domingo, 24 de julho de 2016

Polo Reale Torino, o complexo real em Turim

O Polo Real de Turim abrange o Palácio Real, a Galeria Sabauda, a Biblioteca Real, a Armeria Real e o Museu Arqueológico e remete à família real italiana, que governou o país a partir de Turim. Desde que fiquei sabendo que a Casa de Sabóia (em alguns lugares também se fala Savóia) fez Turim como sua sede, queria visitar tudo possível relacionado à ela, que é uma das monarquias menos estudadas no colégio (lembro muuuito bem das monarquias inglesas, francesas, espanholas, portuguesas, austríacas e até um pouco da alemã, mas quase nada da italiana - quase como não tivesse existido).
Chegando em Turim, o tempo estava horrível, com muita chuva então almoçamos e seguimos para o escritório de informações turísticas. Com o nosso Torino Card em mãos (mais sobre isso em breve), seguimos para visitar o Palácio Real e as outras atrações do complexo, que ficam grudadas uma na outra, bem ali na Piazza Castello, a principal praça da cidade.

Palazzo Reale


De todas as residências da casa de Sabóia, o Palazzo Reale de Turim era o mais importante, pois era o centro do poder - foi sede da família real de Savoia de 1660 até a unificação da Itália. Elas foram declaradas patrimônio da humanidade pela UNESCO em 1997.

Palazzo Reale Turim
A entrada é bonita, mas não é o mais bonito de todos os palácios/castelos que já visitei.




Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




Palazzo Reale Turim

Palazzo Reale Turim

Palazzo Reale Turim
Aqui estamos realmente entrando no castelo - o ticket só tem que ser apresentado no topo dessa escadaria para entrar de verdade das salas de exposição então mesmo quem não for conhecer o complexo todo vale a pena dar uma passadinha para tirar fotos da escadaria e dessas paredes!

Palazzo Reale Turim

Palazzo Reale Turim

Palazzo Reale Turim
Está pensando que só na França tem essa opulência toda é?

Palazzo Reale Turim
Uma sala de jantar básica rs

Palazzo Reale Turim
Sala do trono

Palazzo Reale Turim
O que é todo esse ouro? Uau!

vistas do Palazzo Reale Turim
Olhando pelas janelas podemos ver outras atrações da cidade - a Mole Antonelliana acima, a Piazza Castelo com o Palazzo Madama - que vão ser assuntos dos próximos posts!


Armeria Real


Continuando o percurso, chegamos na Armeria Real, que apresenta uma imensa coleção de armas e armaduras, mas que como ficam protegidas com vidro, as fotos ficaram ruins com tanto reflexo. Foi aberta ao público em 1837.

Armeria Real Turim
Essa é a maior sala e a que eu achei mais bonita

Armeria Real Turim

Biblioteca Real


Saindo do castelo, pode-se visitar a Biblioteca Real ali na Piazza Castelo. Ela não é grande e é uma visita rápida. A principal atração na verdade só pode ser visitada em ocasiões especiais, o autoretrato de Leonardo da Vinci, que diz a lenda, era desejado por Hitler por ter poderes especiais (mais detalhes no link anterior). Leia essa reportagem sobre uma das últimas exposições da peça e sua conservação!

Biblioteca Real Turim
Essa é a sala principal da biblioteca, com livros e globos antigos


Galeria Sabauda e Museu Arqueológico


Atravessando o pátio para os fundos do palácio, está a Galeria Sabauda, com um grande acervo de pinturas dos séculos passados. Não deu para curtir os jardins porque estava muito frio e chovendo. No mapa lá do alto do post, o museu arqueológico é um prédio separado, mas não sei se era algo temporário, mas vimos algumas peças desse museu ali mesmo no prédio da Galeria Sabauda.

Galeria Sabauda e Museu Arqueológico - Turim

Galeria Sabauda e Museu Arqueológico - Turim
No final do dia, acabei não tirando muitas fotos, mas são salas e salas com grande destaque para pinturas religiosas italianas, holandesas, flamengas e francesas.

Galeria Sabauda e Museu Arqueológico - Turim

No final do dia, já estávamos bem cansados e acabamos não indo conferir o outro prédio onde supostamente tem mais exposições arqueológicas.


Informações Práticas


Localização: Piazza Castello, mais no centro da cidade impossível. Bilheteria na Piazzeta Reale 1.
Horário de funcionamento: de 3a a domingo, das 8h30 às 19h30. Galeria Sabauda fecha 1h mais cedo e a bilheteria fecha às 18h. O Museu Arqueológico tem horários diferenciados aos domingos e feriados: das 14h às 19h30. Fechado de 2a.
Preço: 12 euros, ingresso combinado para todas as atrações deste post - grátis com o Torino Card (mas é preciso passar na bilheteria, apresentar o cartão e receber o ingresso que deverá ser apresentado na entrada do complexo).

O blog "Tá indo pra onde?" contou com o apoio do Turismo Torino com Torino Cards de cortesia, mas as opiniões expressas neste post são independentes.


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

14 comentários:

  1. Ainda não conheço Turim e já curti a dica! Adoro visitar palácios e com certeza esse local fará parte do meu roteiro.

    ResponderExcluir
  2. Que lugar lindo esse Palácio! E os detalhes? É muito ouro!
    Visita mais bonita que Versalhes, kkk

    ResponderExcluir
  3. Um passeio que está na minha lista há tempos e, com suas imagens, deu mais vontade. Post espetacular. BjO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paula! Agora vou te deixar morrendo de vontade e vc vai ser obrigada a correr pra lá! hahaha Bjão!

      Excluir
  4. Uau, é um complexo enorme... quanta pompa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita pompa né? E pra mim pelo menos foi surpreendente pq nem sabia o que encontraria por lá!

      Excluir
  5. Uau! Que experiência única. Adorei.

    ResponderExcluir
  6. Realmente de uma riqueza única. Com certeza quero visitá-lo, pois nunca fui, e agora bateu a maior vontade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não tá tão longe!! Pega uns dias livres aí e vai pra Turim!

      Excluir
  7. Olá boa noite muito legal seu post. Quanto tempo levou para conhecer?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Acho que passamos a tarde inteira entre todas essas atrações. A biblioteca é pequena e rápida, o palácio e armeria é a parte mais legal. A Galeria Sabauda acabamos fazendo correndo porque estávamos muito cansados.

      Excluir