domingo, 13 de março de 2016

Como aproveitar melhor um bate-volta para Potsdam saindo de Berlim!

A cidade de Potsdam fica tão perto de Berlim que é completamente interligada no sistema de transporte da capital alemã. Você só precisa garantir o seu ticket da zona ABC  para 1 dia (e pegar o SBahn S7 com destino final Potsdam Hbf ou o trem regional mais rápido RE1 direção Magdeburg ou ainda o RB 21 sentido Wustermark) e fugir da cidade grande para o antigo refúgio dos reis da Prússia!

Mas o Parque Sanssouci (onde está o famoso e lindo Palácio Sanssouci e outras construções interessantes) não é pequeno então tem que acordar cedo para o dia render! A cidade capital de Brandemburgo também é casa do Cecilienhof, local onde aconteceu a Conferência de Potsdam em 1945 (que decidiu o futuro da Alemanha após a Segunda Guerra Mundial).

Palácio Sanssouci, Potsdam, Alemanha
Palácio Sanssouci em Potsdam

Marquei no mapa abaixo algumas atrações que visitei ou gostaria de ter visitado em Potsdam:






Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!





A estação de trem de Potsdam fica relativamente longe do parque e a caminhada até lá não é difícil. Durante essa caminhada, dá para conhecer um pouco do centrinho da cidade, inclusive o bairro holandês e um outro Portão de Brandemburgo (às vezes chamado também de Portão de Berlim - Berliner Tor).

Stadtschloss (parcialmente destruído na Segunda Guerra, demolido pelo partido socialista que dominou aquele pedaço da Alemanha e reconstruído recentemente - hoje abriga o Parlamento Estadual de Brandemburgo) e o Filmmuseum (ocupando o antigo estábulo do palácio)

Potsdam, Alemanha
Acima à esquerda, Alte Wache. Nagelkreuzkapelle acima à direita e abaixo à direita, símbolos da Igreja da Guarnição (Garnisonkirche), que foi destruída, mas existe um projeto de reconstrução. Abaixo à esquerda, Hiller-Brandtsche Häuser.

 Brandenburger Strasse e Branderburger Tor, Potsdam
Brandenburger Straße e Branderburger Tor

Holländisches Viertel, Potsdam
Holländisches Viertel - construído por operários holandeses que chegaram na cidade no século XVIII

Mas como o parque é imenso, a caminhada de ida + a caminhada dentro do parque + a caminhada dentro do(s) palácio(s) + a volta acaba ficando demais então não recomendo que façam todo esse trajeto a pé como eu tentei fazer e me arrependi: vá de ônibus!

(O transporte público na cidade já está incluído no ticket ABC de Berlim ou também se preferir existem aqueles ônibus hop-on, hop-off exclusivo de Potsdam, que você pode subir e descer o quanto quiser! Outra opção é trocar de trem e continuar até a estação Potsdam Park Sanssouci Hbf, perto do Neues Palais, mas de qualquer jeito fica bem longe do Palácio Sanssouci. Use o site da VBB para calcular trajetos de transporte público.)

O trajeto que eu recomendo hoje: ir até o Palácio Sanssouci de ônibus (695 ou X15), visitá-lo,  ir caminhando pelo parque até o Neues Palais (parando pelas outras atrações no caminho) e ai seguir de ônibus até o Cecilienhof e depois de ônibus novamente até a Potsdam Hauptbahnhof. Nesse último trajeto, de acordo com o tempo disponível, parar no centrinho antigo da cidade.

Parque Sanssouci


Ocupando uma área de 278ha, é o destino certo para o pessoal que adora um castelo/palácio porque em Berlim mesmo só existe um!  O Sanssouci foi o primeiro palácio a ser construído ali em 1747 no local de um antigo pomar e o parque expandiu-se ao longo dos anos, com acréscimos de palácios e pavilhões. Clique no link de cada construção para mais informações em português ou inglês e também para horários de funcionamento atualizados.

mapa Parque Sanssouci, Potsdam
Mapa da wikipedia

Parque Sanssouci, Potsdam
No alto, Igreja da Paz e as cores do outono

Parque Sanssouci, Potsdam
Bildgalerie à esquerda - erguido entre 1755 e 1764, é o prédio de museu mais antigo construído para esse fim.

Historische Mühle ou Moinho Histórico

Schloss Sanssouci em Potsdam
Schloss Sanssouci de vários ângulos (sans souci em francês quer dizer sem preocupação)

O Palácio Sanssouci é a antiga residência de verão de Frederico, o Grande, rei da Prússia. Comparado usualmente com o Palácio de Versailles na França, é bem menor, mas igualmente lindo! Em apenas um andar térreo, são cerca de 10 salas ricamente decoradas e foi construído para que o rei escapasse da vida da corte em Berlim. O palácio e o jardim são patrimônios mundiais da humanidade desde 1990 e foi a casa da dinastia Hohenzollern até a queda do império alemão, em 1918. Leia mais sobre a família real prussiana.

Schloss Sanssouci em Potsdam

É possível visitar com um audioguia ou em um tour guiado (inglês ou alemão) com horário marcado. No dia que eu fui, apesar de ser quase inverno e poucos turistas, tive que esperar um bom tempo para poder entrar e acabei pegando o tour guiado em alemão (difícil!), que era o próximo. Se fosse esperar o em inglês ou pegar um dos audioguias, ia demorar mais ainda! É preciso pagar uma taxa extra para fotografar (no tour guiado eu não recomendo porque é pouco tempo para entender o que a guia fala, admirar as salas e detalhes e ainda tirar fotos! Dica sobre ingresso antecipado lá no final do post!

Como são poucas opções de alimentação, recomendo levar um lanche e fazer um picnic! Ainda bem que eu tinha levado algumas porcarias, que foi o meu almoço naquele dia.

Schloss Sanssouci em Potsdam
As videiras formando uma entrada grandiosa para o palácio

Schloss Sanssouci em Potsdam

Schloss Sanssouci em Potsdam
Acabei não tirando uma foto boa, mas pertinho desse pavilhão verde e dourado das 2 fotos de cima está o túmulo de Frederick II.

Parque Sanssouci, Potsdam
Mais do jardim e o Neue Kammern - palácio para hóspedes reais, ao lado do palácio principal. Antes era uma estufa de frutas.

Parque Sanssouci, Potsdam
Acima à direita, Orangerie e abaixo à esquerda, Marmorkolonnade (também conhecida como Rehgartenkolonnade) em pintura de Johann Friedrich Nagel, em 1792. Abaixo à direita, Chinesisches Teehaus (Casa de Chá Chinesa)

A Orangerie foi construída entre 1851 e 1864 para hospedar a realeza estrangeira e outros convidados e foi residência do czar Nicolau e sua mulher irmã do rei Frederico Guilherme 4o. Já a casa de chá em estilo chinês apresenta uma exposição de porcelana oriental finíssima do século XVIII na construção em estilo rococó. Originalmente, destinava-se a jantares de verão.

Chinesisches Teehaus (Casa de Chá Chinesa) - Potsdam

Neues Palais, Parque Sanssouci, Potsdam
Neues Palais - construído entre 1763 e 1769, achei o mais bonito (por fora). Construído entre 1763 e 1769, possui 2 andares e 3 alas, com mais de 200 cômodos ricamente decorados. Na ala sul, encontram-se um pequeno teatro e os aposentos reais.

Neues Palais, Parque Sanssouci, Potsdam

Na frente do Neues Palais ficam algumas construções impressionantes que pertencem à Universidade de Potsdam (foram construídas como a ala de serviços do palácio)

Neues Palais, Parque Sanssouci, Potsdam

Como fui na baixa estação (entre novembro e março), somente o Sanssouci e o Neues Palais estavam abertos à visitação, então vou ter que voltar outra vez! Acabei não entrando no Neues Palais porque além de muito cansada da andança toda, a principal sala do palácio estava em reforma e fechada . Ou seja, entre abril e outubro, vai ser difícil dar conta de visitar tudo em um dia só! A sugestão de fazer alguns trajetos de ônibus que dei acima é para agilizar os deslocamentos e possibilitar todas as visitas. Sugeri que se começasse pelo Palácio Sanssouci, pois os bilhetes com hora marcada esgotam rápido em dias cheios. Para comprar online tickets com horário marcado para o Sanssouci,  utilize o site oficial. Existem tickets individuais para cada atração (que valeu mais a pena no meu caso) e o ticket para um dia para todas as atrações do Parque Sanssouci por 19,00 euros! A entrada no parque é grátis.

Se quiser conhecer Potsdam em um tour guiado desde Berlim, recomendo o tour vendido pelo parceiro do blog, Ticketbar, mas já adianto que o tempo de passeio é bem curto!



Neuer Garten


Para visitar o Cecilienhof (construção nova da dinastia Hohenzollern - entre 1914 e 1917), o Marmopalais (pequeno palácio na beira do lago que é exemplo da arquitetura neoclássica) e o Neuer Garten, recomendo seguirem as dicas da Bruna, do blog Contando as Horas.

Cecilienhof, Potsdam, Alemanha
Cecilienhof, foto da Wikipedia

Como tem muita coisa para ver na cidade, se hospedar em Potsdam até que não seria uma má ideia! Vejam aqui todas as opções de hotéis na cidade. Reserve o seu pelos links e banners do Booking espalhados pelo blog, não pague nada a mais por isso e nos ajude a manter o blog!

Quem aqui já foi para Potsdam? Como fez para ver tudo isso em um dia só? Ou teve que priorizar?


Você já curte nossa fanpage no Facebook segue o nosso Twittero nosso Instagram e Google+?

8 comentários:

  1. Fer, q post! Vc sabe tudooo de Alemanha! Pena q minha visita a Berlim foi tão curtinha...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carlinha!!! Já sabe então que tem que voltar né? rs

      Excluir
  2. Eu só entro aqui para passar vontade né!
    Dicas incríveis. Vou deixar separada para uma grande oportunidade de conhecer Berlim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe A crise tá brava, mas Alemanha é dos países mais baratos da Europa mais clássica então pode colocar o país na sua wishlist pra já!

      Excluir
  3. Acho que vamos visitar a Alemanha no final do ano e já não sei como vou lidar com tanta coisas para visitar! ahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahha Se eu te contar quantas cidades eu marquei no meu mapa pra visitar na Alemanha... Preciso da vida inteira pra dar conta!

      Excluir
  4. Olha eu aqui morrendo de vontade de conhecer a Alemanha. Graças a você Fe e seus posts maravilhosos. Amei das dicas! Bjs

    ResponderExcluir