segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Fundo do Baú - Portugal (fevereiro/2001) - parte 3

No dia seguinte,  fomos para Amarante, onde vimos a ponte e o Mosteiro de São Gonçalo. Seguimos para Vila Real, onde fica a Casa de Mateus, aquela do vinho rosê, muito famoso por aqui desde que eu era criança, pelo menos. Do vinho eu não entendo mas os jardins eram bonitos.

Casa de Mateus em Vila Real

Casa de Mateus em Vila Real

Casa de Mateus em Vila Real


Seguro viagem europa 468x60


Em Lamego, vimos a Sé, o Palácio Episcopal, a Praça das 4 Estações, com a igreja lá no alto. Subimos os 686 degraus e até deu para tirar o casaco depois disso rs.

Lamego

Lamego

Fomos então para Viseu, onde vimos a Igreja da Misericórdia, a Sé, remanescentes das muralhas originais, e azulejos na Praça do Rosário.

Viseu

Viseu

Viseu

No dia seguinte,  seguimos viagem para a Serra da Estrela. A neve estava alta e tiramos muitas fotos legais, além é claro de comprar queijos, embutidos e etcs no caminho.  O queijo da Serra da Estrela é super famoso. Seguimos para Castelo Branco para visitar o Palácio Episcopal, que tem uma escadaria com várias estátuas, por exemplo dos reis de Portugal e Espanha e de todos os apóstolos.

Serra da Estrela
único dia que vimos neve na viagem

Serra da Estrela

Castelo Branco

Finalmente chegamos em Évora, onde ficamos em um hotel dentro das muralhas, com vista para ela! No dia seguinte, conhecemos a cidade: Altar-mor da Igreja de São Francisco, Capela dos Ossos, o  Templo de Diana maravilhoso (preciso ir para a Grécia!), a Sé, o Museu de Arte Sacra, a Praça do Giraldo e o Convento dos Loios e inclusive almoçamos na Pousada dos Loios ali do lado e foi uma das melhores refeições da viagem. 

Évora

Évora

Évora

Évora
A Capela dos Ossos impressionou, ninguém tinha visto nada igual antes

Évora
Évora merece muito mais do que um bate-volta de Lisboa

Évora

Na volta para Lisboa, antes de anoitecer ainda deu tempo de conhecer o Castelo de São Jorge e ter ótimas vistas da cidade lá e no Miradouro de Santa Luzia. Fomos para a Sé e a Praça do Comércio. A noite, teve o jantar de despedida da excursão no restaurante do hotel.
No saldo final, ficamos em bons hotéis, com metade das refeições incluídas, pagamos um bom preço e o guia era bom. O único ponto negativo é que conheci bem o interior de Portugal, mas ficou faltando conhecer o Mosteiro de Alcobaça! A Sílvia do blog "Matraqueando" dá as dicas para visitar Alcobaça.

Tem mais dicas da Serra da Estrela no blog "História e Viagem" e de Belmonte, a terra de Pedro Álvares Cabral, que fica ali pertinho, no blog "Turista Profissional".

Hotéis


Não vou fazer uma review mais detalhada, mesmo porque já faz tanto tempo que não tem como garantir como está a conservação, o serviço, etc.

Viseu - foi o único hotel que não consegui identificar hoje em dia. Reserve o seu hotel em Viseu pelo Booking e o blog ganhará uma comissão, sem você gastar nada a mais por isso!
Évora - Hotel Mar de Ar (antigamente era o Hotel da Cartuxa) - outros hotéis em Évora





Roteiro Guimarães-Amarante-Vila Real-Lamego-Viseu-Serra da Estrela-Castelo Branco-Évora-Lisboa (3 dias)




Leia também sobre Madri1o trecho em Portugal2o trecho e o final dessa viagem.


Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e o Google+?

2 comentários:

  1. Querida, a Capela dos Ossos (em Évora) não é caso único no país. Confira aqui: http://bercodomundo.blogspot.pt/2013/08/templos-do-mundo-6-creepy-chapel.html

    Parece que foi uma moda, bem bizarra por sinal, hehe.
    Não ia morrendo de frio na Serra da Estrela?
    Beijinho
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha muito bizarra! Já tinha ouvido falar de outra capela desse tipo, mas em outro país, não lembro onde... A que você mostrou no seu post, em Faro, nunca tinha visto/ouvido falar, mas gostei mais do que a de Évora. Ficou faltando nessa viagem justamente o sul de Portugal!

      Estava friozinho, mas não muito, passamos na Serra da Estrela na hora do almoço e a gente tinha levado casaco de neve sim. Mas dava pra usar o casaco aberto, sem gorro, luva ou cachecol, etc.

      Excluir