domingo, 8 de novembro de 2015

Onde comer em Cusco (Peru)?

Continuando os posts sobre o Peru.

Depois de Lima e antes de ir para Puno/Lago Titicaca, fomos para Cusco, que não poderia ficar de fora de uma viagem para o Peru. A cidade é linda e tem muita coisa para fazer por lá e nos arredores como o Valle Sagrado e Machu Picchu então estes serão assuntos para outros posts. O post de hoje é só sobre a gastronomia da cidade!

carrinho de churros nas ruas de Cusco, Peru
Não sei se a é coisa mais comum de encontrar em Cusco em dias comuns, mas eu estava lá no mês de Junho, quando acontece o Inti Raymi e mesmo uns dias antes e uns dias depois a cidade estava cheia de comemorações, desfiles, shows, fogos, etc. Muitos carrinhos e barraquinhas espalhadas pelo centro histórico e achei esse carrinho de churros sensacional! Vontade de devorar tudo!!! Como já contei no post sobre Lima, me acabei de comer churros no Peru!  

Já contei um pouquinho no post inicial sobre o Peru que a tão famosa gastronomia peruana se concentra em Lima, mas existem algumas exceções em Cusco que vou mostrar mais pra frente. A comida normal peruana não é ruim, mas também não é maravilhosa - é só ok. O que irrita mesmo são os cardápios super repetidos em qualquer cidade turística que você vá. Em 11 dias de viagem, eu estava super enjoada já de pedir sempre as mesmas coisa! rs

Uma coisa legal é a imensa variedade legumes, tubérculos etc. São centenas de tipos de batata e milho por exemplo. Dar uma passada no Mercado de San Pedro em Cusco é imperdível, para observar essa variedade toda. É possível comer lá bem baratinho, mas eu não experimentei. Experimentei vários tipo de milho e batata, mas continuo preferindo os nossos.

Mercado de San Pedro, Cusco, Peru

Mercado de San Pedro, Cusco, Peru
À esquerda papaya gigante, no meio é o milho roxo usado para fazer a bebida chicha morada e à direita, o pão mais comum em Cusco.

Abaixo, mapinha dos restaurantes que experimentamos - tem mais simples e mais sofisticados e marquei até um mercadinho onde comprávamos água, bolachinhas etc para os passeios (e até achei uma bolacha que amava comer na Alemanha e já trouxe um estoque!). O Mercado de San Pedro também está marcado aí.





Os restaurantes abaixo estão na ordem que experimentamos. Os nossos preferidos estão lá no final do post!


Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!



Rumi (restaurante do Hotel Ruínas)


Chegamos pouco antes do almoço e comemos no restaurante do hotel mesmo por comodidade. Pedimos pratos mais leves para não ter problema com o mal da altitude, mas não adiantou muito. Neste mesmo local é servido o café da manhã do hotel, que vou contar mais em outro post. Não é barato nem caro.

Rumi (restaurante do Hotel Ruínas, Cusco, Peru)
Pratos internacionais leves

El Mesón de Don Tomás


Esse restaurante foi recomendado pelo guia durante o city tour e fomos lá mais tarde. Achamos ok, nada de impressionante, mas a apresentação dos pratos (abaixo) era bem bonita. Tem uma bandinha e tocam música ao vivo, o que é legal por um lado. Mas por outro lado o ambiente é pequeno e a música fica meio alta. E
já contei sobre as músicas peruanas, são sempre as mesmas músicas com flauta de pã, Não é caro, mas é claro que existem opções mais baratas. Muito bem localizado, pertinho da Plaza de Armas.

restaurante El Mesón de Don Tomás, Cusco, Peru
Entrada, decoração e salão

restaurante El Mesón de Don Tomás, Cusco, Peru
Muito peixe, legumes, abacate, arroz. O meu prato é a foto de baixo da direita - Q´apchi de Champiñones, tipo um purê de batata com cogumelo, ervilha e temperos. Pedi essa opção vegetariana apesar de não ser vegetariana.


restaurante El Mesón de Don Tomás, Cusco, Peru
Pisco sour não poderia faltar!

Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!

* indicates required











Incanto


Muito bem localizado, pertinho da Plaza de Armas. Gostei da decoração geral do restaurante e do ambiente mais arrumadinho, mas por isso acaba não sendo dos mais baratos na cidade. A comida ítalo-peruana é ok, mas não surpreende. Pertence a uma rede de restaurantes em Cusco chamada Cusco Restaurants, que tem opções das mais simples às mais sofisticadas na cidade.

restaurante Incanto, Cusco, Peru
Tem até uma parede inca na lateral do restaurante! Cusqueña. a famosa cerveja de Cusco

restaurante Incanto, Cusco, Peru
A maioria do pessoal foi de massa e tem um lomo saltado aí no meio!

Fizemos reserva do Brasil (pelo site) para jantar lá um dia, mas acabamos comendo em um almoço e aí cancelamos a reserva do jantar. No almoço estava bem tranquilo, mas não sei se enche para o jantar.

Chicha


Um dos restaurante mais famosos de Cusco, no 2o andar de um prédio na Plaza Regocijo, bem pertinho da Plaza de Armas. Do famoso chef Gastón Acurio, foi sem dúvida o melhor restaurante que experimentamos em Cusco! Naquele dia, estavam acontecendo shows na praça principal e fogos de artifício e algumas pessoas do grupo conseguiram ver da janela do restaurante. Eu e minha prima descemos para ver da praça.

restaurante Chicha, Cusco, Peru

restaurante Chicha, Cusco, Peru
Cozinha do restaurante e entrada

Faça reserva (pelo site, como fizemos ou peça na recepção do hotel) porque chegamos cedo e já estava quase 100% cheio. Quando saímos, já tinha fila de espera na porta.

restaurante Chicha, Cusco, Peru
O da direita é o meu: "ravioles de choclo con tomatitos asados y mantequilla de salvia silvestre" - ravioli com recheio de milho! O do meio é um ceviche de frutos do mar e o da direita "chicharrón de cerdo" - servido con papas nativas, salsa criolla, mote y salsa uchucuta.

restaurante Chicha, Cusco, Peru
O primeiro é "Tabule Cusco Suecia" - quinua, trucha ahumada, yacón, hortalizas del valle, salsa escabeche y aceite de eucalipto. O do meio é "Lechón Crocante" - con pastel de papa, manzanas en almíbar y juguito de chanchito. O da direita é a sobremesa! Degustação de suspiros: tradicional, camu camu, lúcuma e café.

Sem dúvidas, a experiência foi beeem melhor do que o outro restaurante do chef Gastón Acurio que experimentamos em Lima! Todos os pratos estavam deliciosos e a sobremesa também! Mas o preferido de todos os suspiros limeños no fim das contas foi mesmo o tradicional!

Inka Grill


Tinha lido sobre esse restaurante online, mas nada tão animador, então ele acabou sendo uma ótima surpresa! Voltamos do Valle Sagrado e Machu Picchu para Cusco na véspera do tão esperado Inti Raymi e como seria um feriado, achamos que a cidade estaria uma confusão no dia 24. Já viajamos em feriados antes e nos ferramos (ou quase nos ferramos) por conta disso para conseguir um lugar decente para comer. Sendo assim, tentamos fazer reservas para esse dia - para garantir o jantar. No fim das contas, o restaurante estava super vazio e não precisaria, mas não sei como é em um dia fora de feriado. A cidade inteira estava em festa então foi super complicado sair da estação de trem e chegar no centro. No dia seguinte, a cidade estava muito mais vazia e de qualquer jeito, nenhum restaurante que entramos em contato aceitou reservas para o dia do Inti Raymi - mas também não foi necessário.

restaurante Inka Grill, Cusco, Peru
Gostei da decoração, mas o restaurante é meio escuro.

restaurante Inka Grill, Cusco, Peru
O meu era o primeiro prato - Risoto de hongos, alcachofas y espárragos (que eu pedi pra tirar o aspargos), seguindo sentido horário - Ensalada del Urubamba (Trucha ahumada, palta, palmitos, aceitunas negras, alcaparras, aros de cebolla blanca mix de lechugas y vinagreta de la casa), Tacutacu con sábana de alpaca (Medallón de carne de alpaca apanado y dorado servido con tortilla de arroz y pallares, plátano y huevo frito) e Burger Inka Grill (Burger de 250gr, lechuga, tomate, queso andino, tocino artesanal y pan de papa amarilla)

restaurante Inka Grill, Cusco, Peru
À direita Asado de Tira (braseada por 12 horas en chicha de jora y zapallito loche, servido con capchi de habas y hongos) e no meio Alpaca a lo Teodoro Ponte (Lomito de alpaca con tarta andina de quinua y verduras).

O restaurante fica em plena Plaza de Armas, mas nos pareceu mais sofisticado do que os outros restaurantes da praça. Comida muito boa e preço um pouco mais alto do que a maioria dos restaurantes, mas a qualidade era superior também. Saindo do restaurante ainda curtimos um pouco os desfiles que estavam rolando na praça principal de Cusco.


Cholos Grill


No último dia em Cusco, voltamos mortos de fome de um passeio no meio da tarde e pedimos indicações na recepção do hotel. A recepcionista nos indicou ir até a Calle Plateros (rua que começa/termina na Plaza de Armas) porque ela está cheia de restaurantes. Acabamos parando no primeiro restaurante à esquerda, o Cholos Grill.

restaurante Cholos Grill, Cusco, Peru

O menu era daqueles quase idênticos a todos os outros e apesar da decoração com garrafas de vinho na parede, o restaurante não é sofisticado. Um restaurante normal.

restaurante Cholos Grill, Cusco, Peru
Um camarão com molho de ají (parecido com ají de gallina), lomo saltado pra variar, lasanha, outra massa e carne com batata e verduras - nada super excepcional.


Fusi Chicken & Grill Restobar


Como vimos que a cidade estava vazia no Inti Raymi, cancelamos nossa reserva para o jantar para poder andar livremente pela cidade. Acabamos parando quando a fome apertou para alguns - eu nem comi nesse dia porque não estava bem por conta do mal de altitude ainda e só bebi água enquanto os outros jantavam!

Entramos em vários restaurantes pela cidade, mas a maioria com um cheiro forte de fritura/temperos e a gente desistia e ia para o próximo. Achamos esse restaurante sem querer, no 2o andar de um prédio que tinha um restaurante italiano no 1o andar, em uma esquina bem perto da Plaza de Armas.

Esse restaurante foi dos mais baratos, mas o serviço não foi dos melhores também. O garçom se confundiu com um pedido e insistiu muito para a gente aceitar o pedido errado. Então não recomendo a não ser que a cidade esteja muito cheia e todos os outros lugares com cheiro forte de fritura/temperos!

restaurante Fusi Chicken & Grill Restobar, Cusco, Peru
Nada demais nesses pratos, salada, carne com batata frita, ceviche etc...

Com certeza os 2 melhores restaurantes que experimentamos foram o Chicha e o Inka Grill! A cidade tem MUITAS opções de restaurantes então é bem tranquilo achar algo para comer. Fora que também vimos muitas barraquinhas de rua vendendo "arroz con huevo" (arroz com ovo) e dá para economizar bastante comendo na rua também.

Para quem está perdido que nem eu fiquei organizando essa viagem para o Peru, recomendo o guia abaixo!

 Compre aqui o seu guia "Peru: lugares incríveis"


E você, tem dicas de restaurantes em Cusco?


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

4 comentários:

  1. Muitos chooclos coloridos pra comer!! Quando meu irmão foi, trouxe algumas sementes e plantou aqui no quintal! Deu certo aheuaheuah vou no mês que vem, anotei todos os lugares!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba!!! Quero muita foto/vídeo no insta hein??? Quem sabe até lá consigo escrever sobre alguns passeios tb...

      Excluir
  2. Olaaaa, tudo bem?!
    Gostaria de saber média dos valores dos pratos... Estou indo agora em fevereiro!!!
    Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabrina, esqueci de anotar os preços nessa viagem! Mas lembro que o Chicha e o Inka Grill são um pouco mais carinhos do que os outros (mas não chega ao absurdo de restaurantes caros no Brasil não!). Qualquer coisa no Mercado de San Pedro é bem barata e os outros restaurantes todos os preços são medianos, mas com certeza existem opções ainda mais em conta na cidade - porque a gente não estava preocupado em economizar, já que tudo no Peru é muito mais barato do que em outros lugares que estamos acostumados a visitar - a viagem mesmo com extravagâncias saiu beeeem em conta.

      Excluir