado da Saxônia-Anhalt e fica nas beiras do Rio Elba. Fundada por Carlos Magno citado acima, a cidade era a queridinha de Otto I (que está enterrado ali) e portanto centro do poder do Sacro Império Romano-Germânico. A impressionante Catedral de Magdeburg é a catedral gótica mais antiga da Alemanha. Sua relevância já diminuiu bastante depois de 2 grandes destruições. Não é a cidade mais fantástica da Alemanha, mas tem algumas coisas interessantes que já contei nos posts sobre Magdeburg aqui no blog (passei um fim de semana na cidade em 2014).

Grünes Zitadelle, Catedral de Magdeburg, Kloster Unser Lieben Frauen e Wasserstraßemkreuz - Magdeburg
Em sentido horário - Grünes Zitadelle, Catedral de Magdeburg, Kloster Unser Lieben Frauen e Wasserstraßemkreuz

Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook






Mainz


Hoje capital do estado da Renânia-Palatinado, a cidade (chamada em português pelo pavoroso nome de "Mogúncia") foi fundada por romanos pouco tempo depois de Jesus Cristo e tornou-se capital da Germânia Superior (província do Império Romano). Foi ganhando importância, provavelmente devido à sua posição na confluência dos rios Meno e Reno e tornou-se a capital do Arcebispado de Mainz durante o Sacro Império Romano-Germânico. O arcebispo de Mainz era um dos 7 príncipes-eleitores e era o mais alto representante do Papa ao norte dos Alpes.

Catedral de Mainz
Catedral de Mainz

Markt, Mainz
Markt, praça principal de Mainz

Mainz foi a casa de Johannes Gutenberg, o inventor da prensa móvel, que permitiu  o desenvolvimento da imprensa que conhecemos hoje. Passei uma tarde bem legal em Mainz e já contei aqui no blog. A cidade fica bem grudadinha em Frankfurt.

Colônia


Hoje sem influência política na Alemanha, Colônia é a maior cidade do estado mais populoso do país - a Renânia do Norte-Vestfália, cuja capital é a rival Düsseldorf.  Era a capital da província romana Germânia Inferior. Sede do Arcebispado de Colônia, seu arcebispo era um dos 7 príncipes-eleitores do Sacro Império Romano-Germânico. Impossível falar de Colônia sem falar de sua magnífica catedral (abaixo), cuja pedra fundamental foi colocada em 1248 e demorou mais de 600 anos para ficar pronta.

Catedral de Colônia
Catedral de Colônia

A cidade é o centro cultural da região e tem muito o que ser visitado, mas eu passei somente 1 dia em Colônia, já que meu objetivo principal lá era conhecer a catedral!

Trier


A cidade mais antiga da Alemanha (fundada pelos celtas cerca de 4 séculos antes de Cristo) está repleta de ruínas romanas e é a terceira cidade dessa lista sede de um arcebispado. Seu arcebispo era um dos príncipes-eleitores como citado acima. Antes disso, foi capital da região da Bélgica romana. Também chamada de Tréveris.

Porta Nigra - Trier, Alemanha
Porta Nigra

Kaiserthermen - Trier, Alemanha
Kaiserthermen

São vários os patrimônios da UNESCO (veja no link anterior o post sobre os patrimônios na Alemanha!) nas cidades dessa lista, mas em Trier é onde eles são mais impressionantes. Leia mais sobre a cidade na Wikipedia e nos vários posts sobre a cidade aqui no blog - passei um fim de semana lá em 2014 e foi pouco tempo!

Praça Hauptmarkt, Trier, Alemanha
Praça Hauptmarkt

Catedral de Trier, Alemanha
Catedral de Trier

Speyer


Com o fim da dinastia otoniana (do Otto que citei em Magdeburgo), Conrado II foi coroado imperador em 1027. Em 1033, ele já era rei da Itália, Alemanha e Borgonha (França) e sendo originalmente de Speyer (e Worms - ali do lado), mandou construir a imponente Catedral de Speyer. Apesar de ter passado a maior parte do seu reinado na estrada, a cidade (também chamada de Espira ou Spira) era a sede do seu reinado e foi enterrado lá.

Quero muito conhecer essa catedral que é considerada patrimônio da UNESCO. Leia mais sobre a cidade neste blog.

Nuremberg


Apesar de não ter sido propriamente uma capital, durante o século XIV foi estabelecido que todos os novos reinados deveriam fazer a sua primeira "assembléia" em Nuremberg. Sigismundo decretou que as relíquias/jóias reais fossem guardadas na cidade e assim aconteceu entre 1423 e 1796 com a coroa real, lança real e a espada imperial. Difícil falar de Nuremberg sem falar do Partido Nazista, que estabeleceu a cidade como a sede oficial de seus comícios antes da Segunda Guerra Mundial. Leia mais sobre a cidade na wikipedia.

Para dicas de viagem, recomendo os blogs Spicy Vanilla e Sundaycooks, além de posts do Viagens que SonhamosContando as Horas e Vontade de Viajar.

Bonn


Bonn não estava no artigo original em inglês, mas quis incluí-la nesta lista, afinal ela foi a capital da República Federal Alemã (Alemanha Ocidental - capitalista) entre 1949 e 1989. Fica perto de Colônia e vários órgãos do governo, grandes empresas alemãs e embaixadas/consulados ainda tem representatividade na cidade, que é considerada a 2a residência oficial do Presidente, do Chanceler e do Bundesrat ("Conselho Federal") da Alemanha desde 1994. Ela não conta com tantos atrativos turísticos assim, mas a Aline contou um pouco sobre a cidade no blog dela, A Li descobrindo a Alemanha.

Cidades alemãs que já foram capitais: Colônia, Trier, Mainz, Magdeburg e outras!


E aí, qual cidade vocês já conheciam e sabiam dessa curiosidade? Quais ficaram com curiosidade de conhecer? Dá pra incluir alguma(s) em qualquer viagem pra Alemanha! Vejam aqui os mais de 90 posts do país no blog! Se forem reservar hospedagem pelo Booking, já sabem - reservem pelos links e banners aqui do blog e ajude a manter o blog no ar sem pagar nada a mais para isso!








Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

8 comentários:

  1. Oi Fernanda, adorei o post! Dessas só conheço Colônia e Bonn. Morro de vontade de conhecer Aachen, que vi muito na faculdade aqui, pois foi importante para a França (quando o império de Carlos Magno foi dividido entre os seus sucessores, uma das áreas divididas é grande parte do que hoje é a França). Engraçado que, exatamente por causa do Carlos Magno, que é considerado um imperador francês (dos francos), Aachen (que aqui chamavam Aix-la-Chapelle) é considerada também antiga capital da França. Outra dessas cidades que morro de vontade de conhecer é Trier... Quer dizer, vontade tenho de todas, mas essas duas primeiro. Escrevi demais, beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Escreveu demais nada rs Acho muito engraçado os nomes diferentes que o pessoal dá para as cidades em cada idioma né? Eu sempre acabo preferindo o nome original! Conheça Trier q vc q adora história, vai se apaixonar!

      Excluir
  2. Que post interessante! Não sabia que a Alemanha já tinha tido tantas capitais. Vivendo e aprendendo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu não me canso de aprender (e me surpreender)sobre a Alemanha!

      Excluir
  3. Ola, bom dia.
    Legal seu post.
    Ja visitei quatro das cidades citadas: Mainz (a capital do Estado onde moro), Trier, Speyer (mas nao visitei a Catedral, so a vi de longe; fomos levar minha sobrinha pra conhecer o Technik-Museum Speyer) e Colonia.
    Por Bonn ja passei, mas nunca parei. Sei que Beethoven nasceu la.
    As outras pretendo conhecer assim que possivel.
    De Aachen ja ouvi muitos elogios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Nilcilene! Obrigada pela visita e volte sempre!

      Excluir
  4. Os nomes das cidades em Português são, na sua maioria, derivados da versão latina ou celta, que antecederam os nomes atuais ou dos quais estes derivam. Soa estranho mas é deveras interessante averiguar porquê pois há sempre histórias por contar. Aachen acaba de me seduzir mais com este post. Acho que vai ser ainda neste ano que vou visitar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, nos posts específicos sobre as cidades eu falo um pouquinho sobre os nomes romanos das mesmas e acho interessantíssimo aprender sobre o passado de todas elas. Mas sou totalmente contra usar esses nomes hoje já que na prática eles não servem para nada (tente comprar uma passagem para Mogúncia ou Aquisgrana...). O problema é que o nome mudou demais e aí a tradução não faz mais sentido como por exemplo a tradução de London para Londres faz.

      Excluir