quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Nos arredores de Munique - mais dicas de bate-voltas imperdíveis

A trilha sonora do dia não foi a trilha dessa viagem para a Alemanha, mas é a música em alemão que mais gosto. Conheci através de algum dos meus professores de alemão, um bom tempo depois que voltei de lá. A banda chama Juli e a música é "Perfekte Welle" ("Onda Perfeita" seria a tradução do nome).



Campo de Concentração em Dachau


Não existe bate-volta mais clássico para fazer a partir de Munique do que os castelos de Neuschwanstein e Hohenaschwangau que já falei anteriormente. Além deles, tem outros castelos e palácios lindos na região que já abordei também no blog.

A terceira dica seria bem mais pesada, conhecer um campo de concentração alemão, na cidadezinha de Dachau. O campo de concentração de Dachau foi o primeiro campo do tipo construído em grande escala, no lugar de uma fábrica de pólvora e serviu de modelo para outros campos. Em 1945 foi libertado pelos Aliados e passou a ser utilizado como campo de refugiados até os anos 60, quando construiu-se o memorial para receber visitantes.

campo de concentração em Dachau
escultura na entrada




Você sabia que o seguro viagem é OBRIGATÓRIO para entrar na Europa??? Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!


campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau
maquete de como era o campo

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau
um cela minúscula onde ficavam alguns prisioneiros mais "perigosos"

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

Uma das partes mais emocionantes é o quarto onde centenas de pessoas dormiam amontoadas nesses treliches. Segundo a guia, dormiam até 3 pessoas em cada cama, ou seja 9 em cada treliche. E eram todos grudados um nos outros então era muito amontoado MESMO!

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau
Aí dá pra ver as marcas no chão dos antigos dormitórios que foram destruídos. Só 1 sobreviveu para servir como museu, mas existiam dezenas como se pode ver na maquete acima.

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

Outra parte emocionante é a parte onde fica a câmara de gás já conectada com os fornos. Não há registros de que a câmara tenha sido usada, mas já construíram tudo pensando na facilidade que seria todo mundo morrer nesse quarto e já carregar para o quarto ao lado para incinerar os corpos.

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau

campo de concentração em Dachau
É muito absurdo que centenas (ou milhares?) de pessoas tenham sido queimadas nesses fornos só aproximadamente 70 anos atrás! E pensar que você está exatamente no mesmo lugar que isso aconteceu é chocante.

campo de concentração em Dachau

Apesar de não ser algo fácil, acho essencial que todo mundo visite esse ou algum outro campo de concentração porque a história não pode morrer.

A Ângela tem algumas fotos da cidade, além do campo de concentração, assim como o pessoal do 360 Meridianos tem um post sobre o lugar. O Robson, do blog Um Viajante tem fotos legais em preto e branco e o post da Bruna, do blog Contando as Horas é o mais completo, inclusive com as informações de como chegar lá de transporte público. Eu fui de carro, com meus amigos alemães, então sigam as dicas da Bruna se vocês não tiverem uma carona.

Está procurando por hospedagem para sua viagem??? Reserve pelo Booking através dos links e banners do blog, não pague nenhum centavo a mais por isso e colabore na manutenção deste blog! Obrigada!


Freising


Uma cidadezinha LINDA ali por perto (perto do aeroporto) é Freising (4a dica e não precisa nem ser o dia inteiro). Dei uma passada rápida por lá um dia quando fui buscar uns amigos no aeroporto e o vôo deles atrasou. Não tinha levado a máquina fotográfica, pois estava só indo para o aeroporto buscar conhecidos, então "roubei" algumas fotos da Wikipedia.

Freising
Adoro a arquitetura alemã!

Freising
Marienplatz, com a Igreja de St. George, a prefeitura e a Mariensäule (a coluna da foto)

Freising
Igreja de São Pedro e São Paulo

Freising
Catedral de Freising

Freising
Jardins bem cuidados

Freising
Monumento no centro da cidade

Freising
Espécie de caixa dá água, em funcionamento desde 1906

Freising
Interior de uma biblioteca

Freising
antigo hospital - a cidade estava branquinha assim quando estive por lá

Se tiver algum tempinho para ser matado perto do aeroporto, Freising é o destino ideal. Além desses lugares, é possível fazer bate-volta pra Salzburgo, na Áustria, mas isso merece um post específico.

Mapa da região





Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

Nenhum comentário:

Postar um comentário