segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Onde ficar em Toronto? Como funciona o transporte público na cidade?

Na minha viagem pelo Canadá em 2018, comprei passagens em promoção ida e volta de Toronto então tivemos que fazer um roteiro circular de 18 dias. Ficamos alguns dias na cidade logo na chegada, saímos de trem para conhecer Ottawa, Quebec, Montreal e Kingston e voltamos para mais alguns dias em Toronto antes do retorno ao Brasil. Por questões de preço, escolhemos 2 hotéis diferentes e conto no post de hoje as nossas impressões sobre eles e sobre as regiões onde um turista deve se hospedar em Toronto.


Onde ficar em Toronto? Como funciona o transporte público na cidade?
Prefeitura de Toronto com o letreiro da cidade iluminado na Nathan Phillips Square



Também conto neste post como funciona o transporte público em Toronto, uma mão na roda para os turistas!






Como na maioria das grandes cidades turísticas, o melhor local para se hospedar é no centro. No caso de Toronto, seria na região "entre" a CN Tower e a praça Yonge-Dundas - e quanto mais perto de uma estações de metrô, melhor localizada será a sua hospedagem. Ficar mais perto de lojas, restaurantes, serviços etc é sempre muito útil e a região de Downtown Toronto também conta com tram (aquele bondinho de rua). Veja aqui todas as opções de hospedagem em Toronto!



 
Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!
* indicates required




Onde ficar em Toronto? Hilton Toronto


Dos nossos dois hotéis em Toronto, o Hilton Toronto foi o nosso preferido. Ele é de uma categoria superior mesmo e a localização é um pouco melhor também e não entendemos até hoje porque estava em uma super promoção. Foi inclusive um dos melhores hotéis que já me hospedei na vida - ótima maneira de terminar uma viagem!


Onde ficar em Toronto? Hilton Toronto
Pena que esqueci de tirar foto da vista!


Onde ficar em Toronto? Hilton Toronto
Box gigante e sem cortina = maravilha!


Grudadinho na estação de metrô Osgoode, fica só uma rua para baixo da Nathan Phillips Square, a praça onde fica a prefeitura de Toronto e aquele letreiro legal da foto do início do post!

Tinha elevadores panorâmicos, uma entrada própria para o PATH - sistema de ruas/corredores subterrâneos para a locomoção da população no inverno rigoroso na cidade, ótimo banheiro e quarto espaçoso. Havia um Starbucks no térreo, mas o café da manhã do hotel mesmo era bem caro e não comemos lá.

Dicas de restaurantes (e o que comer) em Toronto (vários restaurantes perto dos hotéis deste post)


Pedimos na recepção para reservarem um carro bem grande para 5 adultos e muitas malas para o transfer para o aeroporto no último dia e por incrível que pareça, foi um preço justo (ao contrário do café da manhã, que achamos um abuso).




Chip de celular com internet ilimitada no Canadá
Leia aqui tudo sobre o chip que usamos lá no Canadá com internet ilimitada!


Onde ficar em Toronto?  Residence Inn by Marriot Toronto


Escolhemos esse hotel para os nossos primeiros dias em Toronto principalmente pelo preço. Entre as opções bem localizadas que escolhemos previamente, o Residence Inn by Marriott Downtown Toronto era o mais barato e não sei exatamente porque (algum evento provavelmente), todos os hotéis da cidade estavam caríssimos naquela semana específica.


Onde ficar em Toronto?  Residence Inn by Marriot Toronto
O quarto triplo era um mini apartamento com cozinha completa, cama confortável, banheiro e sofá-cama (nas fotos acima fechado e depois aberto). Quando ele estava aberto, o espaço ficava um pouco apertado para 3 adultos e todas as malas.


Onde ficar em Toronto?  Residence Inn by Marriot Toronto
Banheiro grande, mas a cortina infeliz


Onde ficar em Toronto?  Residence Inn by Marriot Toronto
Essa era a vista do nosso quarto



O café da manhã era bem variado, mas o local onde era servido era bem apertado e estava sempre lotado com famílias ou grupos de amigos em viagem. Logo no check-in já nos entregaram um mapa com dezenas de opções para comer nos arredores do hotel - bastante prático.


Onde ficar em Toronto?  Residence Inn by Marriot Toronto
Sempre aproveito os cafés da manhã no exterior para tomar suco de maçã! Croissant com manteiga ou geleias, frutas, ovo mexido, tater tots (que eu sou alucinada), cereais, leite, iogurte etc


Pedimos indicação na recepção de empresas para fazer o clássico passeio de um dia para Niagara Falls, eles reservaram e o passeio foi tudo certo (conto em outro post em detalhes). 




Não percam o Graffiti Alley - melhor atração de Toronto (eu diria até do Canadá) para quem curte street art!


Outras opções de hospedagem em Toronto


Nas minhas pesquisas iniciais, eu tinha também selecionado mais uma dúzia de opções de hospedagem em Toronto e fui acompanhando os preços por algumas semanas antes de decidir onde ficaríamos. Coloquei aqui na ordem aproximada de preferência (pela localização, decoração mais atual dos quartos ou outros pequenos detalhes):

Marriot Toronto Downton (Eaton Centre)
Chelsea Hotel um pouquinho pra cima da estação Dundas, região movimentada
Sheraton Centre de frente para a prefeitura e o letreiro - se tiver dinheiro, invista nele
Hyatt Regency bem perto do Residence Inn
One King West Hotel and Residence na boca da estação King de metrô (um pouco mas para a direita no mapa em relação aos outros hotéis desta lista, mas ainda bem localizado e central)
Pantages Hotel perto da estação Dundas, quartos reformados
Bond Place Hotel pertíssimo da estação Dundas, região movimentada
The Sant James Hotel entre as estações Dundas e College, um pouco pra cima de onde eu gostei mais, mas super possível ficar ali. Não é hotel grande de rede, prédio mais "intimista"/parecendo cidade pequena
Double Tree by Hilton Toronto Downtown "atrás" da Nathan Phillips Square, estação St. Patrick
Bisha Hotel mais para a esquerda no mapa entre as opções do post. Não tão perto do metrô, mas tem tram passando perto. Perto do Residence Inn onde ficamos e também perto da CN Tower - inclusive tem piscina com vista para a torre. Quartos com decoração meio exagerada.
Cortyard by Marriott Toronto Downtown perto da estação College de metrô, apesar de ter Downtwon no nome não fica tão no centro assim. Para cima da estação Dundas, uma área bem menos movimentada do que os outros.

Veja aqui todas as opções de hospedagem em Toronto!













Dicas para usar o transporte público em Toronto


Toronto é uma cidade enorme e mesmo ficando em hotéis bem localizados, pegamos táxi/uber eventualmente e utilizamos o sistema de transporte público algumas vezes. A cidade é bastante plana e também andamos muito.

Para sair do aeroporto Pearson em direção ao centro e ao primeiro hotel (Residence Inn by Marriott Downtown Toronto), pegamos o trem Union Pearson Express (UP).  Em 2021, o ticket regular somente ida está custando 12,35 dólares canadenses, mas existem descontos. O trajeto dura 25 minutos e tem trem saindo a cada meia hora aproximadamente. A estação no aeroporto fica no Terminal 1 e o trem vai até a Union Station no centro de Toronto. De lá, pegamos Uber até o hotel por conta das malas (5 minutos), mas daria para ir a pé. O trem UP também para em outras 2 estações no caminho, mas não são práticas para os turistas.

trem Union Pearson Express (UP) em Toronto

Union Station em Toronto
Union Station no centro de Toronto - chegamos aqui do aeroporto e depois passamos por ela para pegar nosso trem para Ottawa e posteriormente chegando de trem de Kingston. Leia aqui tudo sobre viajar de trem pelo Canadá! Foto: Remundo. CC BY-SA 2.0


Neste primeiro dia, fizemos nosso roteiro a pé pelas proximidades do hotel. Para os outros dias usamos passes diários. Veja o site oficial do sistema de transporte de Toronto - TTC.

O TTC controla os sistemas do metrô, ônibus e streetcars (os bondes de rua) e os bilhetes são integrados. Andamos bastante pela cidade, mas usamos transporte para ir voltar ao High Park ver as cerejeiras, para a Casa Loma que fica bastante para o norte da cidade e até para voltar tarde da noite depois do jantar no Distillery District, que fica bem para a direita no mapa. Os turistas usam mais as linhas amarela (essa parte da curva no mapa abaixo) e a linha verde do metrô nesse trecho central. Os streetcars mais úteis para os turistas são os das ruas King Street e Queen Street, em sentido leste-oeste.


Transporte público em Toronto - mapa do metrô e dos streetcars
Mapa do metrô (linhas verde, amarela, azul e roxa) e dos streetcars (vermelha) em Toronto em 2021


Você pode consultar as linhas, conexões, horários e o melhor trajeto para você no Google Maps, no site da TTC ou nos app Transit AppMoovit ou Transit Now Toronto. Eu acho os ônibus menos fáceis de utilizar na maioria dos lugares do mundo então sempre que dá, dou preferência para metrôs ou trens tipo o streetcar - as paradas, as linhas e os sentidos que você viaja normalmente são mais claros e mais fáceis de entender. Em Toronto são mais de 140 rotas de ônibus entre as 6am até 1am do dia seguinte. Já com o streetcar, são 11 rotas operando 24 horas por dia (consulte o site oficial para eventuais alterações). O metrô funciona entre 6am e 1h30am, exceto domingo, quando começa às 8am.

Transporte público em Toronto - streetcar, ônibus e estação de metrô
Nas 3 fotos de cima, streetcar em diferentes ruas e pontos. Embaixo na esquerda, o ônibus e a CN Tower ao fundo e a estação de metrô Museum temática, onde descemos para visitar o ROM - Royal Ontario Museum.


O valor regular de um ticket de transporte é de 3,25 dólares canadenses (preço para adulto 2021), mas existem passes com desconto, além de tarifas diferenciadas para idosos. Crianças até 12 anos viajam de graça. Quem for estudar ou morar em Toronto vale mais a pena comprar um PRESTO Card recarregável, para tarifas mais em conta e passe mensal ou anual. Turistas podem comprar um PRESTO Ticket com one-ride ticket, two-ride ticket ou um day pass - o último custa em 2021 13,50 dólares canadenses (esse sistema PRESTO foi implantado depois da minha viagem - em 2018 usei um day ticket que aparentemente não existe mais) - 4 viagens de transporte público compensam o day pass.


Transporte público em Toronto - PRESTO Ticket


A multa para quem anda no transporte sem ticket é de mais de 400 dólares canadenses - não dê essa bobeira! Você pode pagar o ticket em dinheiro em alguns casos com o valor exato. Mas é melhor comprar o ticket em alguma máquina nas estações de metrô, em alguns streetcars mais novos ou em farmácias Shoppers Drug Mart, espalhadas pela cidade toda.

Além disso, usamos o ferry para uma super atração com a melhor vista da cidade: Toronto Island (falo sobre esse ponto turístico em outro post)! Clique aqui para os horários do ferry para Toronto Island e compre aqui o ticket online - C$ 8,50 ida e volta. Na volta tivemos dificuldade para achar o ponto do streetcar (acho que na Bay Street), que era subterrâneo!

Ufa, quem ainda tiver dúvida sobre transporte público em Toronto, leia o post do Viajoteca.



Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações e tours no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

10 comentários:

  1. Adorei as dicas de onde ficar em Toronto, e também como usar o transporte público, eu só viajo usando transporte público e para mim essas indicações fazem muita diferença!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, taí uma coisa que adoro - transporte público nas viagens! Pena que não temos um confiável por aqui no dia a dia mesmo...

      Excluir
  2. Também odeio essa cortina no box kkk nos EUA é regra, e pelo jeito no Canadá também! Tenho muita vontade de conhecer o Canadá, especialmente Toronto - meu marido passou um mês por lá há muitos anos e ficou apaixonado pela cidade, só não conseguimos ir juntos ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahha morte às cortinas no box!! gente, quem q gosta daquele treco nojento grudando??? rs Se ele conheceu só Toronto, a melhor desculpa é viajar para conhecer outras cidades também rs.

      Excluir
  3. Eu estava justamente procurando as dicas de como funciona o transporte público, e amei que as dicas de hospedagem estavam junto! Resolvo duas pesquisas num post só. Obrigada pelas ótimas infos!

    ResponderExcluir
  4. Andar de transporte público em uma grande cidade do exterior pode ser difícil, principalmente por causa da lingua. POr isso é super importante a existência de posts como o seu. É algo que nunca fica velho. E aqui está tudo bem detalhado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Mas sabe que mesmo se for em chinês, hoje em dia com apps e internet, eu acho mais fácil do que transporte público no Brasil, que não tem mapa, não tem info sobre as linhas, não tem indicação de horário nem nada nos pontos etc...

      Excluir
  5. Fernanda, desde que você foi ao Canadá se tornou uma referência pra mim. Adorando ler essas dicas de onde ficar em Toronto e como usar o transporte público. Sonho visitar o Canadá mas meu marido fica meio reticente pois acha que será complicado o transporte e não se sente seguro para dirigir por lá. Obrigada por esse post com tudo tão explicadinho e na linha do que quero fazer :DE TREM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!! Super dá para fazer as principais cidades do Canadá de trem e sem dirigir! Mostra meus posts pra ele rs Estou retomando as dicas atrasadas de lá...

      Excluir

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.