domingo, 19 de outubro de 2014

Recordações de viagem: Fotolivro

Lá em Julho, o pessoal da FotoRegistro me contatou, oferecendo um fotolivro para testar o produto e eu topei, já que tinha percebido há algum tempo que minhas fotos (não só as de viagem) estavam uma bagunça. Já fazia anos que não imprimia foto nenhuma, nem de viagem, nem de ocasiões especiais, mas queria dar um jeito nisso.

Eles ofereceram o Fotolivro Extra Grande (formato quadrado), o maior com capa personalizada disponível com 20 folhas, mas eu não tinha muita noção do tamanho que as fotos ficariam e não queria encher o livro com foto demais por página. Sendo assim, escolhi uma das viagens recentes mais curtas, a da Ilha de Páscoa, onde passei só 4 dias (e mais alguns em Santiago – que ficou de fora do livro), só pela questão da dificuldade de selecionar as fotos mesmo (quanto mais dias de viagem, mais fotos e mais difícil de selecionar! E foi um parto selecionar!). Quando o livro chegou, vi que poderia ter colocado mais fotos porque ele é grande mesmo (ele tem 29,7x29,7 cm)! Até tem um desenho no site mostrando os tamanhos (abaixo), mas eu não confiei muito.

comparativo dos tamanhos dos fotolivros
Não tinha reparado na foto da esquerda (ou será que alguns meses atrás não tinha?), aí pelo desenho da direita não achei que o livro fosse tão grande!



Baixei o programa deles (D-Book) para poder fazer tudo offline (mas é possível fazer online), porque quem já perdeu trabalho da faculdade por falta de salvar nunca mais quer cometer o mesmo erro! Para ficar mais clean, escolhi o fundo branco. Já tinha lido em outros blogs sobre como é fácil fazer o layout das páginas do livro, mas no começo não achei nem um pouco fácil não!! Estava sofrendo, levando 1 noite para fazer 2 ou 3 páginas na marra quando descobri que eles sugerem alguns layouts hahahaha. Aí sim o projeto deslanchou e terminei rapidinho! Que fique claro que eu não tenho prática com programas de edição de imagem ou algo do gênero, quem tiver provavelmente achará mais fácil.

Não quis escrever muito para não ficar um carnaval e coloquei só os nomes das principais atrações que visitamos. E claro que para a capa, escolhi o Ahu Tongariki, a plataforma de moais mais impactante da Ilha de Páscoa!

Instagram do blog "Tá indo pra onde?"
Foto que postei no Instagram do blog "Tá indo pra onde?" logo que cheguei em casa! Aliás, vocês já seguem o blog lá? Sempre tem as dicas mais fresquinhas!

Para quem preferir fazer online, segue um vídeo explicando como fazer - o programa offline é diferente!




Numa dessas demorei 1 mês para fazer o livro, mas assim que enviei o projeto, o livro pronto chegou rapidinho! Não sei precisar a data porque não estava em casa naquela semana, mas acredito que chegou no prazo (na primeira semana de Setembro).

O livro ficou lindão e a qualidade é inegável! Com certeza fiquei com vontade de fazer mais, agora já com a prática de mexer no programinha rs. Mas achei que 20 páginas deixa o livro muito fino, então provavelmente colocaria mais.

Fotolivro de viagem

Fotolivro de viagem

Fotolivro de viagem

Fotolivro de viagem

Fotolivro de viagem

No site da FotoRegistro é possível personalizar canecas, imã, caderno, capa de Iphone, entre outras coisas e imprimir fotos, que vai ser o meu próximo passo!

E você, já fez um fotolivro de viagem? Ou de alguma ocasião especial? O que achou?


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitternosso Instagram e o Google+?

12 comentários:

  1. Olá Fernanda! Vim aqui por um help! Vi que vc fez seu primeiro intercâmbio em hilton head island. Bem, estou com planos de ir p uma cidade pequena tb, lancaster na Pensilvânia, onde me hospedaria por um mês em casa de família. É a primeira oportunidade que surgiu, mas fiquei c um pé atrás qnd vi quão pequena é a cidade, mas parece ser riquíssima culturalmente e sei que seria uma familiarização real com o cotidiano do americano. Então, cm vc é uma intercambista experiente, seria uma boa ir? Agradeço se puder me ajudar a ponderar! Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade antes de Hilton Head (onde eu dividia um apartamento com mais 3 intercambistas), fui pra Dinamarca e pra Suécia e nesses casos fiquei em casa de família! Na Suécia a cidade era pequena comparada com Campinas rs, mas Hilton Head era menor. Casa de família é uma ótima opção para intercâmbio porque vc pode praticar mais o idioma e realmente aprender e vivenciar o cotidiano no país. Quanto a cidade ser pequena, vc provavelmente vai fazer menos programas turísticos e mais programas de lá mesmo (cinema, boliche, lanchonetes, etc) - o que o pessoal da região está acostumado a fazer. No meu caso, o ponto negativo de HHI ser pequena (mas não minúscula) era a falta de transporte público, e aí acabei gastando muito com táxi, mas acho que HHI é exceção nos EUA - as cidades costumam ter sistemas de transporte eficientes. Quanto à família, depende da sua sorte (ou azar) de pegar uma família mais legal ou mais séria e aí se adaptar mais fácil ou não, interagir bastante com eles ou não, mas é sempre um aprendizado (e de qq jeito 1 mês passa voando!!! - estou na Alemanha faz 3 semanas e parece que cheguei faz uns 5 dias rs). Quando fui pra Espanha tb fiquei em casa de família e não ficava com eles aos finais de semana, por exemplo, mas assistia um pouco de tv e conversava com a mãe e com as 2 crianças quase todos os dias depois do almoço e aí fui melhorando meu espanhol. Se a cidade não tiver nada pra fazer mesmo, vc pode aproveitar e colocar em dia os filmes/seriados que sempre quis ver, por exemplo (sem legenda!) mas em qq intercâmbio alguma coisa diferente vc vai aprender e vivenciar - até o supermercado é um super passeio! Resumindo, vá sim e aproveite! rs

      Excluir
  2. Fer, eu fiz um fotolivro também e achei super bacana! Fiz um pequeno pra experimentar e ver se a qualidade era boa e deu super certo! Adorei! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tô pra fazer outros, mas sempre me enrolo... Tem tanta viagem que não tem mais nenhuma foto impressa!

      Excluir
  3. Fê! Eu estava justamente procurando uma forma de fazer um foto livro da minha volta ao mundo! Acredita que ainda não imprimi as fotos? Adorei, simplesmente. E se você falou que a qualidade é boa, vou confiar. Fiquei feliz de ler seu post. Ah! O videozinho com tutorial é ótimo! Obrigada!!! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né, a gente não imprime mais e aí não tem graça ficar olhando fotos na tela do pc....

      Excluir
  4. Acho muito legal esses livros. Faz tempo que deixei de imprimir fotos, mas ainda acho um barato ver os álbuns.
    Quem sabe não me aventuro qualquer dia! bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tb acho super legal ver as fotos, mas no computador não é a mesma coisa...

      Excluir
  5. Gente! Que bacana e que vergonha por nunca ter feito um! :O
    Esse post serviu de inspiração e puxão de orelha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hehehe antes tarde do que nunca! Eu tb preciso fazer outros!

      Excluir
  6. Aqui em casa a gente manda imprimir as fotos e coloca na geladeira, acho que fazer um fotolivro pode ser uma boa! haha vou tentar me inspirar :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenta sim! Essa mania de tirar mil fotos e não imprimir nada é um saco! rs

      Excluir