quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas!

Que a Segunda Guerra Mundial deixou grande parte da Alemanha (e da Europa) em ruínas, todo mundo sabe. Mas muita gente nunca parou para pensar na reconstrução desses lugares nos anos que se seguiram à guerra. Um dos lugares mais destruídos e com uma das reconstruções mais espetaculares é Dresden, uma cidade lindíssima no leste da Alemanha. A cidade acabou ficando do lado da Alemanha oriental (socialista) depois da guerra e sua reconstrução foi mais demorada do que lugares onde o capitalismo imperava. Dresden foi também uma das cidades mais lindas que já conheci na vida e um dos pontos altos dos meus 3 meses na Alemanha em 2014!



Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas!
Frauenkirche e suas cores curiosas (2014), que vou explicar neste post!








Outra cidade que foi bastante afetada pela Segunda Guerra Mundial e só recentemente reconstruiu seu centro histórico foi Frankfurt! Veja como ficou a área entre o Dom e o Römer, finalizada somente em 2018!

Dresden era conhecida como a Florença do Elba (rio que corta a cidade) devido à sua arquitetura barroca e por ser um centro cultural e artístico de sua região. Já quase no final da Segunda Guerra Mundial, Dresden ainda estava praticamente intacta, mas entre os dias 13 e 15 de fevereiro de 1945, as forças aéreas americanas e britânicas atacaram a cidade que abrigava centenas de milhares de refugiados de guerra alemães com milhares de bombas e cerca de 90% do centro histórico foi destruído. O episódio é parcialmente narrado no livro "Os bebês de Auchwitz", como contei neste post com dicas de livros para ler antes de conhecer um campo de concentração. Depois do bombardeio, seguiu-se ainda um grande incêndio, que consumiu boa parte do centro.


Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas!
Mais de 90% do centro histórico da cidade foi destruído. Foram cerca de 25 mil mortos.

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas!
Foto tirada em 1945 da torre da prefeitura - Deutsche Fotothek

Muitos defendem que o bombardeio de Dresden não foi por causas militares, porque a cidade não era um grande centro militar, mas que seu propósito teria sido para baixar a moral dos alemães e aniquilar a cidade que ficaria sob domínio dos russos após a guerra. Haviam muitas fábricas na cidade, porém afastadas do centro e nem elas e nem as pontes (que faziam de Dresden um importante local na comunicação e transporte pelo Reich) foram afetados pelos bombardeios. Leia mais sobre isso aqui (em espanhol).

Dresden destruída e reconstruída


O palácio Zwinger é um dos principais pontos turísticos da cidade e hoje abriga diversos museus. Na época do bombardeio, ele já havia sido evacuado, mas foi um dos prédios severamente afetados. Sua reconstrução começou ainda em 1945, em 1951 foi reaberto ao público em partes e em 1963, já estava em grande parte restaurado como na época pré-guerra.

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Zwinger
Foto: Deutsche Fotothek

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Zwinger
Zwinger

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Zwinger
Zwinger



Seguros Promo



O Residenzschloss (abaixo) foi residência e sede do governo da Saxônia do século XII até 1918. Havia sido parcialmente evacuado em 1945 e algumas salas se perderam, mas o famoso Historisches Grünes Gewolbe (que visitei em 2014) pode ser reconstruído. Os trabalhos iniciaram-se na década de 60 e o palácio foi reaberto em 2005.

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Residenzschloss
Residenzschloss em 1965 - Foto: Deutsche Fotothek

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Residenzschloss
Residenzschloss


Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!
* indicates required












Na parede de fora do estábulo do Residenzschloss (Stallhof) está o famoso painel de azulejos Fürstenzug ou Procissão dos Príncipes. O painel milagrosamente escapou do bombardeio de 1945 e somente 200 azulejos tiveram que ser repostos. Foi limpo entre 1979 e 1980 e hoje é uma das principais atrações de Dresden.

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Residenzschloss
Stallhof. Foto: Deutsche Fotothek

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Residenzschloss
Stallhof nas 2 fotos de cima


Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Fürstenzug
Fürstenzug


Já a ópera Semperoper originalmente de 1841, foi reaberta em 1985 com a mesma performance que havia sido a última antes do bombardeio - Der Freischütz ou O Franco-Atirador).



Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Semperoper
Semperoper - Foto: Bundesarchiv
Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Semperoper e rio Elba
Semperoper na foto acima à esquerda e o rio Elba

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas!
Ruínas nas proximidades da praça Neumarkt e da Frauenkirche (fotos de 2014)




Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook




A Frauenkirche lá do começo desse post ficou em ruínas como na foto abaixo até 1993 e foi reconstruída entre 1994 e 2005, custando cerca de 130 milhões de euros arrecadados de doações do mundo todo. A igreja original barroca foi construída entre 1726 e 1743 e Bach se apresentou no local. Sua cúpula de 12 mil toneladas a 95m de altura não era nada convencional para a época e chamava a atenção. Após os bombardeios, ela resistiu em pé por algumas horas, mas acabou ruindo.


Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Frauenkirche
Ruínas da Frauenkirche em 1958. Foto: Giso Löwe - CC BY SA 3.0

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Frauenkirche
Um pouco da praça onde fica a Frauenkirche e a igreja por dentro

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Frauenkirche
interior de Frauenkirche

Dresden (Alemanha): destruída na Segunda Guerra Mundial e renascida das cinzas! Frauenkirche


Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!





Trümmrfrauen


Impossível falar de reconstrução de guerra sem citar as mulheres que fizeram grande parte do trabalho de limpeza das cidades, conhecidas na Alemanha como Trümmerfrauen ("mulheres dos escombros"). Neste link vocês podem ver algumas fotos ou então ler o post do blog Manha de Alemanha sobre o assunto.


Leia mais sobre Dresden bombardeada nesta reportagem do jornal português Observador e um resumo na wikipedia. 

Panometer Dresden


Um lugar legal para aprender mais sobre o bombardeio de Dresden e ver como a cidade ficou destruída é a atração Panometer Dresden (um pouco afastada do centro histórico, mas fácil de chegar). São 2 exposições que se revezam no espaço e a partir de janeiro/2019, a "Dresden 1945" mostrada no vídeo abaixo voltará em cartaz.





Impressionante essa cidade, não? Faça as alterações necessárias para incluí-la no seu roteiro, porque até hoje, nunca ouvi falar de alguém que não tenha gostado de Dresden, muito pelo contrário! Todo mundo se arrepende de deixar pouco tempo para ela! Todas as fotos antigas deste post tem licença para reprodução.


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

5 comentários:

  1. Deu vontade de conhecer olhando as fotos, e as construções são tão impressionantes! Me convenceu muito (e mesmo sentindo frio só de olhar)! Hahahaha parabéns! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa cidade é lindíssima!!! Berlim é minha preferida na Alemanha pela vibe da cidade, mas Dresden com certeza é mais bonita!

      Excluir
  2. Fernanda, achei excelente essa forma que você trouxe o post para nós leitores, comparando o "antes" e "depois". Dá uma vontade imensa de conhecer a cidade. E eu, que adoro visitar igrejas, simplesmente amei a Frauenkirche e já quero conhecer ao vivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! A cidade é maravilhosa e essa igreja então, não preciso nem comentar né?

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.