terça-feira, 29 de novembro de 2016

Reichtag (Parlamento Alemão) e Torre de TV em Berlim

No post de hoje, juntei 2 dos mais populares pontos turísticos de Berlim - os 2 relacionados com vistas panorâmicas da cidade: o Reichtag e a Torre de TV!


Reichtag (Prédio do Parlamento Alemão)


Reichtag (Parlamento Alemão), Berlim
Prédio maravilhoso né? Essa é a vista que você terá se chegar pela estação de metrô "Bundestag" e a entrada para os tours ficam desse lado.

O nome atual do Parlamento Alemão (que ocupa o prédio) é Bundestag, mas ainda é mais conhecido pelo nome antigo de Reichtag. É possível fazer um tour super interessante pelo prédio ou somente subir até a famosa cúpula. A maioria dos turistas somente sobe para ter a vista legal, mas eu fiz e recomendo o tour guiado! Para as 2 possibilidades, é necessário marcar horário pelo site, mas a visita é grátis!

Reichtag (Parlamento Alemão), Berlim
Vista do lado oposto, chegando pelo Brandenburger Tor - esses balões faziam parte da comemoração dos 25 anos da queda do muro de Berlim e não fazem parte do cenário normal.

domingo, 27 de novembro de 2016

Basílica de Santo Antônio de Pádua em Padova (Itália)

Aqui em casa ninguém é tão religioso assim, mas claro que as igrejas lindas da Itália não iam ficar fora do nosso roteiro de 20 e poucos dias pelo norte do país da bota. O principal motivo para incluir Padova na nossa viagem era a Capela degli Scrovegni (vou fazer um post sobre ela depois), mas obviamente não poderíamos ignorar o maior "popstar" da cidade, o Santo Antônio de Pádua.

Basílica de Santo Antônio de Pádua, Padova


quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Em viagem: 2 semanas entre Barcelona e Valência

Quem acompanha o instagram do blog, já percebeu que, se tudo tiver dado certo, no momento eu estou riscando mais um item da minha bucket list/ wishlist de viagem: Barcelona e Valência, na Espanha!

Parc Guëll, Barcelona
Parc Guëll


interior da Sagrada Família, Barcelona
Sagrada Família por dentro!

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Igrejas e sinagogas maravilhosas em Berlim!

Já falei de algumas dessas igrejas e sinagogas em posts sobre algumas regiões de Berlim, mas ainda não falei da principal igreja de Berlim, a Berliner Dom! Então resolvi hoje fazer esse post com as que eu considero as principais igrejas e sinagogas da cidade.

Igrejas em Berlim: Nikolaikirche, Berliner Dom, Kaiser-Wilhelm Gedächtniskirche e Marienkirche
Algumas das igrejas de Berlim em sentido horário: Nikolaikirche, Berliner Dom, Kaiser-Wilhelm Gedächtniskirche e Marienkirche. Você vai passar por elas durante seus passeios!





domingo, 20 de novembro de 2016

Piazza San Marco em Veneza

Meio difícil começar a postar de Veneza por outro tópico que não seja a Piazza San Marco, - segundo Napoleão, "a mais elegante sala de estar da Europa". É aqui que ficam os grandes ícones dessa cidade já icônica e é impossível (e até um desperdício de oportunidade) ir a Veneza e não passar pela Piazza San Marco. Consequentemente, ela está sempre lotada de gente!

Basilica de San Marco e Campanario na Piazza San Marco, Veneza
Basilica di San Marco e Campanario na Piazza San Marco, Veneza

A praça originou-se no século IX, com um pedaço de terra em frente à Basílica di San Marco e foi ampliada para sua forma atual em 1177 quando um rio e um porto foram aterrados. Leiam mais sobre a história da praça na wikipedia. Leiam aqui sobre o fenômeno acqua alta, que quando atinge Veneza, sempre atinge a Piazza San Marco, que é o ponto mais baixo da cidade.

vista aérea do Campanario e Palazzo Ducale, Veneza
Em outro post eu conto como e onde fazer essa foto do Campanario, Palazzo Ducale e um pedacinho da Piazza San Marco

No mapinha abaixo, marquei os principais pontos turísticos nos arredores da praça e alguns restaurantes/cafés famosos por ali. Conhecemos tudo isso em um dia e ainda sobrou tempo, mas não pegamos quase nenhuma fila - o que é bem raro! Tem um videozinho logo abaixo do instagram do blog, onde mostro um pouquinho do clima da praça à noite. É sensacional dar uma passada aqui após o jantar e curtir uma musiquinha antes de ir para o hotel!




Vejam aqui todos os posts dessa viagem de mais de 20 dias pelo norte da Itália! Ainda estou longe de acabar os posts, mas já tem bastante dica aqui no blog!

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Como é se hospedar no Ramada Hotel Aeroporto Viracopos?

Não consegui participar do bombástico encontro Vem pra Sampa, meu! no mês passado, mas o pessoal que organizou tudo com muito carinho lembrou de mim na hora de fazer uma ação com um dos parceiros Vert Hotéis aqui em Campinas! Fui convidada a conhecer o mais novo hotel do grupo, pertinho do aeroporto de Viracopos, o Ramada Hotel Aeroporto Viracopos!

Para quem está vindo a Campinas e ainda não sabe onde é melhor se hospedar, vejam aqui o super post com dicas de onde ficar em Campinas, de acordo com o seu objetivo na cidade!

Ramada Hotel Aeroporto Viracopos


Ramada Hotel Aeroporto Viracopos- Campinas
O dia estava maravilhoso!

Ramada Hotel Aeroporto Viracopos- Campinas

O Ramada Hotel Aeroporto Viracopos fica pertíssimo do aeroporto de Viracopos (3 km) e por isso é uma ótima opção para quem tem voos saindo muito cedo ou chegando muito tarde. Até o final do ano, eles disponibilizarão transfer gratuito para transportar os hóspedes de/para o aeroporto.

Veja aqui todas as dicas de Campinas e região no blog!

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Vale a pena comprar o Torino Card em Turim?

Turim foi mais um cidade que explorei usando um desses cartões de desconto em atrações. O Torino Card é bem carinho, mas as atrações da cidade são caras também então é equivalente. A melhor maneira de ter certeza absoluta que um desses cartões vale a pena ou não é montando uma planilha como a que mostro abaixo. Mas nesse caso, dificilmente o Torino Card não vai valer a pena porque só a estrela da cidade, o Museu Egizio (Museu Egípcio), já custa 15 euros!

Museo Egizio - Museu Egípcio, Turim

Leia aqui todas as dicas de Turim no blog!


domingo, 13 de novembro de 2016

Conjunto Arquitetônico da Pampulha em Belo Horizonte

Já estive em Belo Horizonte muitas vezes e acho a região da Pampulha bem longe de todo o resto da cidade. Confesso que isso me dá uma preguicinha de ir para aqueles cantos (ainda mais com transporte urbano nunca sendo fácil no Brasil), mas agora temos mais um motivo para correr para aquelas bandas! O Conjunto Arquitetônico da Pampulha foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em julho/2016 por conta de sua arquitetura moderna! Que orgulho!

Leia aqui uma reportagem sobre o tema.

Igreja de São Francisco de Assis ou Igrejinha da Pampulha em Belo Horizonte
Uma das construções do complexo, aliás, uma das mais interessantes!

logo turismo de Belo Horizonte
A igrejinha é tão significativa que é o símbolo estilizado para a promoção turística de BH!

O Conjunto Arquitetônico da Pampulha


O Conjunto Arquitetônico da Pampulha é formado por 4 edifícios ao redor da Lagoa da Pampulha:  a Igreja São Francisco de Assis, o Cassino (atual Museu de Arte da Pampulha), a Casa do Baile (atual Centro de Referência em Urbanismo, Arquitetura e Design de Belo Horizonte) e o Iate Golfe Clube (hoje Iate Tênis Clube), construídos quase simultaneamente entre 1942 e 1943. A residência de Juscelino Kubitschek (atual Casa Kubitschek), construída em 1943 está ali perto e segue o mesmo padrão de arquitetura, mas não está incluída no conjunto pela UNESCO. Como tem tudo a ver com o tema e pela proximidade, vou falar dela neste post também.

A arquitetura de Oscar Niemeyer é inconfundível! O arquiteto até então desconhecido concebeu as ideias dos prédios acima (exceto a Casa Kubitschek), juntamente com o trabalho de artistas como Cândido Portinari, Alfredo Ceschiatti, Augusto Zamoyski, Paulo Werneck e José Alves Pedrosa e do paisagista Roberto Burle Marx. A ideia de um lago para prática de esportes náuticos partiu do então prefeito de BH, Juscelino Kubitschek. A concepção original previa ainda um hotel, que nunca foi construído.

Veja aqui todos os posts do blog sobre Belo Horizonte!






Igreja de São Francisco de Assis ou Igrejinha da Pampulha em Belo Horizonte
Essa é a pate da frente e entrada da igreja - todo o grupo do Encontro de Blogueiros em BH! O outro lado mais famoso é a parte de trás da igreja na verdade!


quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Mais de 30 lugares para ver o muro de Berlim pelo mundo

Depois de dar as dicas de onde ver o Muro de Berlim em Berlim nos dias de hoje no post anterior, hoje as dicas são de onde ver o Muro de Berlim espalhado pelo mundo! Depois que ele foi aberto e a Alemanha se reunificou, centenas de pedaços do muro foram parar em diversos cantos do mundo e muitos deles podem ser visto até hoje!

Para quem não está familiarizado com a história da construção e queda do muro, fiz esse post super explicadinho contando sobre isso e também sobre as comemorações dos 25 anos da queda do muro (novembro/2014 - eu estava em Berlim e presenciei in loco!).

muro de Berlim na East Side Gallery
Eu na East Side Gallery em Berlim

muro de Berlim na East Side Gallery


terça-feira, 8 de novembro de 2016

Onde ver o muro de Berlim hoje?

Essa semana está fazendo 27 anos da queda do Muro de Berlim. Veja aqui a história da construção e queda do muro de Berlim e as comemorações dos 25 anos da queda do muro, que eu presenciei ao vivo!

O muro de Berlim


Não vou entrar em detalhes sobre a construção, extensão etc do muro porque está tudo detalhadinho no post acima. Para mim ele representa um antagonismo: depois de tudo que vi e aprendi em Berlim sobre o muro, ele representa divisão e 2 lados opostos que se afastam cada vez mais, mas como só conheci o mundo depois da queda dele (eu era muito nova quando ele ainda estava de pé e nem lembro de nada relacionado a ele), o muro também representa para mim que diferenças podem ser superadas. Para quem gosta de historia como eu, é emocionante estar diante de um pedaço de concreto tão significativo da historia mais recente da humanidade - provavelmente o melhor representante dos últimos 100 anos da história.

Muro de Berlim - East Side Gallery
Eu no trecho mais icônico do muro de Berlim

Para ler mais sobre o muro de Berlim, recomendo as reportagens a seguir: "A construção do muro de Berlim em 1961", "De cortina de ferro a cinturão verde" e "Como o muro de Berlim virou um bom negócio".

Onde ver trechos do muro de Berlim hoje?


Os 2 primeiros são os destaques, pois os pedaços do muro estão no local original! Além disso, tem as lindas pinturas da East Side Gallery (maior trecho do muro ainda de pé) e o memorial emocionante e a faixa da morte visível na Bernauer Straße. Mapinha no final do post com todos esses lugares!

Onde ver o muro de Berlim hoje?



domingo, 6 de novembro de 2016

Onde ficar em Heidelberg (Alemanha)?

Depois de todos os meus posts sobre Heidelberg aqui no blog, acho que realmente convenço os leitores que a cidade é sensacional e muito mais do que um bate-volta de Frankfurt, a cidade merece pelo menos uma noite no roteiro de qualquer um! A cidade é uma das campeãs de reservas no Booking feitas através do blog. Eu aproveitei demais o meu fim de semana em Heidelberg e se tivesse chegado mais cedo ou saído mais tarde (fui atrapalhada por uma greve de trem e tive que ir de ônibus), teria sido ainda melhor! No post de hoje, vou dar muitas e muitas dicas de hospedagem na cidade universitária mais fofa da Alemanha, além do local onde me hospedei (que já tem post aqui no blog!).

vista de Heidelberg
A melhor vista de Heidelberg!

Veja aqui dicas para viajar de trem (e ônibus) pela Alemanha! Se estiver de carro, melhor verificar diretamente com cada hospedagem (principalmente nos casos de hotéis no centro histórico) a questão de acesso e estacionamento! Reservando o seu carro pelo parceiro do blog Rentcars, você colabora para manter o blog no ar com cada vez mais e mais dicas e não paga nada a mais por isso! Compare aqui os valores de diversas locadoras!




quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Dezenas de opções para passeios de um dia saindo de Frankfurt!

Como se todas as atrações que contei em mais de uma dezena de posts sobre Frankfurt não fossem suficientes, ainda existem muitas opções de passeios na região! No post de hoje, conto as que eu acho que são as melhores opções. Considerei até 2h de viagem.

Essa proximidade com diversas outras cidades interessantes para conhecer aos finais de semana durante meu curso de alemão foi o principal fator para eu ter escolhido fazer um mês de aula em Frankfurt antes de seguir para uma temporada em Berlim, como contei no post sobre o curso de alemão na DID!

Heidelberg, Mainz, Koblenz e Rüdesheim
Algumas das cidades escolhidas! Sabem quais são? Em sentido horário: Heidelberg, Mainz, Koblenz e Rüdesheim

A grande maioria aqui é totalmente viável de se conhecer de trem e este post com dicas práticas para viajar de trem (e ônibus) pela Alemanha vai te ajudar muito. Algumas poucas opções de passeio de um dia tem conexões ruins de trem e só são possíveis de carro, então deixo aqui a dica para você alugar um carro. Alugando através do parceiro do blog, Rentcars, você não paga nada a mais por isso e contribui para o blog, que receberá uma comissão!






Marquei no mapa acima todas os passeios de um dia citados neste post, em verde os que eu fiz e em amarelo os que eu gostaria de fazer, mas não deu tempo! Em cada um deles, dou mais dicas específicas e comparo o tempo indo de carro ou de trem! Os valores citados abaixo são para uma pessoa, somente trajeto de ida!

Observação: se você estiver planejando fazer muitos passeios de um dia para a mesma direção, provavelmente vale mais a pena se hospedar em uma outra cidade ao invés de ficar indo e voltando para Frankfurt toda hora! 


terça-feira, 1 de novembro de 2016

Onde comer em Bolonha?

Passando uma semana em Bolonha, almoçamos 2 vezes e jantamos 7 vezes na cidade! Deu para experimentar vários lugares - alguns aprovadíssimos, outros não, mas vou contar sobre todos no post de hoje.

Atrações principais de Bologna - Torres Asinelli e Garisenda, Catedral e Palazzo Re Enzo na região da Piazza Maggiore
Atrações principais de Bologna - Torres Asinelli e Garisenda, Catedral e  região da Piazza Maggiore (Palazzo Re Enzo)

Em azul no mapa, os restaurantes que experimentamos e conto mais aqui no blog. Em amarelo, outros que foram indicados, mas não conhecemos. Marquei também a estação de trem, o hotel onde ficamos e a catedral na praça principal de Bolonha.