sexta-feira, 3 de junho de 2016

O imperdível Museu Egípcio de Turim (Itália)!

Começando os posts da Itália com um dos lugares que eu mais gostei de visitar - o Museu Egípcio de Turim!

Sou louca pelo Egito desde criança e sei de muita gente que também é então sinceramente não entendo como esse museu não é mais conhecido, mas enfim... O museu de Turim é considerado o 2o mais importante do mundo, atrás somente do Museu do Cairo, então se você já se impressionou com a parte egípcia do Louvre, British Museum, Metropolitan, etc - prepare-se!

Inicialmente, o plano era se hospedar em Milão por alguns dias e fazer um bate-volta a Turim, mas quando fui pesquisar mais sobre a cidade e vi que tinha muito mais o que ver além desse museu (que com certeza já ocuparia boas horas), preferi me hospedar uns dias em Turim também porque o museu não poderia ficar de fora do meu roteiro de jeito nenhum e não queria também visitar correndo!

O inicio da coleção se deu na época das guerras napoleônicas, quando o cônsul da França levou embora muitos artefatos egípcios como prêmio de guerra. Mais tarde, a Itália comprou essa coleção que deu início ao museu. A coleção aumentou consideravelmente no início do século XX com diversas expedições italianas ao Egito. Champollion (aquele da Pedra de Roseta) passou um tempo em Turim e se surpreendeu com a coleção. São esculturas monumentais, templos reconstruídos, papiros, objetos do cotidiano egípcio, múmias e sarcófagos e muito mais!

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
Algumas das muitas estátuas imponentes! Esta sala mais escura é a Galeria dos Reis, uma das partes finais da visita.



Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




Palazzo Carignano, Turim
O lindo Palazzo Carignano fica logo ali do lado e consegui uma foto dele até de dentro do museu! Almoçamos nessa pracinha aí ao lado, de frente para o Carignano depois de visitar o museu.

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
A rua é muito estreita e não dá para tirar foto da fachada do museu. Essas fotos são do pátio interno dele.


Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Logo no começo da exposições temos alguns trechos de papiros e explicações sobre como a coleção foi crescendo e as expedições da Itália ao Egito, que trouxeram muito material. Depois, subimos de escada rolante até o último andar e vamos acompanhando o circuito descendo.

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

As salas vão nos apresentando mais sobre o Egito em uma ordem cronológica: Época Pré-dinástica/Antigo Reino, Tumba de desconhecido e tumba de Iti e Neferu, Médio Reino, Novo Reino, Deir El Medina, Tumba de Kha, Galeria dos Sarcófagos (linda!!), papiroteca, Vale das Rainhas, Época Tardia, Época Ptolemaica, Época Romana e Tardia - tradução livre. No andar de baixo, as últimas salas a serem visitadas é a impressionante Galeria dos Rei, a sala núbia e o Templo de Ellesjia

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

A tumba de Iti e Neferu foi parcialmente remontada no museu e é como se a gente estivesse dentro dela durante a visita! A tumba de Kha e sua mulher Merit é a mais impressionante, pois foi encontrada completa (século 14 aC)! Isso inclui alimentos, ferramentas e ornamentos enterrados com o corpo para serem utilizados  na vida após a morte.

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Até dia 04/setembro de 2016, estará rolando a exposição "Do Nilo a Pompéia" dentro do museu (não precisa pagar à parte). Vejam mais informação sobre ela aqui (em inglês). As salas eram escuras então só tirei as 2 fotos aqui abaixo. Até era interessante - contando detalhes da influência egípcia da arquitetura e vida em Pompéia (e alguns outros pontos romanos), mas como a coleção do museu é bem grande, acabamos passando muito rapidamente por esta parte, já que não era o nosso foco.

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
Esse que aparece 2x na montagem é o Sarcófago de Puia

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
Essa maravilha é a "Chapel of Maya"

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
A última foto à esquerda é a múmia de um jacaré!!! No museu existem múmias de aves, cobras, macacos, peixes, cachorros, gatos e cavalos!

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino
Essa é a Galeria dos Reis

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

A Itália foi um dos países que ajudou o Egito a retirar vários templos da região de Assuã na época da construção da barragem e como agradecimento, recebeu o Templo de Ellesiya (próximas 2 fotos), como presente. Ele foi completamente remontado no Museu Egípcio de Turim em 1967.

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Museu Egípcio De Turim - Museo Egizio Torino

Fim emocionante da coleção! E além de mais de 6 mil objetos à mostra, o museu ainda tem outras 26 mil peças (!!!) guardadas (para estudos, aguardando restauração, etc)! 

A lojinha do museu é fantástica também e o único ponto negativo seria o excesso de excursões de escola, enchendo os corredores rs! Ah, e os audioguides que dão muitos problemas, mas existem também explicações escritas pelo museu (italiano e inglês). O "Tá indo pra onde?" recebeu o "Torino Card" para visitar as atrações da cidade, mas as opiniões contidas no blog são isentas.

Museu Egípcio de Turim


Informações Práticas


Endereço: Via Accademia delle Scienze, 6
Como chegar: O museu fica no meio do caminho entre a estação de trem e o centro histórico, tranquilo para ir andando. Dá uns 10 minutos da estação até o museu e mais 5 minutos do museu até a Piazza Castello, a principal da cidade. O metrô da cidade não é tão útil, mas a estação mais próxima é a Porta Nuova, estação de metrô que fica no subsolo da estação de trem. Ônibus e trams: linhas 13,15,55,56,72
Horário de funcionamento: Seg das 9h às 14h, de 3a a dom das 9h às 18h30
Preço: 15 euros (grátis com o Torino Card). Não é barato, mas é a principal atração da cidade e vale MUITO a pena. Está incluído o audioguide em vários idiomas (mas não tem português, mas o espanhol é tranquilo de entender).


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

12 comentários:

  1. Amei.. sou apaixonada por coisas do Egito e meu sonho é ir até lá!!!! Muito bacana este museu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb sonho com o Egito desde criança Daniela! Enquanto não vamos, temos que conhecer todos os museus desse tema né? rs

      Excluir
  2. Mais uma apaixonada pelo Egito! Meu sonho tb é ir pra lá, mas enquanto não chega a gente vai treinando com museus interessantes como esse.

    ResponderExcluir
  3. Tá ai uma coisa que adoraria ver assim de pertinho, mas com um certo medinnho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe depois de pegar em uma cobra de verdade, vc não pode mais ter medo de nada!! rs

      Excluir
  4. Também sou louca pelo Egito!!! Em qualquer lugar que vejo uma exposição sobre o país saio correndo pra ver. No Louvre, passei horas nas antiguidades egípcias ;)
    Legal saber que em Turim tem um museu desse. Com certeza entrará para a lista de lugares a visitar lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb fiquei um tempão nessa parte do Louvre!

      Excluir
  5. Esta é uma história que eu não tenho conhecimento e, mesmo assim, encanta o seu legado, né! ;)

    ResponderExcluir
  6. Uau, é realmente incrível. Mas me dá um pouco de pena: pq isso não está no Egito né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por um lado dá dó e deveria estar lá, mas por outro é até bom que não esteja - o acesso para a maior parte das pessoas é muito mais fácil estando espalhado por Londres, NY, Paris etc. Eu mesmo não teria visto nada do Egito se tivesse tudo por lá...

      Excluir