sábado, 12 de agosto de 2017

Como evitar problemas com sua mala e o que fazer em caso de bagagem extraviada

Com tantos viajantes por aí, é claro que acontecem muitas confusões com as malas de muita gente. Desde uma pessoa aleatória do seu voo confundir e sair com a sua mala sem querer  (clique no link para ler sobre a troca de malas da Carla do blog Fui, Gostei, Contei) até as malditas quadrilhas que roubam os itens da sua bagagem, fora as malas que se perdem nos aeroportos gigantes mundo afora. E quanto mais gente viaja, mais mala e mais problemas!

Segundo a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo), foram mais de 21 milhões de bagagens extraviadas ou entregues com atraso no mundo em 2016 (de um total de mais de 4 bilhões de malas transportadas)! OK, esse número está caindo ano a ano, mas ainda é muito alto!

Como evitar problemas com sua mala e o que fazer em caso de bagagem extraviada
Fazendo a mala

Um jeito de evitar isso tudo seria só viajar com mala de mão, mas isso é assunto para outro post! Nem sempre queremos ou podemos viajar leve então hoje vou dar algumas dicas para evitar trocas, roubos e perdas de mala!

Como evitar problemas com sua mala e o que fazer em caso de bagagem extraviada
Malas aqui de casa para a viagem da África do Sul!



Identificação da mala


Vale de tudo para diferenciar a sua mala preta das outras 98456456 malas iguais na esteira! Prender fitinhas do Bonfim e outros acessórios (como eu fiz na foto acima), usar capas protetoras como na foto abaixo (que além de diferenciar as malas, dificulta a ação dos ladrões e mantém a mala mais limpa), usar mais de uma tag de mala com seu nome e telefone/email/endereço (para quando ela for encontrada você ser localizado mais facilmente) etc.

capa protetora de mala
Capa protetora de mala do blog Felipe, o pequeno viajante

tags de mala do blog Finestrino
Tags de mala do blog Finestrino (clique no link para comprar, inclusive com estampa personalizada!)



Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook





Fique de olho


Tem quadrilha especializada em roubar malas nos aeroportos de gente distraída antes do check-in! Então não tire o olho da sua mala de jeito nenhum! O vídeo abaixo é antigo, mas esse tipo de ação continua - esta reportagem é de 2017.



Além disso, quando a atendente do check-in for colocar aquelas etiquetas com o código do aeroporto de destino, confirme que ela está mandando sua mala para o aeroporto certo! Para isso, você vai ter que pesquisar no google antes qual o código do aeroporto para onde está indo. Estou falando daqueles códigos de 3 letras como VCP para Viracopos, GRU para Guarulhos, LIS para Lisboa ou PTY para Cidade do Panamá. Lembre-se de retirar as etiquetas de voos anteriores!

Veja aqui a lista completa dos códigos dos aeroportos brasileiros, códigos de aeroportos pelo mundo e uma reportagem sobre o assunto.

Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!


* indicates required










Segurança da mala


Use cadeados sempre!!!! Aprovados pela TSA para poderem ser fiscalizados nos Estados Unidos sem danificar nem a sua mala e nem o cadeado (leiam mais sobre cadeados aprovados pela TSA no blog Viaje na Viagem). Eu sempre levo cadeados extras pensando na volta da viagem. Os lacres da SealBag também fazem sucesso porque dependendo de como você usa o cadeado, a mala ainda pode ser aberta!




Muita gente gosta de embalar a mala (dificulta a ação dos ladrões de aeroporto), mas em aeroportos pequenos esse serviço nem sempre é oferecido. Veja mais nos sites da Protecbag e da True Star. Outra ideia é usar um rastreador de mala, como explicado neste post. Você colocar dentro da mala e consegue saber exatamente a localização dela!


Outras dicas sobre extravio de mala


  • Não coloque objetos de valor como joias e eletrônicos na mala despachada;
  • Não marque voos com conexões muito curtas - mais garantia que sua mala vai seguir viagem com você;
  • Leve uma troca de roupa e itens de primeira necessidade na mala de mão;
  • Guarde os recibos dos produtos comprados durante a viagem (para poder ser ressarcido);
  • Tire foto da mala antes de despachar;
  • Faça uma inspeção na mala logo após retirá-la da esteira para garantir que ela chegou em perfeitas condições;
  • Contrate um seguro viagem para poder cobrir eventuais gastos com tudo isso!

 Contrate um seguro viagem


O que fazer quando sua mala não chega na esteira de bagagem?



Você deve dirigir-se imediatamente ao balcão da companhia aérea antes de deixar o desembarque  (sempre tem um balcãozinho ali perto das esteiras) e preencher os formulários correspondentes (RIB - Relatório de Irregularidade da Bagagem - vale também para bagagem danificada). Se você souber o modelo/cor da mala e elas estiverem identificadas, elas são rapidamente encontradas e enviadas para você (na maioria das vezes pelo menos). Caso tenha contratado um seguro viagem, acione a sua seguradora, uma vez que eles poderão auxiliar monitorando a localização da bagagem pela companhia aérea.

O prazo para encontrarem e devolverem suas malas é de até 21 dias, em caso de voos internacionais, e de 30 dias nos voos domésticos (fonte). Quando a bagagem não é encontrada de jeito nenhum (é raro, mas acontece), peça o ressarcimento do valor correspondente ao prejuízo na companhia aérea e posteriormente faça o pedido de indenização para a sua seguradora


Histórias de viagens - minhas malas extraviadas


Eu nunca tive um problema muito grande com as malas, mas me lembro de 2 ocasiões com probleminhas. Eu sempre fiz e continuo fazendo tudo o que recomendo acima, mas em 2 viagens minhas malas chegaram com atraso, justamente por culpa de conexões curtas. Mas em compensação, um amigo dinamarquês ficou 15 dias sem a mala dele quando veio para o Brasil uns 10 anos atrás! A mala ficou rodando a Europa inteira e até voltou para a casa dele na Dinamarca antes de finalmente chegar aqui em Campinas e olha que as ligações para a companhia aérea eram diárias!

Eu marco conexões com bastante folga, mas mesmo assim na primeira vez em Portugal e na Espanha, o voo Brasil-Portugal atrasou e ai perdemos a conexão para Madri. Nosso atraso foi pequeno, mas as malas foram parar na Alemanha (!!!) e só chegaram no hotel no dia seguinte. Ainda do aeroporto, fizemos a reclamação com a empresa aérea e ligamos para o seguro, que ficou no pé da companhia aérea para garantir que as malas chegariam logo, antes de irmos embora de Madri.

Em outra viagem, o voo demorou para sair de Budapeste para Paris. Depois do pouso, demoraram para liberar a saída dos passageiros de dentro da aeronave. Somado com o aeroporto horroroso de Charles de Gaule e o sistema completamente sem noção de transporte entre os terminais em Paris, tivemos que correr muito pelo aeroporto para não perder o voo de volta para o Brasil. Resultado: pegamos o voo, mas nossas malas não. Quando desembarcamos em Guarulhos, meu nome foi chamado no alto-falante porque eles já sabiam que a minha mala e a da minha mãe tinham ficado em Paris. Elas chegaram em casa de táxi (por conta da companhia aérea) sem nenhum problema no dia seguinte.

Como evitar problemas com sua mala e o que fazer em caso de bagagem extraviada

Como evitar problemas com sua mala e o que fazer em caso de bagagem extraviada


E aí, quem mais já teve problemas com malas em viagem? Fazem alguma coisa diferente para evitar tudo isso? Me contem suas aventuras nos comentários! Este post contém links para afiliados.


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

Nenhum comentário:

Postar um comentário