terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Descobrindo o ES - agroturismo em Venda Nova do Imigrante

O agroturismo é uma vertente do turismo que vem se desenvolvendo no interior de SP, MG e ES, entre outros lugares. Em minha viagem ao Espírito Santo, experimentei vários produtos gostosos (além da pizza de polenta) e visitei alguns estabelecimentos de agroturismo.

Na região das montanhas capixabas é produzido o café do jacu, um dos melhores do mundo! Leia essa reportagem. Segundo o guia que nos acompanhava, o café é tão caro porque não tem acidez e fica muito mais gostoso. Não experimentamos essa variedade de café, mas outro muito bom e inclusive trouxe várias guloseimas para casa!

Fazenda Carnielli


O que me chamou a atenção aqui foram os queijos diferentes - tinha um até com pimenta síria! Minha família não gostou muito, mas eu aprovei o sabor meio adocicado. Comprei alguns sabonete de leite de cabra que ainda não testei. O Thiago do Rotas Capixabas tem um post sobre o local. Vejam o que eles produzem no site. Posso garantir que o queijo sem lactose tem o mesmo gosto de queijo comum.

Fazenda Carnielli



Fazenda Carnielli
Painel contando a história da família e da Fazenda

Fazenda Carnielli
Painel contando a história da família e da Fazenda

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli

Fazenda Carnielli


Sítio Família Lourenção

Foi a família Lourenção que trouxe a tradição do embutido socol para a região (o nome original é ossocollo). Eles também fazem antepastos maravilhosos - eu fiquei louca com a variedade, experimentei uns 10 e gostei de todos. A pimenta recheada que não é apimentada também é uma boa pedida. A parte onde o socol fica pendurado um tempão durante a produção é bem fedida! Nem preciso dizer que meus pais e todos os meus tios amaram essa espécie de presunto cru né? O Thiago também contou sobre a visita dele.

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção

Sítio Família Lourenção



Para aprender mais sobre o socol, sugiro que leiam essa reportagem e a Wikipedia.

O que comprei nos 2 lugares


Só não comprei mais queijos e antepastos porque não ia caber na mala!

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas

delícias capixabas


Se alguém aí souber onde comprar socol em São Paulo ou Campinas, me avise!!

Essa viagem foi feita a convite da Secretaria de Turismo do Espírito Santo e do SEBRAE/ES.


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

12 comentários:

  1. Eu poderia comer queijo no almoço e no jantar todos dias da vida sem enjoar! Esse com pimenta deu água na boca!

    ResponderExcluir
  2. Quero muito conhecer ES neste ano de 2016; Já está na lista!

    ResponderExcluir
  3. Bem bom sair experimentando as guloseimas locais! Imagina se sobrasse espaço na sua mala, kkk

    ResponderExcluir
  4. Adoro essas atividades que combinam experiências locais. Espírito Santo está na minha lista! E eu teria trazido tanta coisa quanto você, pode ter certeza! hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bem legal né? puts, o tamanho da mala foi o limitador... Já aprendi, da próxima vez não levo só uma malinha não!

      Excluir
  5. Que interessante! Nem sabia que tinha esse tipo de coisa no ES...o que mais gosto é a degustação hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha degustação é sempre a melhor parte!!! rs

      Excluir
  6. Esse passeio nas montanhas e delicioso!!! Amo os queijos da carnielli e agora eles até abriram uma lojinha no aeroporto!!! ������
    Não sei onde vende socol por aí... mas se quiser eu "exporto" pra vc!!! Rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até esqueci de procurar mais por aqui, mas nunca achei não desde que voltei!

      Excluir