terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Como visitar a Basílica de Superga em Turim?

Já dei aqui no blog diversas dicas sobre Turim, uma cidade que nos surpreendeu na nossa viagem de mais de 20 dias pelo norte da Itália em maio passado, mas ficou faltando falar de uma atração famosa da cidade: a Basílica de Superga (que fica um pouco afastada das outras atrações e por isso tem as dicas de como chegar lá no fim deste post)!

Veja todos os posts sobre Turim publicadas aqui!

Basílica de Superga, Turim
É possível subir até o alto do imponente domo de 65m de altura, mas como o tempo não estava bom no dia que fui, ele estava fechado.

Aqui tem um post com todas as dicas de atrações em Turim!




Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




A Basílica de Superga


No inicio do século XVIII, o duque Vittorio Amedeo II e seu exército estavam cercados em Turim e foi feita uma promessa para a Virgem Maria. Assim que se livraram do cerco, o duque mandou construir essa basílica para pagar a promessa. Construída por Filippo Juvarra (que também construiu e reformou muitos outros edifícios famosos de Turim) entre 1717 e 1731, só foi consagrada em 1749. 

Basílica de Superga, Turim

Basílica de Superga, Turim

Basílica de Superga, Turim

Basílica de Superga, Turim

Basílica de Superga, Turim
cúpula impressionte

Existe uma placa no local  lembrando os integrantes de um time de futebol (Torino) que sofreram um acidente de avião na colina da Basílica em 1949. O time, apelidado de Grande Torino, era considerado o melhor time italiano da época.


Memorial às vítimas do desastre em Superga em 1949
Memorial às vítimas do desastre em Superga em 1949. Foto: domínio público.



Visitando as tumbas e os apartamentos reais na Basílica de Superga (Turim)


Embaixo da Basílica, existe um mausoléu ricamente e extensamente decorado com as tumbas de reis, príncipes e princesas  de Savoia dos séculos XVIII e XIX. Na página da wikipedia em espanhol tem uma lista de monarcas enterrados ali. A Casa Real de Sabóia possuía apartamentos no local, que também estão abertos a visitação. Infelizmente, é proibido tirar fotos então coloquei aqui algumas fotos do site oficial da basílica.

Basílica de Superga, Turim
Claustro

Tumbas Reais na Basílica de Superga, Turim
Tumba real em Superga

Tumbas Reais na Basílica de Superga, Turim
Tumba real em Superga

Tumbas Reais na Basílica de Superga, Turim
Tumba real em Superga

Apartamentos Reais na Basílica de Superga, Turim
Apartamento Real em Superga

Apartamentos Reais na Basílica de Superga, Turim
Apartamento Real em Superga

Existem tours em diversos horários para fazer as 2 visitas e não é possível entrar no local sem guia (em diversos idiomas e no nosso caso o guia até falava uma mistura de português com espanhol e italiano). Infelizmente, os horários são meio confusos (e não estão online) então acabamos entrando somente nas tumbas.

Leia as dicas de restaurantes em Turim aqui no blog, inclusive o Eataly original!

Dicas práticas para visitar a Basílica de Superga


Com certeza o passeio é muito mais proveitoso em dias bonitos, porque Turim vista lá do alto é uma das atrações! Mas era nosso último dia na cidade então não tínhamos opção. Fomos logo cedo para aproveitar o dia e visitamos primeiro a basílica e em seguida as tumbas. Mas infelizmente teríamos que esperar mais de 2h para o próximo tour dos apartamentos e com o tempo fechado não teria nem o que ficar fazendo lá em cima durante a espera. Comemos na lanchonete simples do local, mas desistimos de esperar e descemos para continuar explorando a cidade.

Onde comer na Basílica de Superga, Turim
Bicerin é uma bebida típica de Turim (confesso que não curti). Na foto do meio, os sanduíches que foram nosso almoço naquele dia (piadina) e na direita o único banheiro do local - não esperava encontrar isso na Europa não, sinceramente!

Site: Basilica di Superga
Localização: Strada Basilica de Superga, 73 - 10132 (TO)
Preço: 5 euros para apartamentos e tumbas reais - cada/ 3 euros para a subida ao domo, grátis com o Torino Card.
Horários: das 10h às 18h (19h no verão) para a basílica e visitas - confirme no site oficial pois os horários para o domo são diferentes.

Veja aqui dicas de hospedagem em Turim, inclusive review do Starhotel Majestic, pertinho da estação de trem!

Como chegar na Basílica de Superga (com mapinha!)





Da frente da estação de trem Porta Nuova, pegamos o ônibus da linha 68 (outra opção é a linha 61) até a parada "Sassi-Superga" (na Europa, cada ponto de ônibus tem seu próprio nome assim como as estações de metrô então é super fácil se locomover). A pouquíssimos metros de parada do ônibus está a estação "Sassi-Superga", onde pegamos a cremalhera até o alto do morro. Como expliquei no post sobre o Torino Card, o bilhete de ônibus estava incluído em um passe que compramos e pagamos 4 euros pelo bilhete da cremalhera ida e volta (com desconto do Torino Card).

Saindo da Piazza Vittorio, deve-se pegar o ônibus 61 ou 68 e saindo da Piazza Castello, deve-se pegar a linha 15 - tram. Para voltar, pegamos o tram linha 15 até a Piazza Castello.

Como ir de Turim até a Basílica de Superga
As 2 fotos de cima são do ponto de ônibus e as 2 de baixo já são da mini estação de onde saem a cremalheira para Superga.

Como ir de Turim até a Basílica de Superga
Na estação tem um restaurante, Fiquem de olho nos horários da cremalheira nesse site, pois não são muitas opções.

Como ir de Turim até a Basílica de Superga
Trenzinho para subir (cremalheira)

O trenzinho para a poucos metros da basílica. Chegando lá em cima, era para termos uma bela vista da cidade, mas estava muito nublado naquele dia! :(

Turim vista da Basílica de Superga
Turim vista de Superga (com neblina)


Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

6 comentários:

  1. Que pena que o dia estava fechado. Certo que eu subiria na duomo; adoro ver as cidades de cima.
    Sobre o banheiro, vi um igualzinho em Roma... bizarro!

    ResponderExcluir
  2. Quantos detalhes tem essa Basílica, hein?
    É o tipo de passeio que adoro fazer e que com certeza farei quando for a Turim =)

    ResponderExcluir
  3. Tem lugares que são passagem obrigatória né? Que lugar mais bonito gente. Até as tumbas são bonitas. kkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siiim, tem uns cemitérios que valem a pena fazer turismo tb hehehe Se tiver coragem...

      Excluir