quinta-feira, 22 de maio de 2014

Como foi assistir um jogo da Copa das Confederações em Belo Horizonte e dicas práticas para a Copa 2014

Já que a Copa está chegando, vou contar como foi minha experiência na Copa das Confederações em Belo Horizonte em 2013 - quem sabe pode ajudar alguém!

Quer dicas sobre o que fazer em Belo Horizonte em um final de semana? Leia este post!

Já sabia que seria um caos para conseguir ingresso da Copa 2014 em São Paulo e os preços absurdos não me deixariam ver algum jogo em outro lugar, então só para não ficar completamente por fora da bagunça combinei com 2 primos de assistir um jogo da Copa das Confederações. Pelas datas e horários escolhemos um jogo que seria no Mineirão em BH em um sábado, sem saber quais seriam as seleções. No final das contas, foi o jogo Japão x México da fase de grupos, que terminou com uma vitória do México e 2 gols do Chicharito (fofíssimo por sinal!). Não sou super fã de futebol, mas gosto de algumas seleções além do Brasil (Alemanha, Espanha, Uruguai e México - a ordem de preferência vive mudando).

Não foi mega emocionante porque os 2 times já estavam desclassificados, mas foi legal ter um gostinho de ver futebol no estádio (esse foi o 3o jogo que vi ao vivo - os outros foram São Paulo x Palmeiras uns 15 anos atrás e o amistoso Brasil x Romênia na despedida no Ronaldo). A primeira dica é quando forem comprar ingressos para esses eventos sem saberem quais times são, prefiram os jogos da 1a e da 2a rodada, que serão mais emocionantes porque a classificação para a próxima etapa com certeza ainda estará em jogo.

Guia do Torcedor para a Copa das Confederações
Junto com os ingressos, recebi esse caderninho super útil para turistas na cidade. Veio um mapa grande também.

mapa do Mineirão para a Copa das Confederações
Mapa do estádio que acompanhava os ingressos da Copa das Confederações



Comprando os ingressos


Comprei os ingressos pelo site oficial e acho péssimo essa história de limite de ingressos por CPF. Não dá para você combinar de ir em grupo grande porque os assentos vão ser distribuídos aleatoriamente então você só vai sentar perto das outras 3 pessoas que estão no mesmo CPF que você. (Mas entendo a ideia de restringir a quantidade para complicar a vida dos cambistas). O site da FIFA para comprar os ingressos era super confuso e difícil de achar onde mudar as informações - uma prima minha desistiu de ir e aí tive que perder hoooras no telefone e no site para mudar o ingresso do nome dela para o nome de outra pessoa. Um amigo meu precisava trocar o ingresso que estava no CPF dele e na época pesquisamos um monte e chegamos a conclusão que não era possível, só dava para trocar se você fosse um dos convidados da pessoa que efetivamente comprou os ingressos. No final das contas, NINGUÉM conferiu na entrada dos estádios se a pessoa que estava entrando era a dona do ingresso - #fail para a FIFA! Mas não aconselho ninguém a tentar fazer isso na Copa, vai que eles melhoraram isso aí, não é?

Outro problema era a falta de informações antecipadas, o que não nos deixou organizar o final de semana com antecedência. E além disso, essa prima estava indecisa se iria ou não, acabamos deixando para comprar passagens de última hora e claro, o preço estava absurdo! Acabamos indo de ônibus Campinas-Belo Horizonte, para relembrar minha adolescência quando eu fiz esse trajeto diversas vezes.

Retirando os ingressos


ingressos para a Copa das Confederações

Como a Copa das Confederações não teria jogos em São Paulo, não tinha como retirar os ingressos por aqui. Apesar da recomendação da FIFA de retirar os ingressos com antecedência, tivemos que deixar isso para o dia do jogo. Por incrível que pareça, não estava um caos, mas também estávamos lá na hora que abriu o local de retirada. Outro #fail da FIFA porque as estatísticas da Copa das Confederações diziam que um número considerável de compradores de ingressos era de São Paulo e mesmo não tendo jogo, eles poderiam muito bem ter aberto um escritório na capital paulista para retirarem os ingressos com mais facilidade, mas para quê facilitar se podemos complicar, não é mesmo?

A informação de onde deveríamos retirar o ingresso e como chegar lá saindo de aeroportos ou rodoviárias só foi divulgada umas 2 semanas antes, então para os freaks de planejamento que nem eu foi uma tortura! Se eu fosse de avião, queria saber qual aeroporto ficaria mais fácil para pegar o ingresso e isso não era possível - a não ser nas vésperas do jogo com as passagens super caras!

Para ir dos aeroportos de Belo Horizonte (Confins e Pampulha) ao centro da cidade, existe um ônibus executivo que peguei em outra viagem, mas no final das contas como chegamos na rodoviária, não utilizamos este serviço. A FIFA instalou um "escritório" para retirada de ingressos no estacionamento de um shopping perto da Praça Floriano Peixoto, que ficava a uma curta distância de táxi da rodoviária. Como era perto e o táxi sairia perto de R$10,00 em 3 pessoas nem pesquisamos como seria o trajeto em transporte público.

Indo do centro para o estádio Mineirão


Uns 10 dias antes de começar a Copa das Confederações, ficamos sabendo que seriam disponibilizados vários ônibus em 6 rotas para levar gratuitamente os torcedores para o estádio, porque se já temos vários problemas de trânsito, imaginem acrescentando milhares de torcedores indo de carro? É uma ótima ideia, mas infelizmente foi anunciado que existirá um esquema parecido para a Copa 2014, mas NÃO será gratuito. Abaixo, vocês podem ver os locais de onde partiam os ônibus e a rota que faziam, mas até agora não foi divulgado se as linhas serão as mesmas para a Copa.

Linhas especiais de ônibus em BH para a Copa das Confederações


Esses ônibus especiais não foram bem divulgados, tanto que um amigo meu de Campinas que também foi para o mesmo jogo só ficou sabendo quando chegou lá. Eu descobri porque eu e meu primo fuçamos muito no Google, querendo saber como fazer a logística toda.

Na Copa das Confederações, um dos terminais de onde saíam esse ônibus grátis era justamente da praça atrás do shopping onde devíamos retirar os ingressos, o que foi ótimo. Chegamos super cedo na rodoviária, fomos para o shopping retirar o ingresso e logo em seguida para a praça, ficar na fila do ônibus para o estádio. Como ainda prevíamos uma bagunça na cidade por conta das manifestações que estavam acontecendo na época, queríamos chegar logo na região da Pampulha (que é longe pra caramba!) e nem aproveitamos para conhecer nenhum atrativo da cidade - ainda bem que já conhecia de outros carnavais. Eu super aconselho chegar lá/sair de casa ou do hotel cedo. O nosso trajeto em um sábado perto da hora do almoço durou um pouco mais de 1h!

No Mineirão


Ao desembarcar do ônibus, tivemos que andar um belo trecho (de subida!) até o estádio mesmo. Tudo isso porque existe um perímetro de segurança da FIFA, onde é proibido circular veículos e todas as pessoas são revistadas antes de entrar. 

Lemos em algum lugar que era proibido levar comida para dentro dos estádios (claro que estavam vendendo várias coisas a preços exorbitantes lá dentro) e como tínhamos levado várias coisas para economizar, sentamos na frente do estádio, com essa vista aí embaixo para comer. No final das contas, conseguimos entrar com várias bolachas e barras de cereais que passaram desapercebidas na revista de bolsas e mochilas. Mas agora que peguei o ingresso antigo para olhar, não achei nada escrito sobre comida, mas sim sobre líquidos comprados fora do estádio - não pode.

Estádio do Mineirão em Belo Horizonte

Foram montados vários banheiros um pouco melhores do que banheiros químicos na entrada do estádio, mas o #fail aqui é que não tinha água!!!! E nem todos os banheiros tinham papel também!

dentro do Mineirão
Estádio praticamente vazio porque chegamos cedo

Fomos dos primeiros a entrar efetivamente no estádio e pudemos observar um monte de torcedores japoneses e mexicanos fazendo a festa! Quando uma das torcidas se empolgava era muito engraçado e dava até dó dos japoneses perdendo porque os torcedores eram animados demais! E não sei como será na Copa, mas as torcidas ficavam todas misturadas no estádio - a maioria no final das contas era de brasileiros mesmo tendo um jogo do Brasil no mesmo dia e horário.


Saindo do Mineirão


É claro que na saída do jogo tinha uma mega manifestação e não conseguimos pegar o ônibus gratuito para voltar ao centro. O problema era que a manifestação vinha da Avenida Antônio Carlos, que era a direção que queríamos pegar. A única saída possível do estádio era na direção da Avenida Carlos Luz, que vocês podem ver abaixo.

mapa das proximidades do estádio em BH na Copa das Confederações
Mapa adaptado do site do aeroporto, o ônibus desembarcou o pessoal no círculo no alto a direita e voltamos caminhando pela avenida marcada no círculo debaixo a esquerda

Tivemos que andar um belo trecho por essa avenida, no meio da multidão que não sabia direito o que estava fazendo/ para onde estávamos indo. Eu só sabia que estávamos indo em direção ao centro, fugindo da manifestação. Enquanto isso, tentávamos pagar um táxi ou ônibus circular, mas estavam todos cheios é claro - com milhares de torcedores fazendo a mesma coisa. Depois de passar um shopping (desconfio que fosse o Shopping Del Rey - olhando agora no mapa dá 40 minutos andando) finalmente conseguimos pular em um ônibus que nos disseram que iria para o centro. Para a nossa sorte, ele passaria pertinho da rodoviária. Chegamos lá mais ou menos 1 hora antes do nosso ônibus de volta sair e ainda enrolamos um pouquinho. No final das contas, ainda levamos um susto quando uma manifestação (acredito que era outra) estava chegando perto da rodoviária, mas nosso ônibus conseguiu sair a tempo de pegar a estrada sem ser impedido.

Esse bate-volta Campinas-BH foi uma aventura!

Você quer dicas de hospedagem, alimentação, como sair e chegar no aeroporto de Confins? Siga as dicas desse post sobre outra viagem que fiz para Belo Horizonte!

Dicas para assistir jogos em estádio na Copa 2014


  • Vá com calçado confortável porque com ou sem manifestação, você terá que caminhar um trecho razoável (e BH é cheia de morros);
  • Vá com roupas confortáveis e que possa sujar - outros torcedores podem ter pisado no seu assento, e é tudo meio apertado então acidentes com bebidas são comuns;
  • Chegue com antecedência porque é um mundo de gente querendo entrar na mesma hora;
  • Leve papel higiênico na bolsa porque nunca se sabe se vai ter água e papel nos banheiros (especialmente para as mulheres);
  • Leve dinheiro para comprar comidas e bebidas - era possível comprar com cartão nas lanchonetes do estádio, mas muitas vezes a fila para pagar em dinheiro é bem menor e você não pagou caro no ingresso para perder um tempão do jogo na fila;
  • Eu levaria alguns petiscos na bolsa/mochila - conseguimos entrar na Copa das Confederações, mas li em algum lugar que seria proibido, então não é garantido;
  • Leve celular com bateria cheia;
  • Não leve nenhum dos itens proibidos (mastros de bandeiras, cartazes e bandeiras grandes, etc)
  • Se você for muito preocupado que nem eu, leve mapas impressos da região - principalmente se você não conhecer a cidade - nunca se sabe onde irão parar caso as manifestações sejam iguais às do ano passado;
  • Grude nas pessoas que estejam com você e combine pontos de encontro para desencontros na saída;
  • Tenha o plano B, C, D, etc para chegar e sair dos estádios - de novo, nunca se sabe onde você vai parar caso aconteçam mais manifestações.

telefones de emergência para turistas em Belo Horizonte
Telefones de emergência para o pessoal que for para BH, entregue junto com o guia do torcedor que falei acima


E você assistiu algum jogo da Copa das Confederações? Vai assistir algum jogo da Copa do Mundo no estádio? Tem mais alguma dica a acrescentar?


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

Nenhum comentário:

Postar um comentário