quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Conhecendo San Marino em um dia

Depois de já ter dado todas as dicas práticas para chegar em San Marino e também contar muitas curiosidades desse micro país europeu no último post, agora conto o que vimos no nosso dia por lá. A ordem abaixo é praticamente o que fizemos e no final (e no mapa) falei um pouquinho do que não vimos também.

Palazzo Publico na Piazza della Libertà em San Marino

O que ver e fazer em San Marino em um dia?





mapa de San Marino
O melhor mapa de San Marino foi esse que peguei no escritório de turismo. Não consegui entender direito o esquema da cidade pesquisando na internet antes de ir.

Fazendo bate-volta de trem e ônibus como expliquei neste post, você vai chegar onde tem o desenho do ônibus no mapa acima e precisa caminhar até a Porta San Francesco para entrar no centro histórico. Isso é o que você vai ver pelo caminho:

chegando em San Marino - caminho do ponto de ônibus de Rimini até a Porta San Francesco

chegando em San Marino - caminho do ponto de ônibus de Rimini até a Porta San Francesco


O que fazer em um dia em San Marino


Carimbar seu passaporte


Na Europa hoje em dia quase não tem mais controle de passaporte quando você atravessa as fronteiras e da Itália para San Marino não é exceção. Sendo assim, você não terá carimbo nenhum no seu passaporte! Mas não se preocupe - o escritório de turismo de San Marino pode carimbar o passaporte e colocar o selo de visto por 5,00 euros! Ótima recordação de viagem! Aqui é um ótimo local para começar seu dia, já pegando todas as dicas e mapas.

escritório de turismo de San Marino

selo e carimbo de San Marino no passaporte
selo e carimbo de San Marino no passaporte

Horários de funcionamento: de 2a a 6a das 8h30 às 18h. Sábado e domingo das 9h às 13h30 e das 14h às 18h.


Receba a nossa newsletter quinzenal! Não se preocupe porque não fazemos spam!

* indicates required










Visitar as 2 torres - Guaita (First Tower) e Cesta (Second Tower)


Gosto de matar as atrações mais importantes primeiro para garantir que vou fazer o mais importante, então seguimos logo para a Torre Guaita e em seguida, a Torre Cesta. Não é possível entrar na terceira torre então não continuamos a trilha até lá, ainda mais que as nuvens no céu estavam formando mais uma chuva!

caminho para a Guaita (First Tower)

caminho para a Guaita (First Tower)

caminho para a Guaita (First Tower)
Quase chegando na Torre Guaita, tem esse mirante com as vistas acima e abaixo!

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

Torre Guaita (First Tower) - San Marino
A segunda torre vista da primeira!

Torre Guaita (First Tower) - San Marino

caminho da Guaita Tower para a Cesta Tower

Second Tower - Cesta Tower em San Marino

Second Tower - Cesta Tower em San Marino - Museo delle Armi Antique
Na segunda torre fica o Museo delle Armi Antique - Museu de Armas Antigas

Second Tower - Cesta Tower em San Marino - Museo delle Armi Antique

Second Tower - Cesta Tower em San Marino - Museo delle Armi Antique

Second Tower - Cesta Tower em San Marino - Museo delle Armi Antique

Primeira e Terceira Torres vistas da Segunda Torre - San Marino
A primeira e a terceira torres vistas da segunda torre nas 2 fotos de cima!

Segunda Torre - Cesta Tower - San Marino

Terceira Torre vista da Segunda Torre - San Marino
Terceira Torre vista da Segunda Torre

Horários: de 20/junho a 10/setembro, das 8h às 20h e de 11/setembro a 19/junho, das 9h às 17h
Preço: 4,50 euros só uma torre ou 10,50 euros - ingresso combinado para os 5 museus públicos. Desconto com o Tutto San Marino Card para o ingresso combinado - 7,50 euros.

Piazza della Libertà e Palazzo Publico


Passamos diversas vezes pela Piazza della Libertà, que é a praça principal da Città di San Marino. Impossível para de tirar fotos por aqui! O Palazzo Publico pode ser visitado, mas justamente naquele dia estava fechado para o público por conta de um evento político. Vejam no blog Contando as Horas como o palácio é por dentro. A troca de guardas acontece nessa praça a cada meia hora entre 9h e 13h30 e das 14h30 às 18h30 de maio a setembro (mas no dia que estive ali não consegui ver nenhuma! Talvez pela chuva ou pela reunião que estava acontecendo no palácio.

Piazza della Liberta e Palazzo Publico, San Marino
A bandeira do país, o brasão em uma placa de carro e o prédio que fica na frente do Palazzo Público e está atrás do fotógrafo na maioria das fotos

Piazza della Liberta e Palazzo Publico, San Marino

Piazza della Liberta e Palazzo Publico, San Marino


Andar pela ruazinhas fofas e fazer compras


A cidade é pequena, mas cheiade lojas de jóias, souvenirs, roupas, armas, itens de colecionador como selos e moedas, mercadinhos e tudo mais que você possa imaginar! As lojas são tanto sucesso por aqui pois elas são "tax free". A gente só comprou souvenir, a torta típica do país (abaixo) e um moletom para esquentar! Estava bem mais frio do que esperávamos e chovendo o tempo todo infelizmente!

Caminhando por San Marino
Bastante placas pela cidade

Caminhando por San Marino
Aqui dá para ver algumas "esquinas" de ruas

Caminhando por San Marino
Embaixo à esquerda é a Piazza Garibaldi

Caminhando por San Marino
Não sei porque, mas havia um monte de esculturas modernas por San Marino, como se fossem propagandas desses filmes futuristas!

Caminhando por San Marino

Caminhando por San Marino
Aqui já indo embora pela Porta San Francesco (parte de trás da porta na última foto)


Catedral - Basilica del Santo


Achei a catedral bonita por fora, mas bem simples por dentro. Ela é bem grande comparada com as outras construções ali no centrinho histórico. O mais interessante dela é que no altar não temos a imagem de Jesus ou Maria, mas sim de San Marino, o santo que dá nome à cidade e ao país!


Basilica del Santo em San Marino

Museo di Stato (Museu do Estado)


Outro lugar que visitamos foi o Museo di Stato, que conta um pouco da história do país em 4 andares (um em reforma/para exposições temporárias). Super acessível com elevadores. Está no antigo Palazzo Pergami e além de coleção de artigos de San Marino, também possui artefatos etruscos, egípcios, romanos, entre outros. O destaque é a coleção de moedas e medalhas desde 1864.

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino
Piazza Titano e à esquerda, fachada do Museo di Stato (Museu do Estado)

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino

Museo di Stato (Museu do Estado) em San Marino


Horários: de 20/junho a 10/setembro, das 8h às 20h e de 11/setembro a 19/junho, das 9h às 17h
Preço: 4,50 euros só esse museu ou 10,50 euros - ingresso combinado para os 5 museus públicos. Desconto com o Tutto San Marino Card para o ingresso combinado - 7,50 euros.


Outras atrações na Città di San Marino


Existe um trenzinho que faz um tour pela Città di San Marino e Borgo Maggiore, mas aparentemente não entra dentro das muralhas. Não visitamos alguns museus privados como o Museu de Cera, Museu da Curiosidade e Museu da Tortura, mas clicando no link anterior vocês podem obter todas as informações sobre essas atrações.

Onde comer em San Marino


La Torretta - Quando chegamos, estava chovendo forte e bem frio. O ônibus para hoje em dia em um local a uns 10 minutos andando da entrada da cidade e o caminho é descoberto. Mesmo comprando guarda-chuva, era um luta para não se molhar (e ainda passando frio!), então decidimos parar em um café antes mesmo de entrar no centro histórico. Aproveitamos que saímos cedíssimo do hotel de Bolonha sem café da manhã de verdade e já comemos algo mais reforçado nesse café simples, mas que tem o basicão.


El Nido del Falco - Depois de carimbar o passaporte e visitar as 2 torres, paramos para almoçar neste restaurante. Ele tem uma área externa com vista maravilhosa - parecida com a vista que temos das torres, pois está do mesmo lado do Monte Titano, mas com aquele frio e a chuva quase voltando, ninguém queria sentar lá fora. Conclusão: o salão estava lotado e o serviço ruim, pois a correria do pessoal do restaurante era grande.

Restaurante Nido del Falco em San Marino e strozzapreti

Todo mundo foi de strozzapreti com abobrinha, tomate e camarão da foto, que segundo a hostess do restaurante, é a massa mais típica de San Marino. O prato custava 10,00 euros.

O blog "Tá indo pra onde?" contou com o apoio do escritório de turismo de San Marino com as entradas para todas as atrações visitadas, o carimbo/selo no passaporte e "Tutto San Marino Cards", mas as opiniões aqui expressas são independentes.



Você já curte a fanpage no Facebook, já segue o Twitter, o Instagram, o Google+ e o Pinterest?

10 comentários:

  1. Guia bem completo! Dá para aproveitar muito bem esse dia. Adorei as dicas :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E olha que a chuva atrapalhou um pouquinho o começo e o fim do dia hein?

      Excluir
  2. Adorei meu passeio por San Marino com os teus posts! A vontade de voltar para a Itália só aumenta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! Não tem como dar conta de ver tudo por lá né? E ainda tem San Marino e Vaticano no meio pra aumentar os passeios hahaha!

      Excluir
  3. Post para favoritar hein? Super completo. Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Adoro cidades muradas, que me transportam pelos séculos e me levam um pouco para um outro tempo, facilitam que visualizamos a história pela ruas. Show de roteirinho, hein? BjO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Tb adoro cidades muradas, são tao charmosas né?

      Excluir
  5. Ótimas dicas sobre San Marino!
    Já quero um selo desse e um carimbo no meu passporte ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe eu estava querendo faz tempo e finalmente consegui!

      Excluir