terça-feira, 9 de julho de 2013

Vale a pena comprar um dos passes para atrações turísticas em NY?

(1 mês de blog!) ATUALIZADO EM 05/05/2014

Geralmente, eu curto um passe desse tipo rs Caso você queira visitar muitas atrações, acaba conseguindo descontos legais. Mas toda regra tem uma exceção.

No caso de NY, acho que os passes NÃO compensam! O New York Pass pode ser de 1, 2, 3 ou 7 dias, mas eu acho muito caro. Talvez funcione para quem queira ir em atrações muito caras e seja "rato" de atrações pagas rs. Comprando online, você consegue um descontinho.

New York Pass


Para viajar tranquilo, garanta já o seu seguro viagem com a parceira do blogSeguros Promo - comparador de preços com as melhores seguradoras do mercado! Você não gasta nenhum centavo a mais por isso e colabora para manter o blog!




Está procurando por hospedagem para sua viagem??? Reserve pelo Booking através dos links e banners do blog, não pague nenhum centavo a mais por isso e colabore na manutenção deste blog! Obrigada!

Já o New York City Pass, é bem mais razoável, mais barato e mais tempo para visitar as 6 atrações incluídas. Mas tem uma pegadinha aí. Estão inclusas as entradas para o Museu de História Natural e o Metropolitan, que tem entradas SUGERIDAS e não obrigatórias. Você tem que pagar alguma coisa, nem que seja US$ 1,00, mas não precisa pagar os US$ 19,00 ou U$S 25,00 sugeridos (preço de julho/2013). Entendo que uma visita nesses museus mereceria muito mais do que 20 dólares, mas também entendo uma família de 5 pessoas que viaja para NY e não tem condições de gastar 100 dólares em cada atração que for visitar. Sendo assim, vale muito mais a pena pegar menos, mas visitar de qualquer jeito.
New York City Pass

No site Viaje na Viagem tem um post bem legal sobre esse assunto, comparando esses 2 passes. De qualquer jeito, a regra de ouro para os passes turístico é planejamento! Tendo se planejado, você sabe onde quer entrar e onde não quer, se tem algum dia (ou horário) que determinada atração é grátis ou não e pode fazer uma tabelinha e comparar o quanto você gastaria com e sem o passe. E tudo depende de que atrações você tem certeza que vai visitar. Aí, o que vier a mais é lucro!

Para NY, eu fiz as comparações e cheguei a conclusão que não compraria passe nenhum. Não tenho mais a planilha original (afinal não sabia que iria precisar para um blog um ano depois rs), mas vou postar aqui uma adaptada. Todos os valores estão em dólares.




Considerei na tabela os valores da ONU que acabamos não indo, mas estávamos dispostos a gastar. O preço da Estátua da Liberdade inclui o barco até lá, a entrada na base do monumento e a visita a Ellis Island, mas não inclui o acesso à coroa (acrescentar U$3,00), que estava fechada quando fui. Além disso podem perceber um descontinho no "Top of the Rock", que consegui seguindo a dica abaixo.

Uma coisa que funciona muito bem nos EUA são cupons. Quem já viu aquele programa do Discovery Home & Health "Cupom Mania"? Pois é, eles também existem para atrações turísticas. Estão em muitos jornais e revistas e também na internet. Em uma busca no Google agora encontrei esses sites abaixo, para vocês terem como exemplo, mas existem muitos outros!

Smart Save

Para vocês não acharem que sou totalmente contra esse tipo de passe, segue o meu relato de 2 que aprovei: London Pass e o I Amsterdam Card, mas acredito que cada caso é um caso.



Você já curte nossa fanpage no Facebook, já segue o nosso Twitter, o nosso Instagram e Google+?

17 comentários:

  1. Oi Fernanda, Como vc pagou $24 para ir na Estatua da Liberdade? Vi no site que so o cruise e $35. obrigada, bj

    ResponderExcluir
  2. Oi Patricia, onde vc viu por $35? Acabei de conferir nos sites oficias e a entrada (sem o acesso à coroa) está $17 (com a coroa, fica $20). O site oficial de venda é esse: http://www.statuecruises.com/default.aspx, citado no site do governo (http://www.nps.gov/stli/planyourvisit/feesandreservations.htm). Antes eu tinha confundido e colocado os preços de outro site (que não conheço): http://www.statueoflibertytickets.com/Statue-Of-Liberty-and-Ellis-Island-Tickets/, mas mesmo esse 2o está mais barato que os $35. Quando eu fui, comprei no 1o site e mandaram os ingressos para o meu email em 5 minutos. A Ellis Island ainda está fechada para reforma, após o furacão Sandy (20/07/2013). Mas obrigada por perguntar, pq ai eu percebi que não tinha colocado o preço do site oficial. Como não tinha um blog no ano passado, perdi algumas anotações da viagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você subiu ao empire state building? Não pagou nada? :\

      Excluir
    2. Não subimos dessa vez pq era justamente a única atração que todas as pessoas já tinham ido em outra viagem. Mas se vc tiver pouco tempo e quiser subir em um prédio só, várias pessoas recomendam subir no The Top of the Rock pq a vista de lá inclui o Central Park e o Empire State!

      Excluir
    3. mas colocar na tabela o valor zero e depois comparar com o valor do passe também não dá, né??

      Excluir
    4. Você não entendeu a planilha pelo visto... O Empire State está zerado nas colunas dos 2 passes (porque sairia de graça), na coluna do preço cheio obviamente o preço está lá para comparação e na coluna do quanto gastamos também está zerado porque não fomos. Mesmo somando o valor do ES na nossa coluna como se tivéssemos visitado, ainda ficaria mais barato do que qualquer um dos passes...

      Excluir
  3. Obrigada Fernanda, nao sei mais onde vi, entrei em tantos sites ontem...rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Já descobri, veja esse post sensacional do Viaje na Viagem, com uma compilação de passeios de barco em NYC: http://www.viajenaviagem.com/2013/07/nova-york-passeios-barco/. O que eu fiz é o único que dá para descer na ilha da estátua mas tem vários que passam por perto, até de graça! Tem um lá que custa $35 rs e deve ser o que vc viu, pq é um dos mais famosos.

      Excluir
  4. As infos aqui valem pela dica do desconto. Mas sobre o citypass no site vaijenaviagem está mais completo. Não considera o fato que se quiser visitar o planetario ao lado no Museu de historia natural terá que pagar o ingresso cheio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como eu disse no post, cada um tem que analisar o que tem interesse de visitar na hora de decidir se compra algum passe ou não. No meu caso (não ia visitar o planetário), não compensava... E mesmo se fosse visitar e pagar a tarifa cheia do Museu de História Natural, somaria 135 dólares, o que ainda não compensa comprar nenhum dos passes.

      Excluir
  5. Olá! Passei aqui para conhecer o blog e gostei muito.
    Aproveito para dar um pitaco sobre essa questão dos passes: não valem a pena para a maioria das pessoas. Como já foi dito aqui muitas atrações tem preços sugeridos e outras são gratuitas em algum dia da semana, como os museus mais famosinhos. Até fiz um post lá no meu blog sobre os passeios econômicos em NY.
    E se você for no Top of the Rock nem precisa subir no Empire State e assim vai...tem que ponderar. Com o dólar em alta é legal se planejar bem para aproveitar o máximo gastando o mínimo.
    Fernanda, passe lá para dar uma espiada (http://www.yesvamosviajar.blogspot.com.br/2013/07/nova-york-passeios-economicos-parte-01.html)
    Boa viagem, galera!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou passar sim Karine, obrigada pelo comentário!

      Excluir
  6. Fernanda, mas o NY City Pass inclui tb o onibus hop-on hop-off?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Juliana, não inclui. Inclui somente o MoMA, Empire State, Museu de História Natural, Metropolitan, Top of the Rock OU Guggenheim e Estátua da Liberdade OU cruzeiro da Circle Line. Observe que nos 2 últimos casos, vc tem que escolher entre 1 opção ou a outra.

      Excluir
    2. Qual deles inclui os ingressos e o onibus?

      Excluir
    3. É o New York Pass. Na verdade vc pode comprar o NY Pass com ou sem o ônibus, mas de qq jeito é caro. Vc tem que planejar muito bem o dia que vai onde pra conseguir aproveitar td ou é capaz de perder dinheiro. Existem passes de 1, 2, 3 ou 7 dias - quanto mais dias, mais vantajoso fica. Os mais curtos teria que ser uma verdadeira maratona pra levar vantagem.

      Excluir