domingo, 4 de outubro de 2015

Onde se hospedar pagando pouco em Curitiba!

Durante o Curitiblogando, fiquei hospedada no Knock Knock Hostel, juntamente com a Rafa do Viajando sem Medo e a Amanda e a Eloah do Marola com Carambola e do Viaja, bi!. Durante o feriado, o hostel estava lotado e nós ficamos em um quarto coletivo para 8 pessoas (eram 3 beliches em um quartão grande e mais 2 camas em um quarto menor anexo), mas existem quartos com diversas distribuições, todos eles decorados e nomeados com motivos musicais. O nosso era o "Flamenco" e tinha um banheiro dentro do quarto.

Knock Knock Hostel em Curitiba
Recepção do Knock Knock Hostel


Seguro viagem geral 468x60

Em cada cama tem 2 cobertores quentinhos, além dos lençóis, mas é preciso alugar a toalha caso você não leve a sua. O locker fica embaixo das camas e é um gavetão, mas cuidado com malas grandes, que não cabem ali dentro! A minha coube por pouco  e é daquelas malas de rodinha para levar na cabine no avião, bem pequenininha, mas quase não cabia por conta da altura dela deitada. Você pode pegar cadeado emprestado no hostel.

Knock Knock Hostel em Curitiba
Nosso quarto e banheiro

Knock Knock Hostel em Curitiba
Outros quartos que estavam vazios quando fui embora 1 dia depois do feriado

A resistência do chuveiro tinha queimado antes de eu chegar, mas tem também um banheiro no corredor no andar de baixo que pode ser usado por qualquer hóspede (eu fiquei com preguiça e sempre entrava na "fila" para usar o banheiro do quarto mesmo rs). Acho que todos os funcionários são estrangeiros, porque pelo menos os que eu tive algum contato, falavam português com sotaque. Um deles estava consertando o chuveiro na hora que cheguei e fui muito bem recepcionada pela Emília.

Na recepção, além de informações sobre passeios na cidade, tem uma geladeira com bebidas à venda. É possível alugar bicicletas no hostel. O café da manhã é o café normal brasileiro: café, leite (quente e frio), achocolatado, banana, mais alguma outra opção de fruta, iogurte, presunto, queijo, manteiga, geleia e doce de leite! rs Sempre tinha um bolo e ovos à disposição, caso alguém quisesse fazer um café mais reforçado. A cozinha é grande e dá para fazer sua própria refeição por lá. 

Knock Knock Hostel em Curitiba
O café da manhã está incluso no Knock Knock Hostel!

Knock Knock Hostel em Curitiba

Os quartos mais barulhentos são os 3 que dão para a cozinha/refeitório: o Flamenco, o Bossa e o Tango. Os outros quartos ficam no andar de baixo. Digo barulhentos porque dá para ouvir o pessoal conversando e mexendo em louças e talheres logo cedo (e do Flamenco também dá para ouvir os barulhos da rua de frente, mas ainda bem que ela é bem calma e silenciosa!). No andar superior, fica também a área da churrasqueira e a sala de TV, com uma mesa de ping pong. Não vi muito movimento nesta sala e somente na última noite estava rolando uma festinha na churrasqueira, mas acabou enquanto arrumávamos nossas malas para ir embora.

Knock Knock Hostel em Curitiba
Churrasqueira e sala de TV

Knock Knock Hostel em Curitiba
Decoração do hostel, computador para uso dos hóspedes e salão onde acontecem eventos diversos

O Knock Knock Hostel não é extremamente central, mas também não fica longe dos principais pontos interessantes da cidade. As meninas foram andando até o centro histórico no primeiro dia antes da minha chegada e nós também fomos andando para um barzinho na noite de sábado, o Soul Rock Club. Mas a região é extremamente residencial e não vi lojas, restaurantes etc pelas redondezas (não teria tempo de conhecer e nem pedi indicações na recepção).

O ponto mais próximo para pegar o ônibus executivo para o aeroporto é o da Rua 24h, que dá menos de 10 reais de táxi até o hostel. Todos os trajetos que fizemos de táxi sempre davam em torno de 12 reais. O wifi funcionou o feriado inteiro tanto no lobby, como no refeitório e no quarto.

Abaixo, os outros hostels e hotéis que hospedaram o pessoal do Curitiblogando durante o feriado de setembro:

Motter Home Hostel (muito perto - tipo 2 quadras - do Knock Knock, mas em uma avenida mais movimentada)
Hotel Blumenau (um hotel muito simples, mas pelos comentários de todo mundo, acho que acabou sendo a melhor opção para os programas que fizemos - em termos de localização)
Hotel San Juan Royal (um bom hotel, mas mais impessoal do que hostels. Os hóspedes eram mais casais e pessoas a trabalho)
Curitiba Hostel (muito bem localizado, mas só 2 banheiros bem grandes para todo o hostel - 1 masculino e 1 feminino - por conta disso, acaba ficando mais bagunçado)
CLH Suites (da rede Che Lagarto, no bairro Batel Soho - localização ótima para bares e restaurantes, mas não tanto para a nossa programação desse evento)

Reservando o seu hostel (ou hotel) em Curitiba aqui pelo blog, você não paga nada a mais por isso e ajuda o blog a se manter! Obrigada!

A hospedagem no Knock Knock Hostel durante o feriado de setembro foi parcialmente cortesia, mas as opiniões contidas neste post são independentes.







Patrocinador e apoiadores do 5o Curitiblogando

Blogueiros da Rede Curitiba: Jr Caimi (Tip Trip Viagens), Anna Martinelli e Mariana Fachin (Finestrino), Robson Franzói (Um Viajante), Leidinara Batista (Férias Now), Juliana Cristine (Juju no Mundo), Carol Moreno (Mochilão Trips)
Blogueiros convidados: Angela Sant’Anna (Apure Guria), Amanda Fernandes (Marola Com Carambola), Anna Barbara (Nós no Mundo), Daniele Polis (Trippolis), Denise Tonin (Viajante Solo), Dudu Monteiro (Dudu Afora), Eloah Cristina (Viaja, Bi!), Fernanda Scafi (Tá Indo Pra Onde), Isabela Bastos (The Life Of Isa), Juliana Rosa (Trip Feeling), Mariana Yusim (Viajadora), Monique Renne (Melhores Destinos), Pamela Piazentin (Contos da Mochila), Patricia Furlan (Viagem de Fuga), Rafael Kosoniscs (Seu Mochilão), Rafael Leick (Viagem Primata), Rafaella Machado (Viajando Sem Medo), Roberta Martins (Territórios), Sthefania Memelli (Sthe On The Road).

12 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada! Espero voltar mais vezes pra Curitiba, ficou muita coisa ainda pra conhecer! Bjs!

      Excluir
  2. Apesar dos pesares.... foi divertido! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sim, foi super divertido! Pronta para a próxima aventura? Bjs!

      Excluir
    2. Me preparando psicologicamente e socialmente ainda hahahahahahaha

      Excluir
  3. Legal esta dica Fer! Acabei não conhecendo o hostel por causa da nossa correria, mas me parece ser bem legal! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, que correria!! E mesmo assim, a cidade é tão legal, que ficou muita coisa de fora! Precisamos voltar!

      Excluir
  4. Gente, vou confessar que eu adoro esses hostels com gavetas gigantes para guardar nossas coisas <3 Melhor que locker pequeno para guardar mochila!
    No final meu hostel era tao perto do de vocês e nem entrei... Voltarei em uma próxima oportunidade!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu já fiquei em 1 em Sp que tinha o gavetão embaixo da cama e um armário grande!!! rs mas realmente só um armarinho pequeno não rola!

      Excluir
  5. Muito boa dica Fer pra que busca hospedagem com bom custo-benefício em Curitiba. Pelo seu post, deu pra ter uma boa ideia de como é o hostel. Obrigada!

    ResponderExcluir