domingo, 15 de novembro de 2015

Como é se hospedar no The Hostel Paulista em São Paulo?

Estive em São Paulo várias vezes em outubro para diversos eventos sobre viagem e em uma das vezes que teria 2 eventos no mesmo dia, aproveitei para ficar 2 noites no The Hostel Paulista. Escolhi esse hostel pela localização. Já tinha me hospedado no The Hostel Vila Mariana dos mesmos donos e aprovado.

Seguro viagem geral 468x60

Algumas fotos da Avenida Paulista primeiro - vocês podem ver mais indicações de passeios, comidinhas, etc neste post aqui e neste outro post!

Avenida Paulista - o que fazer em São Paulo

Casa das Rosas, Avenida Paulista - o que fazer em São Paulo
Casa das Rosas

Avenida Paulista - o que fazer em São Paulo

A localização do The Hostel Paulista não poderia ser mais perfeita!


Fica a menos de 2 quadras da estação Trianon-MASP de metrô (linha verde) e da Avenida Paulista, que eu amo (post 1 e post 2)! Entre o metrô e o hostel, de cara já achei uma farmácia 24h e 2 lanchonetes abertas (cheguei meio tarde em uma 2a feira). O Pão de Açúcar bem em frente ao hostel estava fechando, mas tem um Extra 24h a duas quadras dali. Não preciso nem dizer que tem mil e uma opções de restaurantes, lanchonetes, lojinhas, museus, cinemas, o relativamente novo Shopping Cidade São Paulo e muitas outras atrações muito perto! Inclusive a minha querida Livraria Cultura do Conjunto Nacional, não é?

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
A entrada é bem pequena e na primeira vez, você tem que tomar cuidado para não passar reto! Como referência, fica bem em frente ao Pão de Açúcar, logo depois de cruzar a Alameda Santos!


A recepção é 24 horas e é só apertar o interfone para abrirem a porta para você! Andei sozinha do metrô até o hostel perto de 22h e foi tranquilo e no dia seguinte cheguei de táxi perto de meia-noite (mas porque onde eu estava não teria metrô para pegar).




No nível da rua, é só uma portinha para entrar (o táxi quase passou reto) e a escadaria pintada.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
Gostei da solução na escada para as bicicletas. Elas podem ser alugadas por hora ou para fazer o tour por São Paulo de bike, o "Urban Bike".


No 2o andar fica recepção, cozinha e alguns quartos e banheiros. No 3o andar do prédio ficam mais quartos e banhos e a sala de tv e de cinema (meu quarto inclusive). Como eram apartamentos que foram adaptados, tem um banheiro completo para cada dois quartos mais ou menos e alguns vestiários - acho que um por andar por gênero (para ter mias chuveiros e privadas para todo mundo é claro). O hostel tem alguns quartos privativos também (confiram no Booking). Por conta da escadaria já imaginam que não é legal levar mala grande, apesar de que os lockers são grandes e caberiam aquelas malas médias de rodinha tranquilamente (mala grande eu já não garanto). Por esse mesmo motivo, também pode ser um problema para quem tem problemas de locomoção.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
Recepção

Eu fiquei em um quarto de 8 camas feminino e no meu quarto tinham várias meninas do Nordeste que foram para São Paulo para um congresso e claro que aproveitaram para fazer compras e passear na cidade. Na primeira noite, em 8 pessoas o quarto ficou bem quente, mas o ventilador deu conta do recado - o dia tinha sido muito quente. Na segunda noite, o ventilador estava até frio demais para o meu gosto e mesmo no verão dormi enrolada no cobertor. O colchão é bom, tem 2 tomadas e luz individual - só o travesseiro que poderia ser um pouco mais firme/maior.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
O meu quarto é o bagunçado da esquerda rs e as outras 2 fotos são de um quarto ao lado do refeitório que estava vazio quando fui tirar fotos. Como podem ver, alguns tem mais espaço que outros.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
A foto da esquerda era o banheiro grudado no meu quarto. A foto da direita é o vestiário feminino daquele andar - 2 chuveiros, 1 bacia e a porta branca aberta leva para uma varandinha, onde tem uma pia (só faltou uma sinalização ali porque a primeira vez que entrei ali a porta estava fechada e senti falta!)

O hostel está em um antigo prédio de apartamentos que foi reformado e adaptado então não está tão tinindo de novo que nem a unidade da Vila Mariana. Os funcionários eram simpáticos, a cozinha bem grande para os hóspedes prepararem suas refeições. O café da manhã básico, mas bom - banana, suco, leite, achocolatado, café, bolacha, pão, presunto e queijo, geleia, cream cheese, manteiga e até bolo.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
A bandeja de presunto e queijo só está pobre assim porque deixei para tirar fotos no último dia e queria dormir o máximo possível, por isso cheguei para o café 10 minutos antes de acabar!!! hehehe

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
Decoração pelo hostel

Na área comum, tem uma sala de tv, sala de cinema, biblioteca e existem planos para construir um solário. Tem programação legal toda noite - quando cheguei era a noite do cachorro quente (segunda-feira)! Na minha segunda noite, cheguei cansada de um evento e nem aproveitei o bar do último andar. Vou ter que voltar! rs Ele está aberto de 3a a domingo.

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
Bar, corredor e sala de TV (tinha um hóspede trabalhando ali todos as vezes que passei (mas escondi ele na foto!)

Onde ficar em São Paulo - The Hostel Paulista
Sala de cinema

A toalha, roupa de cama e café da manhã estão inclusos e você pode deixar R$ 10,00 de caução na recepção para usar um cadeado emprestado se não levar o seu.

Pesquisando agora no Booking para daqui um mês,encontrei valores a partir de R$ 44,00 (cama em quarto coletivo) e R$ 157 (2 pessoas em quarto privativo).

Reserve a sua hospedagem em São Paulo pelos links do Booking aqui no blog, não pague nenhum centavo a mais por isso e ajude o blog a se manter! Clique aqui para reservar o seu quarto ou cama no The Hostel Paulista!

Aqui estão todas as opções de hospedagem em São Paulotodos os hostels da cidade e as opções na região da Avenida Paulista. Se você preferir se hospedar na Vila Mariana, super recomendo o The Hostel Vila Mariana, grudado no metrô Ana Rosa. Outra boa opção de hospedagem é o Aki Hostel, pertinho do metrô Paraíso.






O blog agradece ao The Hostel Paulista pela cortesia na hospedagem, mas garante que as opiniões neste post são isentas e baseadas em experiência real.


12 comentários:

  1. Oi Fernanda, tudo bem? Gostei do post, posso publicar o link na minha tag Links da Semana? Sai amanhã! Bjss

    ResponderExcluir
  2. Ótima dica, Fer! Vou experimentar na próxima ida a Sampa. Realmente a localização é ótima e o hostel fôfo! beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tem quartos privativos que vc gosta!!! Bjs!

      Excluir
  3. Adorei as dicas da Paulista e o hostel pareceu bem bacana mesmo. Abri meus horizontes para ficar nesta categoria de hospedagem no Brasil e tenho dado a maior força! bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Gabi!! Até recentemente eu tb tinha um certo preconceito rs, mas a economia falou mais alto e eu tentei novamente!

      Excluir
  4. Se for dos mesmos donos do hostel da Vila Mariana eu tenho certeza que eh bom! Gostei e vou guardar o nome para a minha próxima ida a SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Paula! E sua próxima viagem a SP está chegando!

      Excluir
  5. Caramba! Acredita que já passei na frente várias vezes e não percebi que era um Hostel? Vendo a foto agora, e pegando a localização, me senti totalmente distraída. E nem dá para contar quantas vezes já passei a pé ali. :O

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha é só uma portinha mesmo, eu só achei porque estava procurando!

      Excluir
  6. Adorei a decoração. Já tinha curtido a foto da escada maravilhosa no Insta. A localização é perfeita!!!

    ResponderExcluir