quinta-feira, 22 de outubro de 2020

Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia

"Baden" em alemão quer dizer "banho" e Wiesbaden é uma cidade famosa por suas águas termais (o nome traduzido seria "prado de banho"). O primeiro spa na cidade foi construído em 1810 por Christian Zais e apesar de ser um prédio modesto, foi até visitado por Goethe, que passou diversas vezes na cidade. Durante o século XIX, os benefícios do spa atraíram a classe alta e o número de visitantes em Wiesbaden de 20 mil em 1840, já tinha subido 10 vezes até 1910.

A capital do estado de Hesse conhecida por ser uma cidade-spa, fica pertinho de Frankfurt e dá um bate-volta perfeito. Quando estudei na cidade em 2014, meu plano era conhecer Wiesbaden em uma tarde, mas entre lições de casa, lavar roupa e sair com o pessoal do curso, não tive tempo. Quando comprei minha passagem da viagem de 2019 chegando por Frankfurt, a primeira coisa que pensei foi dormir lá algumas noites e aproveitar para conhecer Wiesbaden. Veja aqui dezenas de opções de passeios de um dia ou uma tarde saindo de Frankfurt e aqui dicas para viajar de trem e ônibus pela Alemanha. Cerca de 25% de Wiesbaden foi destruída na Segunda Guerra Mundial, mas comparando com outras cidades alemãs, dá para considerar que a cidade saiu praticamente ilesa.



Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Neues Rathaus, Marktsäule e ao fundo, Marktkirche


Logo na chegada, preste atenção no lindo prédio da estação! Ela foi inaugurada em 1906 pelo Imperador Wilhelm II. Em estilo neobarroco, é feito de pedra vermelha e a torre tem 40m de altura.

Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia



Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Era um sábado cedo e estava rolando feira em uma das praças perto da Marktkirche (Dern'sches Gelände). Queria comprar tudo, mas era o primeiro dia de uma  viagem de 3 meses rs.




Dostoiévski escreveu um dos seus livros mais famosos "O jogador" depois de acumular dívidas de jogo em Wiesbaden nos anos 1860. As principais ruas de compras são a Langgasse e a Kirchgasse. O centrinho histórico mais interessante fica a cerca de 1km ao norte da estação de trens, mas dá tranquilo para ir andando.


Veja aqui todos os posts sobre Frankfurt no blog!





Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Era um sábado cedo e estava rolando feira em uma das praças perto da Marktkirche (Dern'sches Gelände). Queria comprar tudo, mas era o primeiro dia de uma  viagem de 3 meses rs.



Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Marktkirche Wiesbaden - a torre principal tem 98m de altura e é a estrutura mais alta de Wiesbaden! Achei toda diferentona com as torres pontudas do estilo neogótico. A igreja tem cerca de 60m de comprimento e foi construída em tijolo vermelho entre 1852 e 2862. Foi reconsagrada em 1949, depois dos reparos dos danos causados pela guerra. Seu carrilhão de sinos (Glockenspiel) toca às 9h, 12h, 15h e 17h - são 49 sinos pesando entre 13kg e 2.300kg. Passei várias vezes ali, mas ela estava fechada para um concerto de órgãos. Confira no site, pois em tempos pré-corona eram muitos eventos do tipo.


Na mesma praça da feira, fica o Stadmuseum am Markt, no antigo Marktkeller, ou porão do mercado. Construído em 1900 para servir de adega, tem 1.300m quadrados de área útil.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Embaixo à esquerda, outro lado da Neues Rathaus. A fachada neo-renascentista foi bombardeada em 1945 e restaurada em 1951 (um lado da prefeitura é beeem diferente do outro lá no começo do post!). Tem exibições temporárias no hall. Na frente da Marktkirche podemos ver o monumento a Wilhelm of Orange, inaugurado em 1908 e chamado de "The Silent - O Silencioso". Foi um presente do Imperador Wilhelm II


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Em cima, Neues Rathaus. Embaixo, brasão da cidade no chão da praça, com a antiga prefeitura à esquerda, a fonte do leão. e o Stadtschloss à direita.



O Stadtschloss Wiesbaden é sede do Parlamento do Estado de Hesse e foi construído em 1840 para Wilhelm I, Duque de Nassau. É um palácio relativamente pequeno, pois não havia espaço suficiente naquela área central da cidade. Como Wilhelm I faleceu em 1839, quem morou no local foi seu filho Adolf. Quando este foi para o exílio em 1866, o palácio serviu para receber convidados do império prussiano e dos imperadores Wilhelm I e II. Bastante destruído durante a guerra.




Viaje Conectado



Wiesbaden, state of Hessen, Germany. This is St. Bonifatius church overlooking Wiesbaden‘s Luisenplatz. 🇩🇪 @trama.ba_fotografie IG #germanlife #germanyismydream #lovegermanygroup

Publicado por German Life em Sexta-feira, 9 de outubro de 2020

Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
A igreja de São Bonifácio fica na Luisenplatz, praça com design de 1832. O Waterloo Obelisk é em homenagem aos que perderam suas vidas lutando contra Napoleão Bonaparte. Tinha acabado de acontecer um casamento na igreja e parei para ver como era a saída dos noivos (abaixo) e aí entrei para ver a igreja. A igreja foi consagrada em 1849 e é a igreja mais antiga do centro de Wiesbaden.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Parei para comer no fofíssimo Cafe Latte Art pela decoração bonitinha mesmo bem no burburinho da Langgasse. Gastei 10 euros pelo apfelsaftschorle + esse waffle com presunto parma, rúcula e queijo pecorino com vinagre balsâmico, que estava bem gostoso. Muita gente tomando brunch completo, sorvete, cafés em geral. Alguns livros antigos e uma capa diferente de "Harry Potter e o Cálice de Fogo" em um sebo (que Harry Potter esquisito!).


A área para pedestre no centro de Wiesbaden tem mais de 1km de comprimento, sem contar com as ruazinhas perpendiculares fofas. São muitas lojas de grandes redes e pequenos negócios, além de cafés, restaurantes, livrarias, brechós, hotéis, etc.

Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Na foto do meio, na fileira de cima, está o Heidenmauer ou Heathens Wall, a estrutura mais antiga de Wiesbaden, do tempo dos romanos. Somente pequenas partes da estrutura de defesa de 364-373 AD sobreviveram. A Porta Romana foi construída em 1902 com uma ponte de madeira em cima.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Em cima à direita está a fonte Kochbrunnen de água quente, teoricamente com poderes farmacológicos. Dá pra ver a fumacinha saindo dela! Marquei outra fonte no mapa abaixo, a Bäckerbrunnen - tome no máximo 1  litro dessa água por dia, mas água quente nem deve ser possível tomar tanto assim... (eu passaria mal). No meio da fileira de baixo, stolpersteine ("pedras do tropeço") que achei em alguma rua aleatória de Wiesbaden em homenagem a vítimas do nazismo.


A Kochbrunnen e a escultura verde comemorando os 25 anos da queda do muro de Berlim (Wiesbaden ficava no lado ocidental da Alemanha) estão na praça Kranzplatz, que também tem alguns prédios imponentes, hotel, restaurante e parquinho infantil. A praça se desenvolveu na época dos romanos como uma fonte termal, dando início a uma cultura de saúde e cura, que eventualmente levou à construção do Trinkhalle (mostro mais adiante) em 1887. Como os hotéis-spas estavam sempre se modernizando na disputa pelos hóspedes, rapidamente todos os prédios da região foram perdendo suas fachadas antigas. Parcialmente destruída na guerra.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Um dos maiores relógios-cuco da Alemanha! Foi feito pelo vendedor de souvenir Emil Kronberger em 1946 e bate de meia em meia hora entre 8 da manhã e 8 da noite. Fica na Burgstrasse. Já foi o maior relógio do tipo do mundo, mas na Floresta Negra outro relógio já ultrapassou seu tamanho.


Marquei no mapa abaixo o local do Gedenstätte Synagog am Michelsberg, memorial da sinagoga que existia no local. Construída em 1869 e destruída em 1938. Além da área da sinagoga marcada, tem os nomes e fatos sobre mais de 1.500 judeus de Wiesbaden, vítimas dos nazistas.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Kurhaus, a "casa da cura" - são 2 dessas fontes na praça


Essa praça na frente da Kurhaus, com o teatro de um lado e a Colonnade do outro, se chama Bowling Green. O antigo prédio mais simples do spa foi demolido entre 1905 e 1907 e a Kurhaus foi construída  em 1907 em estilo neoclássico -  agora funcionando como centro de eventos. No prédio principal, tem dois halls maravilhosos, um cassino (Spielbank), um restaurante e algumas salas para eventos. No prédio da Colonnade ao lado tem mais salas para eventos - dizem que é o maior hall com colunas da Europa. Na inauguração da Kurhaus, o Imperador Wilhelm II que visitava o local todo mês de maio elogiou o spa como "spa mais bonito do mundo". Hoje abriga desde congressos de empresas, formaturas de estudantes da cidade e um baile de Ano Novo.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Kurhaus e Hessisches Staatstheater Wiesbaden - no portal da Kurhaus está escrito "Aquis Mattiacis", "as águas dos Mattiacis", a tribo que vivia anteriormente na região. O Teatro Estatal de Hessen apresenta cerca de 800 eventos por ano em locais diferentes. A cada temporada, são mais de 40 novas peças - clique no link anterior para informações sobre peças e tickets. Na foto acima do teatro, é o lado que está virado para o Blowling Green, mas o lado oposto é mais bonito.


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
interior da Kurhaus - o domo tem 21m de altura


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Friedrich von Thiersch Saal - Foto: Pedelecs - CC SA 3.0


Roteiro Wiesbaden (Alemanha) em um dia
Aqui dá para ver a inscrição no portal direitinho. Foto: Pedelecs - CC SA 3.0


Para quem quiser curtir uma experiência de spa, o local mais recomendado da cidade é o histórico Kaiser-Friedrich-Therme, bem no centrinho. Construída em 1913 como a casa de banhos municipal no lugar de uma terma romana, o local oferece uma sequência de saunas e piscinas, ainda administrada pela cidade. A água é aquecida naturalmente a 66,4 graus. Roupões de banho e toalha podem ser alugados e roupas de banho não são necessárias (na sauna). A idade mínima é 16 anos. Confira preços e horários no link anterior.

Cerca de 2km a noroeste do centro, fica Neroberg, ótimo para caminhadas e visitar os vinhedos mais antigos da cidade (acessível pelo Nerobergbahn, trenzinho de 1888). Ao sul, fica também o Schloss Biebrich, maravilhosa residência dos Duques de Nassau de 1744 a 1866. O palácio barroco fica na beira do rio Reno e dá uma hora caminhando desde a estação, ou seja, vá de ônibus. Restaurado em 1985 para abrigar órgãos governamentais, tem um grande e bonito parque Schlosspark. Entre a cidade e o palácio,  é possível conhecer as instalações e degustar o espumante da Sektkellerei Henkell.



Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogReal Seguros - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!


Seguro viagem europa 336x280


Como chegar a Wiesbaden vindo de Frankfurt


É possível chegar a Wiesbaden com o SBahn (tipo um metrô de superfície) saindo do centro ou do aeroporto de Frankfurt. Dependendo do que for fazer no dia e nos dias seguintes, pode valer a pena comprar um ticket diário ilimitado, um ticket unitário etc. As linhas que vão até Wiesbaden são a S1, S8 e S9 (a estação final e destino é Wiesbaden então fica fácil de achar nas placas - a mais rápida leva 40 min e a mais demorada não demora nem 1h) e também alguns trens regionais (menos frequentes, mas mais rápidos). Indo do aeroporto é a S8 ou a S9. Wiesbaden é um passeio de um dia, mas combina muito com Mainz, que está na linha S8. Ou você pode fazer como eu e voltando de Wiesbaden com a linha S1, dar uma paradinha em Frankfurt Höchst, um bairro afastado de Frankfurt, mas histórico e charmoso, cheio de casas enxaimel e até um castelo pequeno!


Outros passeios de um ou meio dia na região são Mainz, o castelo de HeidelbergHeidelberg (que na verdade merece um fim de semana todo)ColôniaRüdesheim am Rheinpasseio de barco pelo rio Reno e Koblenz. Pode ainda combinar o passeio a Wiesbaden com o bairro mais afastado do centro, Frankfurt Höchst, como eu fiz.

Onde ficar em Wiesbaden


Se você for explorar Wiesbaden, Mainz e Rüdesheim ou mais do rio Reno, pode valer a pena se hospedar em Wiesbaden ao invés de Frankfurt. Pertinho da estação de trem está o  ótimo e descolado Motel One Wiesbaden. Perto da Luisenplatz e na metade do caminho para o centro, selecionei o Business Hostel Wiesbaden Prime (que não é hostel e tem uma varanda com vista mara, além de banheiros/chuveiros com vidro transparente no quarto - cuidado com quem vai dividir!) e o Business Hostel Wiesbaden One (um pouco mais simples que o anterior, alguns banheiros são privativos e alguns compartilhados, mas é bem moderno). Para a localização perfeita no centro histórico, escolha o ACHAT Hotel Wiesbaden City. Perto da Kurhaus, escolheria o moderno, mas não luxuoso Select Wiesbaden City ou os mais caros e famosos hotéis da cidade (se o orçamento estiver mais folgado): Radisson Blu Schwarzer Bock e Hotel Nassauer Hof. Aqui estão todas as opções de hospedagem em Wiesbaden.





Booking.com






Mapa do roteiro para conhecer Wiesbaden em um dia



Marquei no mapa abaixo a estação de trens, todos os pontos que mostrei neste post em roxo (e mais alguns cantinhos para fotografar) e até o café fofíssimo onde comi (em laranja).






Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

10 comentários:

  1. Fer sua viagem pela Alemanha foi perfeita heim?! Cheia de lugares lindos!!! Já quero conhecer todas essas cidadezinhas pra lá de charmosas

    ResponderExcluir
  2. Adoro viajar pela Alemanha com os teus relatos. Para ser honesta, nunca tinha ouvido falar de Wiesbaden, mas bom saber que fica perto de Frankfurt, pois estou planejando uma viagem para lá quando for seguro viajar novamente. E de fato nem parece que a cidade passou pela segunda guerra. Tudo muito bem conservado. Achei os monumentos lindos, mas fiquei com muita vontade de ir no spa Kaiser-Friedrich-Therme.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frankfurt é o mais fácil para chegar na Alemanha saindo do Brasil e tem várias cidades assim, incríveis ali pertinho!

      Excluir
  3. Achei legal saber que Wiesbaden até inspirou um livro de Dostoiévski. O Kaiser-Friedrich-Therme deve ser realmente fantástico para curtir as termas.

    ResponderExcluir
  4. Amei esse post! Sério! Tenho sonho de conhecer a Alemanha e nunca escutei o nome dessa cidade. Mais uma na lista para conhecer pós pandemia.

    ResponderExcluir
  5. É lendo seu blog que eu percebo que preciso voltar pra Alemanha mais uma vez e passar um bom tempo por lá. Wiesbaden é só mais um dos lugares lindos que eu botei na lista rsrs

    ResponderExcluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.