quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Roteiro de Natal em Campinas-SP

Quer fazer um passeio diferente em Campinas, gastando o equivalente a um quilo de feijão, um quilo de arroz ou um litro de óleo? Ontem fiz um tour de ônibus pela iluminação natalina da cidade! Vim correndo contar aqui no blog porque ainda dá tempo de você fazer até dia 23/12!

cartaz Roteiro Turístico de Natal



Antes do passeio

Aproveitamos para tirar umas fotos na região da Prefeitura, já que o ônibus saía de lá. Jantamos por lá também (mas isso é assunto para outro post). A região não é a mais segura da cidade, mas apesar de ficar no centro de uma grande cidade brasileira, não é dos piores lugares.

Prefeitura de Campinas
Prefeitura de Campinas

Prefeitura de Campinas

Prefeitura de Campinas
um dos poucos jequitibás restantes em frente à Prefeitura

Prefeitura de Campinas

Prefeitura de Campinas

Largo das Andorinhas
Largo das Andorinhas

Largo das Andorinhas
Monumento ao Bicentenário de Campinas

Escola Carlos Gomes
Escola Carlos Gomes

Escola Carlos Gomes

Escola Carlos Gomes

O passeio


Quando reservamos (as informações práticas estão ao final do post), pediram para chegarmos com meia hora de antecedência e esperar no hall da Prefeitura.

Prefeitura de Campinas

Prefeitura de Campinas
Cartaz das 7 Maravilhas de Campinas (ê cidade megalomaníaca! rs): Mercado Municipal, Estação Cultura, Jockey Club, Lagoa do Taquaral, Torre do Castelo, Escola de Cadetes e Catedral (meio escondida pela caixa de doação ai em cima)

Vou colocar o mapa dos lugares visitados aqui e ao final do post para ninguém ficar perdido:



Saímos da lateral da Prefeitura e o primeiro ponto interessante da cidade que passamos em frente foi o Centro de Convivência, essa praça circular onde acontece a famosa feira hippie aos sábados e domingos (das 9h às 14h). Nas semanas anteriores ao Natal, a feirinha acontece também durante a semana, das 14h às 22h, mas com bem menos barracas.

Centro de Convivência
Centro de Convivência

Centro de Convivência

Centro de Convivência

É aqui que fica o Teatro de Arena, vi várias pessoas fazendo caminhada por lá, mesmo já estando escuro e sem muita iluminação em algumas partes.

Teatro de Arena em Campinas
foto da Wikipedia

vista aérea do Centro de Convivência
vista aérea do Centro de Convivência, foto da Radiocamp

Continuamos para a Basílica do Carmo (que não tem nenhuma iluminação especial natalina) e depois para o Mercadão, infelizmente sem iluminação também.

Basílica do Carmo


Mercadão de Campinas
Foto do Facebook deles
Já na Avenida Senador Saraiva, cruzamos o calçadão (Rua Treze de Maio), que antigamente era o centro de compras chiques da cidade e hoje é o centro de compras mais popular.

atravessando o calçadão
As lojas normalmente funcionam em horário comercial, mas estavam abertas até mais tarde por causa do Natal

em frente à Estação Ferroviária
Prédio preservado em frente à Estação Cultura

Estação Cultura
Antiga estação ferroviária, hoje conhecida como Estação Cultura, desculpaê pelo poste e sinaleiro atrapalhando a foto, mas sabe como é, tirar foto com ônibus andando é mais complicado do que parece!


Estação Cultura

Subindo a Avenida Andrade Neves, demos a volta na Torre do Castelo.

Torre do Castelo

Torre do Castelo

Voltamos para o centro e a próxima atração foi a Catedral!

Catedral de Campinas

Chegando de volta à Prefeitura, mais uma vez em frente à Escola Carlos Gomes.

Escola Carlos Gomes

Escola Carlos Gomes

Prefeitura de Campinas
Iluminação da Prefeitura

Prefeitura de Campinas


Minhas impressões


Ainda não consegui organizar meus pensamentos. Por um lado foi programa de índio e por outro lado, não foi! Sinceramente, eu esperava que fosse muito pior, mas com certeza quem mais curte esse tipo de passeio são as crianças! E como tinha criança ontem à noite!

Não tenho do que reclamar da organização da Prefeitura (a não ser talvez o horário da troca do ingresso), mas com certeza seria melhor se as decorações fossem melhores! Mas isso não depende só deles. Muitos dos pontos que passamos foram decorados por empresas diversas citadas no passeio (não lembro de todas!), mas mesmo as lojas e casas que encontramos pelo caminho estavam super pobres nesse quesito.

O meu ônibus (ônibus A das 21h) estava cheio de crianças, desde bebês de colo - meia dúzia eu acho - até uns 8 anos. Tinha até uma família gigante que já fez desse passeio uma tradição do grupo, eles fazem todos os anos!

Como os ônibus têm 2 andares, sentar lá em cima faz parte da diversão. Perguntei para uma das meninas organizando a entrada e saída do pessoal, mas ela não soube informar a idade deles. Desconfiamos que são (ou aparentam ser) dos anos 50/60. O motor parecia que não ia aguentar em algumas subidas! E claro, as árvores da cidade ficavam raspando o tempo inteiro na lateral do ônibus porque as ruas aqui não foram feitas para isso. O 2o andar é bem baixo, maiores de 1,60 tomem cuidado para não bater a cabeça!

ônibus de 2 andares da Caprioli
O segundo andar do ônibus

ônibus de 2 andares da Caprioli

ônibus de 2 andares da Caprioli

ônibus de 2 andares da Caprioli
Até o ônibus tinha luzinhas de Natal!

ônibus de 2 andares da Caprioli

Prepare-se para pagar mico! As pessoas na rua ficam olhando, dando tchauzinho e até filmando/fotografando o ônibus vermelho quando passamos! Sempre tem o engraçadinho do ônibus e junto com as crianças que não estão a fim de ouvir nada da história da cidade, fazem bastante barulho. Mas também garantem a diversão: cantaram até "Parabéns" para a guia que fazia aniversário ontem e teve um dos "tios" que dançou no meio do ônibus quando começou a tocar músicas natalinas em ritmo de samba em um trecho onde não haviam atrações! Até Mamãe Noel entregando bala para as crianças no meio do passeio tem!

Mapa dos pontos visitados:



Informações práticas


Diferente de outros anos, é necessário reservar ingresso pela internet e depois trocar o alimento doado pelo ingresso na Prefeitura. Antigamente, você tinha que ficar horas na fila em horário comercial, o que era impraticável para muita gente. Ainda é necessário fazer essa troca em um horário chato (das 10h às 16h), mas é mais fácil se organizar para passar rapidinho na hora do almoço por lá do que ficar horas na fila desde manhã, como ouvi que era antigamente. Essa troca do alimento pelo bilhete NÃO pode ser feita na hora do passeio.Quando eu fui (segunda-feira depois do almoço), estava super vazio. Dependendo do dia do seu passeio, você até pode trocar aos finais de semana, mas dependendo do dia não pode. Talvez seja esse um ponto a ser melhorado ano que vem: ser possível reservar passeios com mais de 2 dias de antecedência e pegar o ingresso em qualquer data.

Qualquer pessoa pode fazer e levar mais 3 convidados (por CPF). Recebi o e-mail de confirmação em seguida à inscrição. É necessário levar o e-mail impresso e documento na hora de trocar o ingresso. O regulamento pode ser lido neste post.

Chegue com meia hora de antecedência na prefeitura. Tem cadeiras no hall e o pessoal já vai organizando a ordem de embarque (de acordo com o número do seu ticket). O passeio sai pontualmente no horário (20h, 21h ou 22h) e em aproximadamente meia hora já acabou a parte principal, demorando ainda uns 10 minutos para voltar ao ponto de partida.

Se você não conseguir fazer esse ano, fique de olho para 2014! É muito provável que tenha novamente.


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

Nenhum comentário:

Postar um comentário