quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Dicas gerais para fazer safáris

Finalmente os posts sobre a África do Sul estão quase acabando! E olha que só conheci uma parte pequena do país! Continuando os posts sobre safári, depois dos "Big Five", um post sobre outros animais que encontramos em safáris e outro sobre a Shamwari Game Reserve, hoje dou dicas gerais para fazer safári, inclusive algumas que respondem dúvidas que eu tinha antes de ir para a África do Sul.

Tudo o que você gostaria de saber sobre safáris


safári no Shamwari Game Reserve
Entrada da reserva, de dentro do ônibus

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve


Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!





safári no Shamwari Game Reserve
mapa da reserva

safári no Shamwari Game Reserve
estátua da "Mama Africa"

safári no Shamwari Game Reserve
Visão geral da reserva (que tínhamos durante boa parte dos safáris)

safári no Shamwari Game Reserve


Está gostando do post? Aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook



Algumas dicas práticas para fazer safári


  • O carro balança muito! Não é culpa do carro, mas sim das estradas de terra então como já disse aqui é um belo de um exercício para os glúteos!
  • A gente recebia uma garrafa mineral cada um na hora de sair para os safáris, mas eu aconselho a não beber líquido umas 2 horas antes de sair e durante a primeira hora do safári também! Não sei se é assim em todas as reservas, mas na que fomos não havia nenhum banheiro pelo caminho e se alguém precisasse muito, tinha que usar o "bush toilet", apelido que demos depois de algumas pessoas do grupo precisarem usar o matinho. Confira se tem papel higiênico antes de sair!
  • Vistam roupas confortáveis e não esqueçam do óculos de sol - nos safáris da tarde às vezes é necessário dependendo em que direção o carro está andando, mas não fique com ele o tempo todo porque aí você perde um monte de coisas! Quanto às roupas, eu acho que o ideal seriam aquelas calças que viram shorts (vejam aqui quem não conhece). Eu não tenho e me virei com calça jeans mesmo. Logo cedinho era um frio do cão e como voltávamos às 9h da manhã, não dava tempo de esquentar muito, nem mesmo no verão então saía de calça e com todos os casacos que levei. Já no safári da tarde eu percebi que o ideal era ir de shorts e camiseta e levar uma calça e vários casacos para colocar por cima conforme fosse esfriando (lembre-se que não tem banheiro!).
  • Como venta muito e os carros são abertos, a chance de você passar frio é bem maior do que passar calor, então agasalhe-se! Eles forneciam uns cobertores para a gente se aquecer, mas você sempre quer tirar o braço para tirar fotos, por exemplo.
  • Ainda no mesmo assunto "frio/vento", leve uma echarpe/cachecol mesmo no verão! O vento é demais com a velocidade do carro e eu só não me dei mal porque consegui uma echarpe emprestada. Mesmo enrolada com o cobertor, a parte do pescoço/cabeça fica para fora.
Guia África do Sul: Lugares Incríveis
Precisa de ajuda para montar seu roteiro para a África do Sul? Indico esse guia acima - já contei tudo sobre ele aqui no blog!
  • Cuidado com bonés e chapéus que não estejam bem amarrados na cabeça - quando o carro está em movimento, venta muito!
  • Para esse tipo de passeio, o sapato ideal é tênis, mas para ser bem sincera, na maior parte você vai ficar sentada no carro sem levantar, então tanto faz o sapato que estiver usando, só lembre-se que você pode dar alguma saidinha do carro (para usar o matinho por exemplo) e aí saltos e chinelos não são adequados.
  • A recomendação é que você não use roupas muito chamativas, por exemplo da cor vermelha, porque chamaria a atenção de alguns animais e poderia causar algum perigo. Por isso que as roupas de safári que vemos normalmente são da cor bege.
  • Crianças pequenas não são aceitas normalmente em safáris. Verifiquem a idade mínima em cada reserva. O problema é se uma criança chorar em horário inadequado por exemplo, pode chamar a atenção de algum animal e colocar todo o grupo em risco - o guia explicou que os animais enxergam o carro como um item só - como se fosse um animal grande e é por isso também que não devemos levantar do assento e nem colocar pés/mãos/cabeças para fora porque isso poderia sinalizar para os animais que somos menores do que eles pensam.
  • Para não chamar a atenção também, eles pedem para falarmos bem baixo quando estivermos perto de algum animal.
  • Algumas pessoas levaram binóculos, mas no nosso carro não tinha nenhum. Como a gente chega bem perto dos animais, não acho tão necessário. Se você for procurar por eles, provável que sim, mas como quem faz isso é o ranger, não precisa se preocupar. No começo eu achava que qualquer monte laranja era um leão, mas no 2o dia eu já sabia diferenciar mesmo de longe e várias vezes achei algum animal a olho nu.
  • Abaixo vou mostrar o caderninho de checklist que estava disponível nos nossos quartos, com os nomes de todos os animais e plantas da reserva. A gente ia perguntando para os guias e marcando tudo para não esquecer. É uma ótima ideia porque é muito bicho grande, pequeno, pássaro e plantas e depois você não vai lembrar nem da metade!
safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve
Os nossos guias - a Laura e o Ntobeko (para pronunciar esse nome era só ignorar o N no começo). A Laura, espanhola, estava ali mais para traduzir porque no nosso grupo de 6, 3 não falavam e não entendiam muito bem inglês. O Ntobeko era o nosso ranger.

safári no Shamwari Game Reserve

Mais para o final do safári, era servido esse lanchinho (como se a gente já não comesse o suficiente!).

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve
Essas toalhinhas quentes estavam sempre nos esperando ao final do safári. Quando estava frio, serviam também chocolate quente logo que descíamos do carro e quando estava calor, um suco.



checklist de animais e plantas para safári
Caderninho para fazer o checklist de bichos e plantas que vimos nos safáris

checklist de animais e plantas para safári

checklist de animais e plantas para safári

checklist de animais e plantas para safári

Já tinha falado um pouco do Born Free Sanctuary no post sobre a reserva, mas aqui estão algumas fotos de quando visitamos o local.

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

safári no Shamwari Game Reserve

Mais um detalhe sobre o Shamwari Game Reserve - todos os dias quando os quartos eram arrumados, deixavam uma historinha de algum folclore africano no travesseiro para os hóspedes aprenderem mais sobre a região. Eu trouxe 2 delas para casa: "Why dung beetle is so strong" e "How serval got his spots".

A Dri Setti também fez uma série de posts sobre safáris na África do Sul recentemente, mas ela não ficou nessa reserva. Acompanhe aqui. Leia mais sobre safáris nos blogs abaixo:


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

18 comentários:

  1. Obrigada por ter recomendado os posts do safári que fiz na Tanzânia e no Quênia. Abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por todas as recomendações deste blogue. Aparece no meu e adere se gostares =) bjs e bons passeios

    ResponderExcluir
  3. Quase eu ia neste hotel, mas eles estavam lotados, acabei ficando no Kuzuku e gostei bastante tb! Deu uma vontade de voltar agora...

    ResponderExcluir
  4. Desde criança meu sonho é ir fazer um Safari na África do Sul, pena que até hoje ainda não fui realizar ele! :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério??? Tem noção que África do Sul não é tão cara e esse mês tá cheio de promoção de passagem pra lá???

      Excluir
  5. Muito legal! Ando louca para fazer um safari!!! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai Gabi!!! Eu nem curto muito bichos, mas amei safári! É completamente diferente de qq outra coisa por aí!

      Excluir
  6. Uau, para mim é um assunto totalmente novo. Nunca pesquisei nada sobre e seu post me surpreendeu bastante. 😉

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe antes da ideia dessa viagem surgir eu tb não sabia nada, nada...

      Excluir
  7. Nunca pensei em fazer um, mas quando leio posts legais como esse brota um desejo, aqui. Interessante as dicas práticas, especialmente sobre as variações climáticas. BjO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Paula! É o tipo de info que eu sempre procuro e dificilmente acho antes de ir para qualquer lugar!

      Excluir
  8. Ótimas dicas!!!
    Na maior deprê porque o safári não vai acontecer esse ano, mas já estou pegando as dicas por aqui.
    Não sabia que existia esse caderninho com check list dos animais e plantas que vemos pelo passeio. Super legal ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Gabi, logo logo sai! Não sei se esse caderninho tem em todos os lugares, mas achei bem legal mesmo!

      Excluir
  9. Oi Fernanda, adorei sua dicas, muito esclarecedoras!
    Estou indo para Africa do Sul em Abril/2017 de lua-de-mel! Vamos ficar 14 dias inteiros viajando. A idéia é chegar por JNB e ir direto fazer um safári (3 dias/2 noites) depois descer de avião até Porth Elizabeth e ir até Cape Town de carro, sem pressa, conhecendo tudo!
    Como temos 2 noites logo na chegada para safari, que lugar você indicaria? É tanta opção que eu to ficando louco! rs
    Muito obrigado pela atenção!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Matheus! Com certeza será uma lua de mel sensacional! A maioria das pessoas acaba indo para o Kruger Park, mas tem TANTA opção nesse parque que dá para ficar beeem perdido mesmo (umas 4h de Johanesburgo). Um parque nacional que escutei muita recomendação boa do próprio pessoal sul-africano é o Pilanesberg, umas 3h de Johanesburgo e que está em área sem malária (o Kruger está em uma área com malária).

      Excluir
    2. Gostaria de saber do Mateus se a viagem planejada correspondeu às expectativas.
      Quero fazer o circuito em Outubro/17.

      Excluir