terça-feira, 10 de setembro de 2019

Trabi Safari - visitando os principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista

Entre os anos 1949 e 1989, a Alemanha estava dividida em dois países e a parte do leste - a República Democrática Alemã (RDA ou em alemão DDR) - estava sob influência soviética. No regime socialista implantado na região, a escassez de bens era notória, assim como a indústria insuficiente para atender às demandas da população. Entre elas, a indústria automobilística. Entre 1957 e 1991, o trabant foi produzido pelVEB Sachsenring Automobilwerke e se tornou um dos principais objetos de desejo dos cidadãos da Alemanha oriental. O carro recebeu o apelido carinhoso de "trabi" e os alemães esperavam anos e anos na fila para comprá-lo.


Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista


Depois da queda do muro de Berlim, a empresa não conseguiu competir com a concorrência estrangeira e o trabi deixou de ser fabricado. Ele não era propriamente um carro eficiente. Segundo a wikipedia, o trabant "tinha uma carroceria de plástico, reforçado com fibras de madeira e restos de tecido e algodão, que era similar a fibra de vidro, mas de fabricação mais barata e viável para larga escala, mas não era reciclável, o que resultou em um problema nos anos 90: a falta de opções para eliminação das carrocerias... Um detalhe importante era que não se deveria forçar a sua carroceria, pois como era de fibra, se caso colocasse uma carga além de sua capacidade, ele literalmente partia em dois, revelando a obsolência do carro e como se evitava gastar, evidentemente, em uma sociedade socialista, com bens de consumo. ..O desempenho não era o forte do Trabant, que atingia uma velocidade máxima de 100 km/h e acelerava de 0 a 80 em 20 s, apesar de pesar apenas 615 kg. Por outro lado, fazia cerca de 11 km/l na cidade e 14 na estrada."


Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Leia mais sobre esse trabi abaixo!


Hoje, o carro se tornou uma relíquia e espécie de símbolo da época na Alemanha e acredito que mais ainda em Berlim. Virou souvenir (eu tenho um trabi-chaveiro!), está em vários museus sobre a Berlim socialista e é até possível fazer um tour dirigindo um deles! Quando soube que voltaria a Berlim, decidi que queria fazer esse tour de qualquer jeito! E eu fiz, logo nos meus primeiros dias, como um jeito de rever os principais pontos de uma vez só e matar as saudades!





Vejam aqui o índice de posts sobre Berlim!


Quando estive em Berlim em 2014, eu já tinha trombado com uma fileira de trabis pelas ruas da cidade. Achei que pudesse ser divertido e dessa vez, confirmei! Éramos uns 7 carros e chamávamos a atenção por onde passávamos - além dos carros coloridos, eles são leeentos para o padrão de hoje então os motoristas mais ansiosos devem ter raiva de encontrar com os trabis pelas ruas rs. Eu não gosto de dirigir e já estava preocupada com o trânsito, pessoas atravessando as ruas, bicicletas etc então pedi um modelo automático, mas a maioria das pessoas faz o tour com o câmbio manual mesmo (tem até como praticar antes de dirigir). A direção é bem pesada comparada com os carros atuais, tornando difícil de virar o carro, mesmo sendo um carro leve.


Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista

Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Alguns exemplos de pinturas e o local para treinar o câmbio

Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista


O guia vai no carro da frente dando explicações sobre os pontos turísticos por onde passamos em inglês e alemão e ouvimos no nosso carro pelo rádio. Cada grupo tem seu próprio carro durante o tour - como eu estava sozinha, fiquei com um trabi só para mim.



Quer viajar usando o mesmo chip que eu usei?



Viaje Conectado



Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista

Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Potsdamer Platz



Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogReal Seguros - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!


Seguro viagem europa 336x280



Nem sempre todos os carros conseguem atravessar algum sinal verde, então vira e mexe o grupo precisa esperar algum retardatário, mas não precisa se apavorar porque o guia espera (e ainda acha local para todos pararem o carro enquanto isso - não sei como! rs).

O carro é bem pequeno - ainda bem porque achei as faixas nas ruas de Berlim mais estreitas do que as faixas brasileiras. Eu pedi um modelo automático para não me preocupar com o câmbio (nunca na vida vi nem dirigi um modelo com câmbio na direção), mas me deram também um modelo elétrico. Não sei se esse era o motivo, mas ele era muuuito lento para responder - eu tinha que pisar muito fundo para o carro começar a sair do lugar - mas depois ele andava ok. O carro é baixinho então me sentia muito estranha quando parava o carro ao lado de um ônibus por exemplo.


Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Universidade Humboldt, Avenida Unter den Linden com vista para a Torre de TV e Altes Museum

Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Bebelplatz e Checkpoint Charlie

Trabi Safari - tour pelos principais pontos turísticos de Berlim no carro símbolo da Alemanha socialista
Altes Rathaus, Tiergarten, pedacinho do Portão de Brandemburgo, Rotes Rathaus pelo retrovisor e Torre de TV

Acabei tirando algumas (poucas) fotos somente quando paramos em algum sinal ou quando estávamos esperando algum retardatário, afinal eu tinha que dirigir, não é? Não sei como é a legislação alemã para celular na direção, mas é necessário levar a sua carta de motorista para fazer o tour. Menores de 18 anos e pessoas sem CNH podem fazer o tour com algum parente ou amigo na direção. Passamos mais perto da Torre de TV e do Portão de Brandemburgo do que o que aparece nas fotos, não se preocupem.

Claro que o carro não tem ar condicionado, então em um dia calorento como o que eu fui, a única solução era abrir todos os vidros o máximo possível. Infelizmente nós não podemos escolher 100% o carro que vamos dirigir. Como os tickets são vendidos com antecedência, quando chegamos na sede da empresa os carros do próximo grupo já estão preparados e alinhados para partir. Mas dá para escolher entre aqueles poucos carros na fila. São dezenas de opções de pintura e aproveitei para tirar foto de alguns antes e depois do tour no estacionamento.


East Side Gallery

Avenida Unter den Linden e minha permissão especial para dirigir trabis rs.

No fim do passeio, ainda temos uma lembrancinha - uma carteira de motorista especial para trabis! rs Quem tiver o Berlin Welcome Card tem desconto no tour! O tour foi uma cortesia para o blog "Tá indo pra onde?" oferecida pelo Visit Berlin e pela Trabi-World, mas as opiniões contidas neste post são independentes.






Você sabia que pode reservar hotelalugar carro, garantir seguro viagem com descontopesquisar passagens aéreas, comprar chip de internet para usar no exterior, conseguir ingressos para atrações no Brasil e no mundo todo, além de guias de diversas cidades e países pelos links aqui do blog? Você não gasta nenhum centavo a mais e o blog ganha uma pequena comissão! Obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários no "Tá indo para onde?" passam por moderação e por isso não aparecem de imediato. Ele só vai aparecer quando for respondido. Em geral, os comentários são respondidos quinzenalmente.